História Amor Obsessivo - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Obsessivo, Estrupo, Obsessão, Romance, Violência Doméstica, Yaoi
Visualizações 23
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oin, espero que gostem 💞

Capítulo 16 - Capítulo 16


   ஜ۩۞۩ஜ[2015]ஜ۩۞۩ஜ

Fu acordou bem cedo e preparou um café da manhã bem caprichado, com tudo de bom. Fu vai ao quarto e acorda Xun com um beijo na bochecha.

Xun abre os olhos e sorrir para Fu que logo o beija na boca, o beijo foi bom, serviu para ajudar Fu a "matar" a saudade.

__Bom dia minha razão de viver._Fu sorrir.

__Bom dia amor da minha vida._Xun sorrir de volta.

__Quero te mostrar uma coisa._Fu puxa Xun da cama.

__O que é?_Xun fica curioso.

Fu tapa os olhos de Xun e o leva ate a cozinha o colocando de frente para a mesa e tira as mãos.

__Nossa amor, vou acabar me acostumando mau._Xun se senta.

__Por mim tudo bem._Fu senta ao lado de Xun.

__Você fez tudo isso?_Xun serve dois copos de suco de laranja.

__Fiz tudo por você._Fu sorrir.

__Obrigado querido._Xun passa a mão no rosto de Fu.

Os dois tomam o café da manhã regado de muitos sorrisos e brincadeiras.

__Meu amor, eu tomei a liberdade de adotar uma criança para nós._Diz Fu como se estivesse falando de uma camisa.

__Você o quê?_Xun fica de boca a berta.

__O nome dele é Shan, tem cinco anos, um amor de menino._Fu sorrir.

__Eu não sei como criar uma criança._Xun coloca a mão na cabeça.

__Basta apenas amá-lo, o resto damos um jeito._Fu volta a tomar o suco.

__Não somos nem casados para adotar uma criança._Xun fica preocupado.

__Não tem problema, vamos nos casar em breve._Fu pega um anel do bolso.

__Esta tudo acontecendo tão rápido._Xun esta espantado e feliz ao mesmo tempo.

__Quer casar comigo?_Fu se ajoelha.

__Eu..quero sim._Xun estende a mão.

Fu coloca o anel no lugar onde sempre quis. Xun fica feliz mas ao mesmo tempo sente outro sentimento difícil de decifrar.

__Quando Shan poderá vir pra casa?_Xun passa a mão no anel.

__Daqui a pouco._Fu sorrir.

__Assim tão rápido? Não temos nada pra criança aqui._Xun olha em volta.

__Não se preocupe, assim que ele chegar vamos comprar muitas coisas pra ele._Fu serve Xun.

__To tão nervoso._Xun começa a rir de nervoso mesmo.

Antes de Shan chegar, deu tempo de tomar banho e arrumar a cama. Xun deu um jeito de fazer um bolo rápido mas muito gostoso.

Uma senhora trás Shan e é Fu quem os recebe, sem avisar Xun na hora.

__Aqui esta, eu acrescentei um bónus para você._Fu entrega um envelope para ela.

__Obrigado senhor._A senhora entrega Shan.

Fu não adotou Shan como se faz naturalmente, ele comprou a criança de uma senhora que não tinha condição de cuidar dele.

Ela achou melhor assim, dessa maneira Shan teria uma casa, não passaria fome e teria assesso a boas escolas.

Fu entra com Shan no colo e o coloca sentado no sofá, ele fica sentado bem quieto. Xun tira o avental e vai para a sala.

Quando Xun ver Shan os dois sorriem um para o outro como pai e filho, por um momento Xun sentiu que já havia tido um filho de verdade antes, mas ele ignora esse sentimento.

__Oi, eu sou Xun._Xun se ajoelha de frente para Shan.

__Papai._Shan o abraça.

Xun não percebe as lágrimas caírem sobre seu rosto e sem demora ele abraça Shan sentindo um alívio incomum como se tivesse achado um pedaço de si mesmo.

__Esta feliz meu amor?_Fu se ajoelha com Xun.

__Muito feliz, obrigado querido._Xun puxa Fu para um abraço.

Fu naquele momento sentiu que deveria proteger sua família a todo custo, não importa o que seja, ele faria qualquer para manter o que havia desejado a muito tempo.

__Shan, quer bolo?_Fu se levanta.

__Bolo, bolo._Shan canta.

__Venha meu filho._Xun pega Shan no colo.

Xun coloca Shan na cadeira e pega um pedaço de bolo e depois sem perceber ele começa a procurar pelo pote de biscoito nos armários.

__O que esta procurando meu amor?_Fu olha para o armário.

__Eu...nada, esquece querido._Xun coloca o pedaço de bolo na mesa para Shan.

Shan começa a comer e se melar de bolo, sobrou para Fu limpá-lo. Xun sorrindo observa a felicidade que tem em mãos.

__Papai....._Shan começa a bocejar.

__Ta com sono meu filho? Vem, vou te levar pro quarto._Xun pega Shan no colo.

Fu fica na cozinha limpando as coisas enquanto Xun coloca Shan na cama. Xun senta ao lado do filho e o cobre com carinho.

__Sabe filho, você é um grande presente._Xun passa a mão na cabeça do filho.

Xun volta pra cozinha e sorrindo se aproxima da mesa, ele olha para Fu e sorrir ainda mais.

__O que foi?_Fu enxuga a mão.

__Obrigado por tudo que fez por mim._Xun sorrir.

__Tudo que faço ainda é pouco comparado com tudo que você merece._Fu abraça Xun.

__Lembrei de uma coisa._Xun sai dos braços de Fu.

__Do quê?_Fu começa a ficar nervoso.

__Temos que comprar muitos presentes para nosso filho._Xun sorrir.

__Ah claro, quando quer ir?_Fu respira aliviado.

__Quando Shan acordar, não quero acordá-lo agora._Xun se senta no sofá e liga a TV.

Na TV esta passando acontecimentos do ano atual e Xun nem imagina que perdeu boa parte da memória.

Fu corre e desliga a TV e Xun fica meio sem entender o motivo dessa atitude repentina.

__O que foi?_Xun encara Fu.

__Essa TV esta com muitos problemas, e também não vale a pena perder tempo com isso._Fu dá meio sorriso.

__Ta bom, eu acho._Xun faz uma cara de quem entende.

Shan não demora muito pra acordar e já desce a escada sentado nos degraus. Xun ver e se assusta, ele pega o filho no colo e o coloca no sofá.

__Meu filho não faça isso, você pode cair._Xun passa a mão no rosto do filho.

__Você não pode deixar seu papai preocupado._Fu diz sem expressão no rosto.

__Que tal comprar muitas coisas pra você?_Xun sorrir.

Shan se levanta e pula no sofá todo alegre, Xun fica olhando achando uma graça.

__Chega, vamos indo._Fu pega Shan no colo.

Fu fez de tudo para evitar que Xun visse qualquer coisa que faça algum tipo de referência ao ano atual, no final deu certo.

Eles passam horas indo e vindo das lojas comprando tudo que Shan quer e fazendo todas as suas vontades.

__Papai ta cansado, vamos pra casa._Xun pega Shan no colo.

Sobrou para Fu carregar muitas sacolas, são muitas mesmo, ele quase sumia com tanta sacola.

Em casa teve muita bagunça, sacola jogada pela sala, embrulhos rasgados, mas valeu apena, Shan ficou muito feliz e Xun também. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, Bjssss amores 😍😘😘💞😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...