História Amor invisível 2 - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias League Of Legends
Personagens Darius, Draven, Garen, Gragas, Katarina, LeBlanc, Rengar, Riven, Twitch, Yasuo
Tags Amor, Invisivel, League Of Legends, Rengar, Twitch
Exibições 6
Palavras 896
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Fluffy, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O tema desse capítulo foi sugerido pelo DUMMKOPFS101, valeu manow, boa leitura a todos...

Capítulo 7 - Capítulo especial - Nascimento


POV Katarina

 

“ Linha por linha “.

_Garen me trás mais uma bola de linha_ Pedi.

Logo ele veio carregando uma rosa e outra azul.

_Achei que você não gostasse de tricotar_ Disse ele.

_Não tanto, mais eu queria a primeira roupa do nosso filho fosse feita a mão_ Falei voltando minha atenção aos pares de meias rosas que estava fazendo.

_Vou fazer o jantar, quer comer o que?_ Perguntou ele.

_O que for mais fácil, pra mim já tá bom_ Falei terminando de tricotar as meias.

Fiquei um bom tempo sentada na poltrona, construir artesanalmente uma roupa é mais complicado do que me parecia, mas vai valer a pena ver o pequeno(a) com essa roupa. Quase uma hora se passou assim que eu terminei de fazer a roupinha rosa, “ acho que a azul vou deixar pra amanhã “.

_O jantar tá pronto_ Disse Garen.

Me levantei com uma certa dificuldade da poltrona, desde de que minha barriga começou a pesar ficou um pouco difícil andar.

_A lousa é minha hoje_ Falei dando um beijo na sua bochecha.

_Nada disso, você tem que descansar_ Disse me abraçando por trás.

Depois do jantar, Garen me ajudou com lousa, mais tarde tive que andar mais pouco pra poder tomar banho, antes de dormir eu terminei de tricotar um par meias azuis.

_Ficou ótimo_ Disse Garen.

Depois de um beijo nos deitamos e adormecemos.

Na manhã seguinte

 

Depois que o Garen saiu pra comandar o pelotão de demacia, eu voltei tricotar a roupa do nosso filho, as calças estavam quase pronta.

_Meeeeeaaaawww_ Ouviu um miado distante.

Logo nosso gato Félix pulou sob a janela aberta na minha frente, ele saltou graciosamente dela e veio até mim.

_Meaw_ Miou ele me olhando com sua cara curiosa.

_Tô ocupada, não posso brincar agora_ Falei voltando minha atenção a ele.

Mesmo assim ele não parava de me fitar com seus olhos grandes e azuis, um tempinho se passou até o momento em que esse gato chato começou a roçar na minha perna.

_Não tem o que fazer não seu chato!_ Falei o empurrando com o pé.

_Meaw_ Miou ele mexendo em uma das bolas de lã.

Peguei uma e a joguei num canto da sala, rapidinho ele parou de me encher o saco, quase uma hora eu havia terminado de tricotar a roupinha azul, quando o Garen não estava em casa, tudo fica muito silencioso, “ preciso me mexer, odeio ficar parada”, tudo fica mais difícil quando parece que você tá carregando uma melancia dentro de você, nem por isso eu deixo de cuidar da casa.

Que saudade eu tenho de governar Noxus ao lado do meu pai, que logo vai ser um avô maravilhoso, ainda bem que ele e o Garen não se estranham com facilidade. Quando o dia estava quase escurecendo, meu bravo guerreiro voltou pra casa.

_Que dia_ Disse Garen ao passar pela porta.

_Como foi?_ Perguntei o ajudando a tirar a armadura.

_Produtivo, mas cansativo demais _ Disse ele tirando uma das ombreiras.

Eu ia fazer o jantar, mas Garen me pediu pra descansar enquanto ele cozinhava, fiquei na poltrona esperando até o momento em que comecei a me sentir estranha.

_Garen... A bolsa estourou_ Nunca havia me sentido tão desesperada e feliz ao mesmo tempo.

_QUE?!_ Gritou ele.

_A bolsa estourou_ Falei tentando me levantar.

Ele correu pra porta de casa e abriu com um chute, Garen saiu e voltou quase que imediatamente.

_Chamei uma carruagem_ Disse ele me ajudando a ficar de pé.

Com dificuldade caminhamos com dificuldade pra fora.

_O que que houve?_ Perguntou a condutor da carruagem confuso.

_MEU FILHO VAI NASCER_ Gritou Garen.

_Tá esperando o que? Entra logo_ Disse o condutor.

Conforme eu ia andando a meu desespero foi aumentando.

_Calma amor, respira... Vai dar tudo certo_ Disse Garen me abanando com uma das mãos.

Entramos na carruagem nos sentamos, logo o condutor da mesma chicoteou o cavalo fazendo-o disparar pela rua.

_MEU FILHO VAI NASCER PORRA!!!_ Gritou Garen ao colocar a cabeça pra fora da carruagem.

Em pouco tempo chegamos em um hospital demaciano, com cuidado mas de maneira rápida descemos da carruagem e andamos com dificuldade para dentro do prédio.

_Minha mulher tá dando a luz! Por favor me diz que tem algum medico em prontidão_ Disse Garen em total desespero.

_Tragam uma cadeira de rodas!_ Falou um senhor que me parecia ser um médico.

_Você é uma mulher de sorte, eu estava quase saindo e temos uma sala cirúrgica a nossa disposição_ Disse o velho.

Fui colocada na cadeira de rodas e levada às pressas pra tal sala, com cuidado me colocaram na maca já na posição pro bebê puder nascer, me tiraram a roupa e eu entrei em trabalho de parto. A dor que estava sentindo era indescritível, o bebê estava me rasgando por dentro.

_Já estou vendo a cabeça, vamos mulher FORÇA!!_ Disse o médico.

Segurando a mão de Garen eu comecei a forçar a criança a sair de mim, o médico ajudava puxando com cuidado a cabeça do bebê. Depois de respirar fundo eu forcei ainda mais até o momento que o nosso filho nasceu.

_Parabéns, um menino forte e saudável_ Disse o médico.

Logo ele me entregou a criança, era um alivio telo em meus braços.

_Você é pai_ Disse ao Garen.

__Qual vai ser o nome?_ Perguntou ele.

_Col_ Falei acariciando nosso filho...


Notas Finais


O capítulo ficou mais curto, pois a narrativa dele não é em cima do Twitch e do Rengar, gostou? Comenta ai...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...