História Amor impossível da flor e do beija-flor - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Noragami
Personagens Bishamonten, Iki Hiyori, Kazuma, Kofuku, Kuraha, Mayu, Nora, Rabou, Tenjin, Yato, Yukine
Tags Yatogami
Exibições 82
Palavras 498
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meus morangos tudo bem?
Desculpe a demora viu, minhas provas acabam amanhã
EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
Agora...
Boa leitura.

Capítulo 24 - Não acredito que esqueceu.


Fanfic / Fanfiction Amor impossível da flor e do beija-flor - Capítulo 24 - Não acredito que esqueceu.

Entramos em casa e ele ligou as luzes na mesma hora elas apagaram...

- E faltou luz. falou ele

Bufei

- Odeio quando estas coisas acontecem. falei com raiva 

Coloquei a bolsa na mesinha de vidro da sala e me dirigi a cozinha rapidamente por que quando escurecesse eu não conseguisse pegar as velas, acendi umas e a noite caiu Yato me ajudou a coloca-las na sala e eu coloquei uma na cozinha longe do botijão de gás.

Nos sentamos no carpete da sala e ficamos calados por um tempo.

- ... hm... eu tenho uma pergunta. falo

Ele me olha

- Qual? pergunta ele

- Quando eu estava na lanchonete, você estava me observando? perguntei com um sorriso malicioso

- E-Eu? como pode pensar isto? fala ele virando a cara corado

- Pra você aparecer do nada daquele jeito só podia. falei

Me aproximei um pouco dele ainda sentada

- Vai me contrariar? pergunto no seu ouvido

 Senti ele se arrepiar e eu ri um pouco

- Eu sabia que ia chover e vi que não tinha levado o guarda-chuva então eu resolvi ir levar. ele confessou

- hm.... que fofinho. falei

Apertei as suas bochechas  e ele segurou o meu rosto me puxando para um beijo logo eu respondi e ficamos nos olhando por um tempo, sorrir e ele fez o mesmo e ficou me abraçando

- Ei. falei quase gritando

Me separei do seu abraço e ouvi ele hesitar

- Yato você ainda não fez o meu trabalho. falei o olhando nos olhos e com as mãos em seus ombros

Ele deu um sorriso brincalhão

- Eu esqueci. fala Yato

- Você oque? berrei

Ele se deitou e me fez ficar em cima dele o mesmo se ajeitou de baixo de mim

- Juro que irei cuidar deste seu caso. fala ele me olhando

- hum... acho bom. falei e tentei me levantar mas ele segurou meu pulso

- O que? perguntei

- Você está me esquentando então fica ai. fala Yato sorrindo

- Mas é muito aproveitador. falei num tom irônico 

Ele riu e me fez deitar por cima dele, encostei a minha cabeça em seu peito

- Yato você faz estes trabalhos em que propósito já que és um Deus. falo

- Eu sonho em ter um grande templo e ser adorado por todos, eu sei que isto ainda irá acontecer... mesmo que já tenha esperado muitos séculos...

 A última parte ele falou baixo

- Eu sei que ainda terá um templo. falei 

 Ele sorriu, de todos os sorrisos que ele já deu este pra mim foi o mais bonito até agora 

- Que bom que acredita em mim. falou ele me olhando

Passei as mãos pelo seu cabelo

- O esforço que você faz por toda a sua vida é sempre recompensado eu acredito assim. falo

Ele me apertou um pouco enquanto conversávamos eu apreciava o seu perfume natural... o melhor perfume que senti em toda a minha vida eu terminei adormecendo 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...