História Amor felino. - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Nekomin

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Garoto, Gato, Missy, Romance, Yukio
Exibições 28
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Ficção Científica, Hentai, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi pessoas do planeta terra! E de Marte também!

Mais uma fic, essa foi feita com uma parceria da Tia @Nekomin. Beijo tia, valeu pela autorização.
Esse CAP é apenas pra recapitular os acontecimentos da one. Mas se você ainda não leu a one-short, eu não aconselho a ler essa fic ainda, primeiro leia a one e depois venha para a fic.

A one se chama "A garota e o seu Gato". É só entrar no meu perfil e ver os favoritos, Okay? Aproveitem.

Capítulo 1 - Manhã de inverno.


Fanfic / Fanfiction Amor felino. - Capítulo 1 - Manhã de inverno.

Era um dia nublado, havia uma fina camada de neve no chão, apesar do inverno não ser minha estação preferida, eu gosto da maneira que a cidade fica quando neva. As arvores ficam com as folhas brancas por causa da geada, os galhos e o tronco ficam acinzentados, deixando a cidade com um toque de elegância, muito delicada. Os poucos raios de sol que conseguiam atravessar as nuvens extensas refletiam nos flocos que caiam lentamente, os quais pareciam ser de vidro. A idade estava linda, toda brilhante e reluzente pelos raios de sol e pelo gelo, é ela parecia uma cidade de cristal.

Após encontrar o Yukio, eu o levei pra casa e dei banho no Gatinho, dei a ele de comer e fomos dormir em um sono profundo. (N/A: Para mais informações, leiam a One-Shot.)

~*~*~*~*~

Na manhã seguinte acordei e ví que o Yukio estava deitado no pé da cama "devo ter me mexido demais" penso comigo mesma. Como era sábado, eu não precisei me preocupar com a escola, me levantei tomei um banho e me vesti, desci para a cozinha, eu tinha que fazer um meu café da manhã e preparar o leite do Yukio. 
Preparo meu café e o tomo calmamente, depois pego minha bolsa e saio para comprar o leite para o gatinho, pois o que tinha acabou. 

-Bom dia tio Louis! 

-Bom dia Missi. -Era um apelido que ele tinha criado pra mim, era fofo apesar de tudo. 

-O que vai levar hoje? 

-Vim comprar leite tio. -ele me olha um pouco intrigado, pois eu geralmente comprava leite em pó e dessa vez comprei líquido.- É pro meu gato. 

-Você tem um gato? 

-Sim, eu encontrei um gatinho filhote ontem quando eu voltava da escola. 

-Certo, bom, é só isso Missi? 

-Sim tio Louis.-Então eu pago o leite e volto pra casa, quando chego vejo o Yukio em cima da mesa, parecia estar com fome. 

-Bom dia gatinho.- Ele se vira de súbito bula em cima de mim, acreditei que aquilo era um abraço. -Espera um pouquinho, vou esquentar o seu leite. 

Eu esquento um pouco do leite e guardo o resto no pequeno frizzer que eu tenho. Ele toma o leite e eu vou para a sala com ele no colo. 
-Sabe Yukio, estou feliz em ter te encontrado, assim eu posso ter alguem pra conversar. -Ele começa a se esfregar em mim pedindo carinho, eu logo começo a fazer carinho atrás das suas orelhas, e em pouco tempo adormeço ali mesmo no sofá. "Eu te amo Yukio". 

Quando acordo já era 11hs, me levanto tirando com cuidado o Yukio do meu colo, começo a preparar o almoço, iria comer arroz cosido com carne frita e um pouco de farinha, ainda não recebi dinheiro esse mês, então teria que economizar os gastos e a comida. 
Quando termino de preparar o almoço, sinto algo na minha perna, olho pra baixo e vejo Yukio ali, o pego no colo e o ponho em cima da bancada, ele nem precisou miar para que eu percebesse que ele estava com fome, fui na geladeira e peguei o leite, logo esquentei o mesmo, Ele estava mesmo com fome, bebeu rapidamente. Eu terminei o almoço e lavei a louça, logo fui assistir televisão, o gatinho pulou no meu colo, eu fiz carinho atrás de suas orelhas. Fiquei um tempo assistindo TV, fiz o jantar e e dei novamente o leite para o Yukio, subi e tomei um banho, me deitei e logo o gatinho subiu da minha barriga. 

-Yukio, eu não sei se você pode me entender, mas eu quero que saiba que eu te amo muito. -Ele esfregou sua cabeça no meu rosto e eu logo dormi com aquele carinho, esse gatinho foi um presente de Deus pra mim. 

~*~*~*~*~Dois meses depois.

-Segunda de novo! -De novo a semana começa, de nova ter que aturar as garotas metidas da minha sala, a única coisa que me deixava feliz era o fato do ano letivo já estar acabando e o Yukio. -Vamos gatinho, temos uma loooga semana pela frente. 

O gatinho me seguiu pelas escadas, tomei meu café, e me dirigi para a porta da frente com o Yukio me seguindo, dei um selinho nele e por um momento tive a impressão dele estar dizendo "iterashai", logo eu respondi "itekimassu", e fechei a porta.

Cheguei na escola que não era muito longe da minha casa, na verdade era bem perto do orfanato que eu morava, aquilo não deixava de me machucar um pouco. Quando entro na escola, me dirijo para a minha sala e espero o professor chegar, quando o mesmo chega, eu fico prestando bastante atenção ao que ele diz, algumas meninas da minha sala ficavam me provocando por causa disso, elas achavam que ser estudiosa era ser careta, me chamavam de nerd, e achavam legal era sair por ai usando "roupas" custas quase nuas e dormir com qualquer garoto que viam pela frente, mas eu não me importava, afinal, se tem algo que eu aprendi é que:

"Nunca subestime um nerd, você pode acabar trabalhando pra ele um dia".

-Bom alunos, hoje falaremos sobre a Guerra Fria.

 Após um dia exaustivo, finalmente fui pra casa. em plena 11:30 da manhã eu fui fazer o meu almoço e esquentar o leite do Yukio. depois de comer, eu me deitei no sofá que eu tinha em uma pequena sala. Então dormi, não sei por quanto tempo, apenas dormi. O dia tinha sido um dos mais cansativos, e nada melhor que um breve descanso para melhorar o dia.

Acordo com algo molhado no meu nariz, abro os olhos lentamente e me deparo com duas safiras olhando pra mim, o Yukio estava lambendo o meu nariz, eu dou um pequeno sorriso e o tiro de cima de mim, olho no relógio parede que tinha ali e vejo que já eram 14: 15. Me levanto depressa e vou para o quarto tomar um banho rápido. Eu estava MUITO atrasada!

-Obrigada por me acordar Yukio! -ele apenas pisca duas vezes como se não entendesse o bem que tinha acabado de me fazer. 

Visto qualquer roupa, mas uma boa o suficiente para não espantar os clientes. Era o que a Lucy dizia. Saio do quarto ás pressas, dou um beijo no Yukio e fecho a porta. 
-Tá na hora de enfrentar a Fera Indomável.

 

 

 

 


Notas Finais


Oi lindos. Espero que tenha ficado bom.
Desculpem qualquer erro.

Beijo. #Carryon


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...