História Amor impossível? - Capítulo 64


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Drogas, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Exibições 159
Palavras 1.783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem, desculpa a demora, quem acompanha a mais tempo, deve ter percebi que excluí alguns capítulos, não sabia sabia continuar, então pra dar tudo certo e vocês se agradarem como eu, decidi assim, concerteza vai ser melhor

Capítulo 64 - Capítulo 64 (mais explicações)


Leiam as notas do autor porfavor, Leiam as notas do autor porfavor, é importante 



Mais uma coisa, mudei algumas coisinhas, pra não excluir ainda mais capítulos, só troquem, ao invés de três, pensem só um processo, que é o do shizuo ok? Obg, mudei mais algumas outras coisinhas, então se tiveres confudos, comentem que ajudo ;) 


Kiba on 


-sarada tinha chegado a apenasaalguns dias, Naruto concerteza queria se vingar de sasuke, e como sarada era a filha dele, provavelmente ela seria o primeiro alvo, e o clima era meio pesado, kyuha era uma bebê, nem entendia nada, eu, gaara, neji sarada e zahiko iríamos a algum lugar que ainda não sabia, ela tinha conversado com kakashi, neji estava sentado no banco do motorista com as pernas pra for esperando zahiko que a nesse mesmo instante estava saindo pela porta com sarada em seus braços, sarada ffalava alguma coisa mas parou quanto chegaram perto do carro e zahiko foi colocar ela na cadeirinha 


-conversando sobre oque? -perguntou gaara


-nada não -falou sarada com uma carinha de quem concerteza estava escondendo algo, zahiko sorriu beijando a bochecha dela se afastando 


-com licença neji -falou ela olhando pra neji 


-você vai dirigir? Ah não, não vou mais -falou ele, ela sorriu o puxando, ele se sentou no banco de trás sussurrando algo pra si mesmo, zahiko entrou logo após colocando o cinto de segurança, coloquei também, ela fechou a porta ligando o carro, pra minha surpresa e a dos outros, ela foi como uma pessoa normal 


-não sou tão idiota ao ponto de andar do jeito que eu normalmente ando com uma criança e mais três pessoas no carro neji, acalma aí -falou ela o olhando pelo espelho, sarada brincava com o próprio cobertor que ela estava abraçando, depois de uns 40 minutos ela começou a falar 


-zahiko-chan -chamou ela 


-sim? -perguntou zahiko sem retirar os olhos da estrada 


-aonde a gente tá indo? Não me lembro desse caminho -falou sarada 


-lembra de quando você foi viajar com o shizuo? -perguntou zahiko 


-sim -falou sarada


-é a mesma coisa, mas pra um lugar diferente -falou zahiko 


-o appa, o onii-chan e a sakura-Chan também vão? -perguntou sarada -e a kyuha? 


-não, Sasuke teve que ficar trabalhando, o shizuo teve que fazer algumas provas e a sakura vai ficar cuidando da kyuha -falou zahiko 


-ahhhh... O appa e a sakura vão se casar? -perguntou sarada, sorri sem falar nada, zahiko riu de leve 


-não sei, porque acha isso? -perguntou zahiko 


-é que os dois tam usando um anel e vi os dois dando um beijinho na cozinha -falou sarada -se os dois se casarem, sakura vira minha omma e kyuha minha onii-chan né? -perguntou sarada


-isso mesmo -falou zahiko


-igual você e o onii-chan? -perguntou sarada 


-oque? -perguntou zahiko, também não tinha entendido 


-quando você e o onii-chan se casarem -falou sarada


-sim, mas oque tem? -perguntou zahiko, como assim!? 


-vocês dois vão ser appa e omma do bebê né? -perguntou sarada 


-quem te contou? -perguntou zahiko a olhando pelo espelho 


-onii-chan -falou ela, zahiko sorriu Sem responder -espera... Se você é a noiva do onii-chan, e vão ter um bebezinho... Eu vou ser a tia!? -perguntou sarada formando um "0" na boca com os olhinhos brilhando, zahiko riu 


-sim sarada -falou zahiko -agora dorme um pouco -falou pois sarada já estava bocejando a um tempo 


-tá bom... Mas como os bebês nascem? -perguntou ela já se virando um pouco abraçando ainda mais o cobertor 


-de uma semente... -falou neji olhando-se pra janela


-ah... Então a zahiko é uma rosa... Linda, delicada e perigosa -falou sarada já fechando os olhos -e você é um capim... -completou ela, fazendo zahiko rir, como eu e Gaara, neji olhou pra sarada que já estava dormindo, ele sorriu balançando a cabeça, olhando pra zahiko pelo espelho 


-agora que história é essa de casamento e bebê? -perguntei AApontando pro anel na mão dela, que até minutos antes não tinha percebido, logo após pra sua barriga 


-é... Tcharam -falou ela 


-então é sério?! -perguntei 


-é -falou ela


-vai casar com shizuo?! -perguntei 


-é -respondeu 


-tá grávida?! -perguntei 


-é -falou 


-é do shizuo?! -perguntei 


-é -falou ela 


-só oque falta dizer que tá com dois meses já -falei sarcástica 


-três e uma semana - falou ela rápido, virei a rosto lentamente a olhando, como os outros


-três meses!... E uma semana!? A quanto tempo shizuo te pediu em casamento?! -perguntei 


-a cinco meses -falou ela com um sorriso amarelo na cara


-esconderam isso a todo esse tempo?! -agora nós três perguntamos junto a encarando 


-é.... Não tava com coragem mas... PUM -falou ela, depoi de vvárias outras perguntar acabei dormindo, fui acordar sei lá quanto tempo depois com o sol em minha cara, olhe em volta, sarada nem zahiko estavam no carro, estávamos parados, olhei pra trás vendo Gaara e neji também dormindo, coloquei a mão no joelho de Gaara balançando pra acordá-lo 


-hey! Acordem! -chamei, os dois começaram a acordar 


-aonde estamos? -perguntou neji


-não sei -falei retirando o cinto abrindo a porta e saindo, meu corpo se arrepiou, estava frio, bem diferente de antes que estava calor 


-invernamos ao contrário e acordamos no inverno? -perguntou neji, ele era realmente retardado quando acordava, dei uum tá palavras da cabeça dele 


-claro que não idiota -falei, olhei pros lados, estávamos em um posto, atrás de nós tinham várias árvores e uma estrada onde não passava ninguém, tínhamos saido de noite, na era dia, pareciam ser umas cinco ou seis da manhã, o chão era de pedras e nunca tinha visto esse ponto, concerteza não estávamos em konoha, olhei pro lado vendo a vista 


-wow... -falou gaara, atrás do posto tinham algumas montanhas, bem abaixo um lado com várias árvores, em cima das montanhas estava branco, devia ser neve, perto da barra estava zahiko e sarada com roupas de frio, sarada como uma botinha de neve, uma calça jeans um blusão branco com touca um pouco maior que ela, ela gostava de roupas assim, principalmente casacos, estava com uma touquinha cinza com um copo em suas mãos pulado de pedrinha em pedrinha, atrás dela estava zahiko, também com uma botinha marrom, uma calça jeans clara, uma blusa cinza, uma blusa aberta por cima dela, e por cima dessas um casaco preto com alguns botões, um cachecol também cinza e um gorro da mesma cor, ela olhava pra vista, em sualmão estava um copo, provável café pelo vapor, ela virou o rosto pra olhar sarada, nos vendo 


-bom dia -falou dando um sorriso 


-bom dia, onde estamos exatamente? -perguntou neji 


-em uma cidade bem longe de konoha -falou ela -vai ficar ainda mais frio, melhor trocarem de roupa, lá dentro tem uma lancheira, não vai ter muitas pelo caminho -falou ela


-ok -falei ppegando a chave que ela tinha jogado indo pro carro


[...] 


-Depois de me trocar como os outros, fomos pra uma mesa junto a sarada e zahiko, quando ela se sentou na mesma hora o celular dela tocou 


-oi? -perguntou ela


-zahiko? Oi -falou  parecia ser uma garota 


-ah, oi kimitsuki, oque foi? -perguntou zahiko 


-não, só queria saber onde você tá, é que seu pai vê aqui ontem -falou a garota, zahiko nos olhou apenas mechendo os olhos 


-oque ele queria? -perguntou zahiko 


-tava te procurando, falei que ia te ligar, onde você tá? -perguntou 


-não, oque ele te falou? -perguntou zahiko 


-perguntou onde que você tava, que não te via a alguns dias, e qualquer notícia era pra avisar a ele que -falou a garota -sério, onde você tá? Não te vejo a tipo uma semana! 


-se ele aparecer de novo, diz que eu não atendi, depois me fala, ok? -perguntou zahiko


-ok tchau mal-humorada do caramba -falou a garota, logo após desligando, ela nos olhou por rapidos segundos


-tá tudo bem zahiko-Chan? -ouvi a voz de sarada, tinha até me esquecido que a garota estava ali, estávamos saindo de konoha pra ela ficar segura, não seria bom falar isso a ela, ela tinha apenas 5 anos 


-claro que sim, terminou? -perguntou zahiko a olhando com um sorriso 


-já -falou sarada 


-então vem, vamos lavar as mãos pra voltar pro carro -falou zahiko pegando sarada no colo indo provavelmente até o banheiro


-isso não vai dar coisa boa pro lado dela... -falou neji 


-concerteza não, orochimaru não vai gostar da filha dele que já odeia ajudando a pessoa que ele quer destruir,ou seja o dsasuke -falou gaara 


-e ainda que vai se casar e está grávida do filho dele -completei, zazahiko já estava voltando com sarada nos braços, ela coloco sarada no chão que saiu correndo pra fora, como já tinhamos terminado também saímos, novamente entramos no carro e continuamos a viagem, como não tinha nada pra fazer comecei a fuçar no rádio, até encontrar uma música a pelo menos agradável, já que as outras eram todas ruins, depois de mais umas 8 horas faltava menos de uma pra chegarmos, sarada já tinha dormido novamente


-você dormiu alguma hora? -perguntei a zahiko 


-um pouco... -falou ela 


-um pouco quanto? -perguntou gaara 


-uma ou duas horas no máximo -falou ela, nanão parecia estar com sono, talvez pelo café que tinha tomado..., meia-hora depois estávamos na casa, estava realmente mais frio, sarada quando neji a colocou no chão já saiu correndo em direção a uma garota que abriu os braços pegando no colo 

-misoyo-chaaaaan! -falou sarada a abraçando 


-oi bebê! Como foi a viagem? Zahiko-chan deixou você passar fome? Duvido que não, passou frio? Tá machucada? -perguntou a garota, sarada parecia já acostumada a inundação de perguntas 


-esqueceu de respirar! -falou zahiko pegando as chaves do carro e fechando a porta 


 -tiaaa! -um garotinho veio até zahiko

 

-oi mezikyu! (sou muito boa com nomes, cara, olha isso!) -zahiko o pegador pegou colo sorrindo 


-me trocou? -perguntou ele, zahiko riu 


-claro que não, apenas tenho uma nova amiguinha -falou ela 


-ela também vai ser minha amiguinha? -perguntou ele


-creio que sim, e aí? Muitas novidades? -perguntou zahiko 


-sim, depois conto tudinho pra você, quem são eles? -perguntou o garotinho nos olhando


-esse é o kiba, Gaara e neji, também são meus amigos, mas não precisa ficar com medo -falou zahiko 


-o o shizuo? Ele não veio? -perguntou o garotinho 


-não, não pôde... -falou ela, depois de finalmente zahiko explicar, fiquei sabendo que misoyo era irmã se zahiko, mezikyu era filho de misoyo junto a itachi, oque fazia uma bela confusão e como itachi era tiu de shizuo e ele namorava zahiko, isso fazia meio que um incesto já que itachi era casado com misoyo, sei lá, era confuso, e agora como zahiko estava grávida, e misoyo era irmã de zahiko, ela seria tia, e itachi casado com ela também seria, então ele seria tio de shizuo e do filho dele... Espera... O quê? 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...