História Amor infinito - Adaptada - Simbar - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~TonyMartin

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Gaston, Luna Valente, Matteo, Simón
Tags Simbar & Lutteo
Visualizações 223
Palavras 715
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo..

Capítulo 9 - É Uma Ordem!


Março – 1992

Valentina tinha 4 anos e estava em casa assistindo televisão esperando a babá. Só que a babá não era nem um pouco eficiente, era 12 anos mais velha que ela e não se importava nem um pouco com Valu. Por quê? Porque Valentina era amiga de Simón, o grande amor da vida da irmãzinha da babá.

-Babá, estou com fome-disse Valu indo até a babá que estava na cozinha escutando músicas nos fones de ouvido.

-O que quer bruxinha?-perguntou a babá com raiva na voz.

-Estou com fome. Desde que chegou aqui não comi nada-e a babá tinha chegado 7 horas atrás na casa de Valu.

-Ora se vire! Garota, tem a geladeira ali, o fogão ali, a pia ali, você conquistou um garoto com somente 4 anos, com certeza pode fazer um sanduíche!

Valu ficou triste, ela não fazia ideia do porque a babá a odiava tanto, mas mesmo assim teve que ir tentar preparar o sanduiche.

Abriu a geladeira e pegou o que tinha de mais baixo, mas não pode alcançar na primeira prateleira o ketchup.

-Babá-chamou ela e a garota com o celular na mão suspirou de raiva e se levantou. Pegou o ketchup e jogou no chão, perto de Valu.

-Se vira! Eu vou para a sala!

Valentina pegou o ketchup e em seguida foi para a pia preparar o sanduíche, ela sabia como fazer, pois sempre via sua mãe fazer um só que quando foi cortar o pão ela acabou se cortando.

-Babá!-gritou ela chorando, pois o corte foi bem feio.

-O que foi criatura?-perguntou a babá vindo caminhando até a cozinha. Valu foi até ela chorando tampando o machucado na mão direita com a mão esquerda.

-Babá!

-Mas você é uma imprestável mesmo eihn!-exclamou a babá-Acho que o que você só sabe fazer é pegar o Simón! Se esta fervendo com esta idade quero ver daqui a 9 ou 10 anos.

A babá segurou fortemente o machucado de Valentina, a machucando mais.

-Venha comigo!-exclamou ela apertando a mão de Valu.

-Ai! Esta me machucando!-gritou Valu, mas em seguida a babá dela a jogou no chão de um quartinho do porão da casa.

-Vai ficar ai até aprender a não ser uma burra, porque agora... Quem vai levar bronca por você ter se machucado sou eu, não você!

A babá dela fechou a porta sem nem se quer entregar um pano para parar o sangramento do corte.

-NÃO!-gritou Valu-Babá, por favor, me tira daqui! Babá! Daniela, por favor, Daniela!

E é isso... Daniela é a garota que mais fez mal a Valentina em toda sua infância e naquele dia Daniela deixou ela trancada pelo resto do dia, sem comer nada e sem parar o sangramento. Valu ficou muito mal naquele dia e sabe o que Daniela fez depois? Ela disse que se Valentina abrisse a boca para contar alguma coisa para os pais ela iria machucar todos que ela ama, começando pelo Simón. E assim Valentina se calou, ficou mal, mas se calou. A desculpa que Daniela inventou aos pais de Valu foi que ela se cortou quando estavam brincando de pique esconde. Mas é claro que fez um corretivo no corte antes dos pais dela chegarem.

Janeiro – 2016

Ámbar havia quase desmaiado quando viu toda aquela cena, lembrar da vida passada de Valentina tirava muita energia dela. Ainda mais uma lembrança como aquela.

Ámbarl!-Simón a viu encostada na mesa quando saiu com os brasileiros de seu escritório. Ele a segurou, pois se preocupou com ela-O que aconteceu?

-Só uma tontura Simón, quer dizer, senhor Álvarez-disse ela tentando ficar em pé de novo-Senhor Álvarez, eu já estou bem.

Rafael e Lucas também ficaram preocupados com ela.

-Tem certeza?-perguntou Simón olhando nos olhos dela-Você ainda esta muito pálida! Deita aqui!

Simón a pegou no colo, pois ela não estava em condições de andar. Em seguida a colocou no sofá.

-Esta tudo bem senhor Álvarez, é sério, eu estou ótima! Foi só uma tontura momentânea-disse Ámbar tentando se levantar.

-Não! Você vai ficar deitada ai!-exclamou Simón.

-Por favor, Simón, é sério!

-Se... –ele ia dizer “Senhor Álvarez”, mas não iria dar bronca nela naquele momento. Aliás ele não queria dar mais nenhuma bronca nela.

-Senhor Álvarez, desculpe.

-É Simón-disse ele e ambos se olharam nos olhos-Agora deite ai! Porque é uma ordem!


Notas Finais


Pois é. A ex-babá de Valu é a mesma que diz estar grávida de Simón! E agora?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...