História Amor insano - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~nitasautomy

Postado
Categorias Esquadrão Suicida
Personagens Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina)
Tags Bombas Esplozoes, Drama, Romance
Exibições 12
Palavras 1.236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Harem, Luta, Shoujo (Romântico), Super Power, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Melhor artista , minha maior obra-prima


Fanfic / Fanfiction Amor insano - Capítulo 2 - Melhor artista , minha maior obra-prima

“ a loucura é como a gravidade , só precisa de um empurrãozinho  ’’ .

 P.o.v de coringa

O pais estava a procura de mim meu primeiro objetivo era conseguir uma arma secreta o mais rápido possível já estava na hora do truque final !o bom é que a polícia saiu um pouco da minha cola por estar procurando quem matou mais de 72 alunos há há há ,q uem seria?

-chefe !-june  moone  exclamou
- o que você quer ?
-harley chegou 
-já estou descendo diga  e– digo parra jine que logo se retira
-se os dois estão na minha cola ...porquê o cão não preocura o próprio rabo...? Há há há -pegeui o champanhe e fui até Harleen que tinha acabado de acordar .

-bom dia adormecida ...

-bom dia...? Já esta de noite !

-sou um tipo de coruja de noite fico acordado e de manhã estou dormindo


-o que eu estou fazendo aqui ?


-não sei , mais se que um objetivo vem comigo ...

-...-ela se calou

-"


    Ela me acompanhou  , subi as escadas  levando a para a fábrica que me transformei , deixando-a de frente para o calderao enorme que subia o ar quente .

-sabe o que é isso ...?


-como vou saber sê é a primeira vez que vejo o esse lugar -arqueou a sombrancelha me encarrando 

-é onde a mágica começa -sussurei no seu ouvido -porque à loucura é como a gravidade basta um empurrão pra virar realidade -disse eu empurrando seu corpo para o Caldeirão .
    Vi seu corpo caindo  lentamente , olhei ele descer até fundo , suspirei ja se passava 5 minutos que ela estava lá a esta hora eu já estava fora de lá , será que isso ira afetar ?
-há há há "o que não nós mata nos torna mais estranho "-retirei o meu casaco roxo jogando no chão , preservando esse terno era modelo único ! porque o carah que fez ele pra mim morreu minutos depois de eu ter segurado morto por quem ? Hum...
    Dessi as águas vi que bolhas não saiam da água , será que minha arma secreta tinha morrido ...?
     Puxei sua mão trazendo seu corpo para a superfície , onde eu pude pega-la no colo , e dar o ar que ela tanto prescisava .quando vi que sua respiração , fiquei tão feliz , mais do que gepeto criando Pinóquio , minha alegria era enorme minha criação teve vida . E tira-lá daquele maldito tonel , que me transformou .ao vê-la respirar senti sua grande mudança , sua pele ficou palida e sua cor desbotava na água , não aguentei a alegria era tanta que não me segurei
-HÁ HÁ HÁ !-gritava eu de prazer .ela ria comigo , e eu sentia sua mudança que mudava o sentimento que eu tinha por ela .
     Descemos do tonel , já secos e riamos de nada , eu só me sentia feliz do seu lado .
   No outro dia
-CARAMBA SE VOCÊ NÃO ABRIR ESSA PORTA EU IREI ABRIR ! -disse eu dando um jute na porta que caiu imediatamente  .
-já to indo senhor coringa !-ela saiu do banheiro e se escorrou na parede de uma maneira ...hum  ....rapaz vou nem te conta ! Com a sua roupa colada ao corpo , e seu corpo que mostrava para meio mundo .ela sai como se nada estivesse acontecido .
-o que houve?-perguntou ela saindo do banheiro , e se aproximou de mim colocando seu braços em volta do meu pescoço .

-pare com isso , antes que eu te mostre que é que manda aqui !-franzia a testa , arqueando a sobrancelha , empurei sua cabeça jogando-a para trás , só porque sou homem eu irei seder assim ?! Só porque ela estava tão , sexy! 
    Aguentei meu casaco , me recompondo
-pela falta de horário ! As pessoas que iam nos dar uma carona para outro país se foram !-arque-ei minha sobrancelha olhando pra Harleen .

-sinceramente !-deu uma lambida no pirulito -se você quer sair do país tem que ter dinheiro , porque você não ira entrar en um aeroporto e matar todos , você pode ser tudo nesse mundo , menos a prova de bala-colocou o pirulito de volta na boca

- "Eu pareço alguém que tem um plano?" Se não então você não esta incluida nele , eu não fasso planos eu não sigo regras ! Vamos a tarde e taca o aeroporto

-você que mata alguém ? ! É só falar

-caramba não se entrometa nos meus planos ! se não quiser  

-não é que eu não quera , mais..-todas a volta sairam da sala -você está agindo como de fosse imortal !

-pera...pera...perai , você ta com medo ? Acho que você não sabe de quem você esteve o tempo todo do seu lado ? Você estava do lado do pior  criminoso de   gotham city ! Ou vai dizer que você ainda não sabe que eu sou ?!-eu jogo o casaco preto de que era nosso disfarce em seu ombro e saio .-que droga quem ela pensa que é ?! -fico nervoso e começo a jogar meus planos no chão -isso não vai ficar assim !-combri meu rosto para disfarçar ao meu semblante de raiva 

-eu , sei que ta com raiva , mais ja é hora de ir !-disse Harleen

-já to indo Harleen -eu nunca usei seu nome  desde que ela saiu da escola

-meu nome não é Harleen e sim ! Alerquina !-disse ela batendo  a porta

-desde quando ela desside algo ?!-peguei minha mala e coloquei o chapéu e levei a minha cabeça .

*no aeroporto .

    As luzes começavam a valhar , Harleen.ah ! Não ! Alerquina ! Ficava comigo esperando na van , el diablo estava cuidando das falha das luzes e eu chegava no final ,para atirar ! FODA-SE ! SE ALGUÉM IA MORRER , antes ele do que eu !
   Eu via da fan do lado do aeroporto o que estava acontecendo .
    Kanata foi diretamente a sala gerente da companhia , com sua sexualidade de mulher cortou  a garganta do gerente e saiu , sem ver se o maldito ! estava acordado acordado , debaixo de sua messa havia um botão vermelho que ele apertou .
   E fez todo aqueles que estavam dentro se apavorarem , nosso aliados ficaram dentro as portas se trancaram . Tomeui posição do volante e voltamos , para fabrica .

-o que eu avisei ! Eu disse que isso não ia dar serto !

-eu não preciso de você enchendo !

-se você pelo menos soubesse fazer um plano direito !

-cala a boca ! como se você tivesse alguma vez feito um plano , pra falar a verdade nem sei porque você esta aqui !-me sentei no sofá e à encarrei 

-Nunca mais eu sabia que essa não daria serto !

-ta falando o exemplo ! Nunca fez nada para ajuda ! E nunca vez nada de ruin na sua vida deixa eu ver acho que nem roubar um doce de um bebê você não , tem coragem !-gritei 
-olha quem ta falando o escritor da minha vida ! Quando você souber algo sobre mim você vem conversar

-quando você fizer uma maldade que me impressionar eu lhe garanto que eu cortarei a cabeça do batman e lhe entregarei ...
         Ela bateu a porta


    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...