História Amor Incontrolável - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Aizawa Shouta, Asui Tsuyu, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Mineta Minoru, Personagens Originais, Present Mic, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako, Yagi "All Might" Toshinori
Visualizações 28
Palavras 755
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Passado....


Fanfic / Fanfiction Amor Incontrolável - Capítulo 2 - Passado....

- Entendi - O garoto bicolor colocou sua mão no queixo


- Acho que seria bom se vocês se apresentarem - O diretor fala quando é interrompido por um garoto que entra na sala ofegante 


- Me desculpe, cheguei atrasado 


- Tudo bem, sente-se , se apresentem por ordem das filas 


- Todoroki Shouto - O garoto bicolor diz se levantando e sentando novamente


- Bakugou Katsuki -O idiota levanta e senta


- Midoriya Izuku - O esverdeado diz e se senta 


- Agora a outra fila 


- Sayuri Kanashiro - A garota fez igual os outros 


- Takoyame Fumikage - O zeca urubu levanta e senta


- Shisou Hitoshi - O garoto de cabelos roxos fala e se senta 


- Yuki Nakamura - O garoto que chegou atrasado levanta e se senta 


- Próxima fila, só sobrou você 


- Yuna Katsuki - Me levanto digo e me sento 


   QUEBRA DO TEMPO 


 A aula decorreu como normalmente, o professor responsável por essa turma era o Present Mic...


- Bom alunos...vamos fazer um treinamento...Yuna... - O professor diz algo mas eu não ouvi pois estava com meus fones 


- Yuna -O professor repete mas eu so vejo sua boca se mecher 


- Katsuki...Tire os fones da sua irmã...antes que eu perca a paciência 


Bakagou vem em minha direção arrebenta meus fones, joga no chão, pisa neles e vai se sentar


- meu fone...- Tiro minhas luvas e vou em direção do Bakugou e cou desfirir m soco na cara, quando  mesmo assustado começa a falar palavras que só eu arrancava


- M-me p-perdoe 


- Bom mesmo Idiota 


    Todos me olham assustados e eu me sento.


- Perderam algo? 


O sinal do intervalo toca e Bakugou sai desesperado.


- Finalmente! - pego um sanduíche, mas esqueço de colocar a luva - Perdi meu almoço .-. 


O sanduíche então vira pó e eu coloco minhas luvas e abro minha mochila e pego minha carteira, celular , fones do Bakagou e sai da sala em direção ao refeitório. Paguei meu lanche e me sentei em uma mesa vazia.


- Garota porca tire suas luvas para comer 


- Eu lavei elas ;-; 


- Mas isso é nojento 


- Sua cara é nojenta, perdi o apetite


- Ora sua!! 


- Quer que eu tire minha luva? ENTÃO EU VOU TIRAR MINHA LUVA!  - Tiro as minhas luvas e toco no braço da garota .


- S-sinto muito - A garota diz antes de perder seu braço por uma dor insuportável e depois o braço da garota vira pó.

Coloco minhas luvas, pego minhas coisas e o sinal toca e todos voltam pra sala.


- Bakugou por que sua irmã é assim?  - um  grupo de garotos chamam  meu irmão


- depois eu falo - Meu irmão fala olhando para mim 


Odeio isso ás vezes...eu queria sair do mundo...morrer....mas eu não consigo...esse é o problema da minha individualidade...posso ferir os outros...mas nada me fere...sou imortal...e todos vão morrer...e eu vou ficar...sozinha...como sempre...

    Bakugou On 


Os meninos ficaram me perturbando para que eu falasse sobre a Yuna...


- Vou disser,  então fiquem quietos  


- Ele vai contar! - Os garotos gritam e as garotas entram na sala...


- Quando eramos pequenos...



  FlashBack On 


- Bakugou! Bakugou! 

- O que foi Yuna?

- Essa plantinha morreu  quando eu toquei nela 

- Eu vou chamar o papai! 

- Tabom 

Bakugou entra em sua casa e vai em direção ao pai do mesmo e diz

- Papai! Papai! A planta da mamãe morreu

- Deixe eu ver 

  O pai de Bakugou  e ele saem da casa e vão em direção a Yuna e a planta 

- O que ocorreu Florzinha?  - O pai de Bakugou fala e coloca a mão na cabeça da menor. 

- Eu toquei na plantinha e ela morreu - A pequena Katsuki aos prantos diz abraçando o pai 

- EEstá tudo bem, não chore Yun---

De repente o pai dos menores desmaia....

- Papai! Papai! Papai!  

A mãe dos Katsuki corre em direção ao jardim, por causa dos gritos 

- O QUE VOCÊS FIZERAM?!!!?!?!

- A Yuna só abraçou o papai e ele desmaiou - Bakugou diz chorando 

Depois disso Yuna nunca mais sorrio ou fez o que mais adorava...nunca mais abraçou ou  cantou para alguém.....


Flashback Off

Bakugou On 

- Entenderam?

- Sim... - Kirishima diz com tristeza


- Coitada - Uraraka fala triste


- O que aconteceu depois? - Todoroki diz curioso

- Minha mãe a culpou pela morte do meu pai e nunca mais olhou na cara dela,  ela foi expulsa de casa  e eu fui morar com ela...

- Entendo - Hitoshi diz se sentando em seu lugar 


Yuna entra na sala e todos saem da sala rapidamente 












Notas Finais


Demorei ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...