História Amor inesperado. (Camren) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Drama, Romance
Visualizações 504
Palavras 1.271
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoas, espero que eu arranque pelo menos uma risada de vocês. Divulguem a fic, obrigada.

Capítulo 9 - É o odor.


Fanfic / Fanfiction Amor inesperado. (Camren) - Capítulo 9 - É o odor.

Lauren POV

Bom, Mila.. Acho que vou para casa, a gente se vê amanhã na faculdade? - Observei Camila enquanto andei pelo corredor até a porta da casa. - Acho que sim, não pretendo faltar. - Camila sorriu de maneira convincente. - Tudo bem, então. - Me aproximei depositando um beijo na bochecha da garota, ao me afastar, a morena apenas me acompanhou até o portão e em seguida voltou para dentro da casa. Esperei alguns minutos até avistar um táxi, sinalizei e logo adentrei quando tive oportunidade.

( Dia seguinte )

É a desgraça da faculdade. Estou indo empurrada, não quero terminar isso mais. Enquanto andava no pátio da faculdade, procurei localizar Camila, com a falta de sucesso na procura de Camz...  resolvi dar uma passada no jardim. Acertei em cheio, olha ela lá.

Lauren: Ou...

Camila: Ou...

Lauren: Ou...

Camila: Ou...

Lauren: Ou véi... O que você tá fazendo aqui sozinha?

Camila: Vim peida.

Lauren: Sério?

Camila: Sim, vai mais pra lá, porque se não vai sentir a catinga.

Lauren: Ou... Sério mesmo, ou?

Camila: Sério. - Me afastei de Camila tentando sair do campo de destruição. - Véi... Deixa de ser burra, o vento tá soprando nessa direção, sonsa, sai daí.

Lauren: Tá... Tá... Vou sair daqui. Camila, já te falaram que você é nojenta?

Camila: Eu só quero peidar, me deixa. - Saí de lá aguardando alguns minutos antes que eu pudesse me aproximar. 

Lauren: Pronto? - Perguntei indo em direção a menina. 

Camila: Pronto. - O celular de Camila começou a tocar, então ela logo atendeu. Camila não dizia nada, apenas assentia com a cabeça e as vezes respondia com "urrum". Camila desligou o celular e revirou os olhos. - Argh... Que ótimo, meus pais vão viajar e só irão voltar depois de amanhã. - Camila fez um biquinho de menina mimada.

Lauren: Você acho isso ruim? - Perguntei surpresa.

Camila: Sim, eu nem sei fazer comida, quem vai cuidar de mim? - Camila fungou o nariz e fez uma carinha mais fofa que já existiu na face da terra, não consegui conter minha risada ao ver a menina daquele jeito.

Lauren: Argh! Que fofa, eu faço pra você, Camz... - Falei revirando o olho e não acreditando no que eu havia acabado de falar.

Camila: Jura?? - A mulher ficou bem empolgada.

Lauren: Sim.

Camila: Então vou dormir na sua casa? - Camila dava saltinhos de felicidade.

Lauren: Do jeito que você tá peidando, prevejo que terei de comprar incenso. - Falei soltando uma risadinha.

Camila: Que isso... Nós duas cheiramos para o fedor sair mais rápido, não somos amigas? Amigas servem pra isso.

Lauren: Eak! Camila, para com isso. - Minha cara de nojo foi a melhor.

Camila: Que tal chamarmos a DJ? 

Lauren: Você quem sabe.

Camila: Ela sabe fazer uma ovarada bem gostosa.

Lauren: Ovarada? Seria ovos fritos? Camila, você não vai comer ovo, vai peidar mais fedido do que o normal... Esquece isso.

Camila: Vai se foder! Eu não peido, solto perfuminho.

Lauren: Experimenta colocar em um frasco e vender então, quando consegui dinheiro vendendo seu peido, aí sim acredito que é "perfuminho".

Camila: Sem DJ? - Camila fez uma cara de desgosto.

Lauren: Não, com Dinah Jane, mas sem ovo. Entendeu agora?

Camila: Então sem DJ, porque se ela estiver lá eu boto ela pra fazer ovarada. - Essa menina é muito ridícula, como pude fazer amizade com ela? Naquele momento eu segurava minha risada com todas as forças.

Lauren: Sabe de uma coisa? Vamos levar o Colson, ele vai cheirar seu peido rapidão, ainda mais com aquele nariz dele.

Camila: Argh! Por que me lembrou dele? E o nariz dele nem é tão grande assim.

Lauren: É sim, fala sério.. Por que tá defendendo ele?

Camila: Nada, só gosto dele, apesar dele ter se afastado.

Lauren: Hm... E... Você... Você ficou com ele? 

Camila: Por que tanto interesse em saber sobre mim e o Colson? - Fiquei sem reação, nem eu mesma sabia responder o porquê do interesse, porém eu tinha interesse em saber.

Lauren: Bem... Nada, só achei estranho, até porque você não curte esse lado.

Camila: Não curto esse lado? 

Lauren: É... você...

Camila: Eu o que? - Camila segurava risadas enquanto esperava a minha resposta.

Lauren: Nada... Deixa pra lá. - Mila soltou uma gargalhada me assustando.

Camila: Por que está nervosa?

Lauren: Não estou nervosa, só.. não sei. Vamos porque a aula vai começar daqui a pouco. - Eu e Camz subimos no prédio e fomos para nossa sala.

Camila POV

Nhoooooownnn... Lauren vai cuidar de mim, já falei que amo essa menina? Minha melhor amiga, igual ela nunca irá existir nesse mundo. Lauren é muito amorzinho, falando nisso, essa aula tá muito chata. Depois de algumas horas ouvindo baboseiras e mais baboseiras, finalmente chegou a hora do intervalo. 

Hey, Camz? - Cessei meus paços e olhei para trás a procura do dono da voz. É Lucy. - Lucy, tudo bem? - Estranho eu não estar desesperada enquanto falo com ela. - Bem sim e com você? - Lucy piscava os olhos freneticamente. - Claro... - Bom, naquele dia estava tudo okay, mas não sabia se essa harmonia iria ficar por muito tempo. - Colson está investindo na carreira de rapper dele, você ficou sabendo? - Lucy estava realmente disposta a conversar comigo. - Você é a segunda pessoa que fala sobre ele, o que tá acontecendo, todos resolveram se rebelar? - Perguntei tirando risadas de Lucy. - Achei que gostava dele, mas aí lembrei: "Ah é... Ela é sapatão." - Acabei soltando uma risada mais alta do que deveria. - Hey! Nem vem, sou hétero, meu bem. - Lucy riu. - Claro que é, hétero em baixo de outra mulher. Também sou hétero, héteros se pegam, e aí, topa? - Ela tava mais ousado do que nas últimas vezes. - Haha... Boa, mas não quero. - Desmanchei o sorriso no rosto fazendo com que a menina recuasse. - Foi só uma brincadeirinha. - Ela sorriu sem jeito. - Eu sei, sem problemas. - Joguei. - Mas se quiser... Estamos no aguarde. - Ela rebateu. Melhor eu sair daqui, antes que ela ache mais interessante me beijar sem minha permissão. - Então... Vou me já indo. Puts! Não foi isso que eu quis dizer. - Lucy riu debochando da minha cara. - Tudo bem, eu te entendo. - Me afastei da garota, depois que me toquei sobre o que tinha dito... Comecei a rir. " Vou me já indo." Que merda! Fui até a cantina e procurei Lauren, encontrei a garota no canto mais deserto do pátio, então me aproximei sentando na cadeira ao lado.

Camila: O que vai querer?

Lauren: Vai pagar o lanche... Que milagre!

Camila: Fala antes que eu mude de ideia. 

Lauren: Tá, quero um bolo de chocolate.

Camila: Tudo bem. Só estou pagando porque você vai cuidar de mim. Vai querer alguma coisa para beber?

Lauren: Pede leite. 

Camila: Tudo bem. - Fui em direção a bancada, quando estava próxima o suficiente chamei dona Cidinha, que logo em seguida apareceu. - Ferradura de cavalo... - Interrompi a senhora que já anotava o pedido. - Não, não, não... Hoje vou querer uma fatia de bolo com um copo de leite, mais uma fatia de torta de limão. - A mulher franziu o cenho. - Decidiu mudar um pouco o cardápio? - A mulher sorriu simpática. - Sim, é para uma amiga minha. - A mulher anotou os pedidos e complementou. - Que amiga de sorte a sua. - Quem é a sortuda sou eu, porque Lolo.. Vai cuidar direitinho de mim. 

 


Notas Finais


Pessoal, capítulo curto, mas foi para divertir vocês e não deixá-los sem nada. Bjus!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...