História Amor Latente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 9
Palavras 403
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero q vcs gostem, bjao

Capítulo 1 - Capitulo Unico


- O que é que ta acontecendo?

-Nada, coisa da minha cabeça.

-Quero saber até quando você vai mentir pra mim.

-Eu não tô mentindo p...

Eu não tava esperando seu tapa. Acho que nem mesmo você. Mas foi instintivo. E você se recuperou fácil.

-EU JÁ PEDI PRA VOCÊ PARAR DE MENTIR PRA MIM.

Eu não conseguia olhar pra ti. Porque qualquer olhar seria revelador de coisas que eu não gostaria que você soubesse. E você só piorava a situação, insistindo.

-Eu, eu não sei o que falar, é muito complicado.

- FALA LO...

-EU TE AMO!

Sua cara de incrédula que me fez rir. Mas eu logo percebi a seriedade da situação.E então foi a minha vez de ficar incrédulo.

-Daniel, sério?

-Gostaria de estar errado, mas, porra... Não sei como isso foi acontecer de novo. E eu juro, eu não gostaria que tivesse acontecido.

-Eu não sei como reagir.

-Você não precisa. A culpa é toda minha, em ser burro pela segunda vez.

-Quer dizer que você é burro em se apaixonar por mim?

-Não é isso...

Você começou a chorar. Eu odiava quando você chorava, porque isso fazia com que eu amasse mais você.E já tava sendo difícil pra mim, não queria que fosse pra você. Então eu apenas saí. Não sei pra onde, talvez pro nada, apenas saí. Você tava namorando alguém que era bom pra você, que te dava carinho e não era um escroto que nem eu. Um babaca que fala mais merda que palavras mesmo. Você não merecia isso. Eu. E enquanto eu estava perdido, você me tocou. Me puxou. E me olhou. E dentro do seus olhos, eu me perdi.

-Eu não sei o que dizer...

- Não faz isso comigo, por favor. Nem com...

-Eu te amo também.

Essa eram as palavras que eu não queria escutar. Mas eu não queria escutar mesmo? Sinceramente, eu só queria te ter. Isso era tudo. Eu já não tava resistindo, tão perto de você.

Te beijei. Foi repentino. Foi... Foda. E você retribuiu. Tua pele morena já encostava-se na minha. Teus lábios carnudos já cobriam os meus. Tua cintura já estava envolta pelos meus braços.

Todo mundo tava no salão de festas, até seu "namorado". Mas ele não precisava saber.

Que a gente havia entrado na cozinha. E que eu tinha te colocado em cima do balcão. E que... Bem, o resto nem você precisa saber.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...