História Amor Meu - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Tags Drama, Romance
Exibições 127
Palavras 654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey fofuras, ai está a primeira parte da festa.
O que vocês acham que pode acontecer em?
Boa leitura 💙

Capítulo 37 - 37


A carruagem estava parada na entrada da mansão dos Illéa.

Maxon: você já pensou se vai fingir? –perguntou preocupado

America: Não quero que fiquem falando de nós depois. –respondeu sem expressão alguma

Maxon: Então?

America: Não vou fingir ser toda boba por você, se é o que esta pensando. Mas fingirei ter um casamento.

Maxon: Já está ótimo. –ele disse com um sorriso. –Vamos?

America: Vamos. –e então desceram da carruagem. Seguiram até a festa onde encontraram os anfitriões.

August: Maxon, que BM que está aqui. –disse o abraçando –Quero que conheça minha esposa Georgia. –disse abraçando uma mulher muito bonita que estava ao seu lado.

Maxon: é um prazer lhe conhecer Senhora Illéa. –disse dando um beijo na mão dela

Geórgia: o prazer é todo meu, mas pare de me chamar de senhora, ainda devo ser mais nova que você. –disse e eles riram.

Maxon: E essa é a minha esposa. America Sche... –mas ela o interrompeu

America: Singer. America Singer. –disse rápido, não se acostumara ainda ser uma Scherave, e nem queria.

August: Finalmente. Maxon fala tanto de você. O quanto você é bonita e –Maxon já estava totalmente corado.

Maxon: Muito obrigado August. Acho que iremos procurar uma mesa. Até logo. –E saiu puxando America, deixando o amigo rindo. –Acho que aquela mesa está ótima não? Você quer beber alguma coisa? –perguntou a ela que negou –Mas eu quero.

America: Não demore, não conheço ninguém aqui. –ele assentiu e saiu

Maxon mal havia saído e ela ouviu  alguém chama-la. Quando se virou ficou paralisada de surpresa.

America: Aspen? o que... –ele a interrompeu

Aspen: Georgia é minha prima. E você?

America: August é amigo de Maxon, meu marido. –o rosto de Aspen era visível uma tristeza.

Aspen: Então vocês... –quando ela ia responder Maxon chegou

America: Muito obrigada, você me deu a chance de casar com um homem maravilhoso. –mentiu, quer dizer, não era mentira ele era mesmo um homem maravilhoso só ela não via isso

Maxon: Ames sei que você não  pediu mas eu lhe trouxe esse champanhe... –disse chegando perto assustando os dois,então viu Aspen –Oh! Olá Leger.

Aspen: Olá Schereave. –disse e uma tensão se formou.

America: Ah querido não precisava, mas obrigada. Olha só August está nos chamando, vamos. Até mais Aspen. –disse e puxou Maxon para longe

Maxon: Onde eles estão?

America: Não sei. Vamos falar com outros convidados. Temos que faze-los pensar que somos um casal. Ande me apresente. –Maxon riu e lá foram eles falaram com todos os convidados e atuaram muito bem como um casal. Todos acreditaram.

Ela foi até a mesa pegar alguns canapés e Geórgia chegou.

Geórgia: Estão uma delicia não estão? –perguntou também pegando.

America: Estão sim e a festa está linda também. Parabéns. –disse sorrindo para ela

Geórgia: Obrigada. Vocês dois ficam muito bonitos juntos. –disse sem olhá-la

America: Eu e Maxon?

Geórgia: Claro. E com quem mais. Se vocês fossem realmente um casal provavelmente seriam muito felizes.

America: Mas nós somos...

Geórgia: Eu sei de tudo. August me contou. Você fingi bem sabia. –elas riram.

America: Obrigada.

Geórgia: Você devia dar uma chance a ele. –ela disse olhando para Maxon no outro lado do salão que as olhava, America o olhou e ele sorriu. –Dá pra ver nos olhos dele o quanto gosta de você.

America: Mas eu não. Ele já fez algo a mim, que nunca vou esquecer.

Geórgia: Vocês são marido e mulher agora vão ter que se suportar o resto da vida. Não acha que seria mais fácil se o perdoasse? –America olhou para ele na roda de homens que ainda a olhava, então ele saiu em sua direção. –Pense nisso.

Maxon: Com licença, me daria a honra de uma dança? –perguntou estendendo a  mão para ela, ela olhou para Geórgia e que fez que sim com a cabeça

America: Claro, uma esposa não deve dançar com seu marido? – o sorriso de Maxon ficou enorme.


Notas Finais


Eae em? O que acharam?
PS: ESTOU AMANDO GANHAR NOVOS LEITORES... 💙💙
Me desculpem não está respondendo,tentarei responder todos os comentários o mais rápido possível 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...