História Amor ou Amizade? - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Tags Revelaçao, Romance, Superação
Exibições 26
Palavras 1.574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Ficção, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii docetes e docitos!!
Capítulo 7 de amor ou amizade!
O que será que teremos neste encontro? (@_@)
Grandes revelações e experiências! Kkkkkk espero que gostem!

Capítulo 7 - Um segredo a ser guardado


Fanfic / Fanfiction Amor ou Amizade? - Capítulo 7 - Um segredo a ser guardado

Estava quase dando a hora, eu pedi para a Rosa me ajudar a escolher uma roupa, eu vesti um vestido vermelho que era meio que uma Bati, que ia até a metade da minha coxa, e por baixo uma legue preta e uma bota preta meio vinho de cano longo!
Aii... sem que eu pudesse me preparar mentalmente, Nath havia chegado estava esperando na porta, então fui correndo recebe lo...

- Ahh... O-Oi Nath! E... (ele estava lindo, o cabelo todo arrumadinho, vestia uma calça jeans com os joelhos cortados, uma blusa branca e uma jaqueta preta. Até me arrependi de ter colocado um vestido cheio de babados)
Nathaniel- Nossa... você está l-linda marsie!
- É-é obrigada (por um instante pude sentir o olhar pervertido da Rosalya por trás de mim, admirando cada segundo de ver a minha cara de vergonha)
Nathaniel- Vamos?
- Ah sim, é tchau... Rosalya!
Rosalya- Tchauzinho! E juízo em?! Hahahaha
- Rosaaa!!

Aquela criatura tava amando me ver vermelha, depois que saimos da escola, Nath me levou no cinema, assistimos um filme de ação e mistérios, já que era o nosso gênero favorito!
Para algumas pessoas deve ser incoviniente escolher um filme deste gênero num encontro, mas ná boa eu não gosto muito de filmes "melosos" de mais.

Bom, o filme inteiro foi bom, tirando certos momentos que acabei me desconcentrando do filme e acabei me perdendo no olhar do Nath, e outros, clássicos de quando o casal vai pegar a pipoca e acaba pegando a mão um do outro! E é claro que eu coroei neste momento se vocês estão se perguntando.

Depois nós fomos num restaurante, não era um daqueles chiquerremos que você paga o olho da cara por um copo de água, mas não era também tão simplezinho. Eu pedi sushi (sim lá tinha comida Japonesa e também tinha de outros países) e o Nath pediu uma salada italiana.

- Está... boa a salada?
Nathaniel- ah sim! Tirando o vinagre deles que é meio ardido está bom, e o sushi?
- Está bom...
Nathaniel- Não sabia que você gostava de comida japonesa...
- Bem eu tenho alguns parentes que são japoneses, e eu sou descendente também, então eu meio que aprendi a gostar! E você?
Nathaniel- Ah não tenho descendência de Itálianos se é isso que está pensando, mas minha família é cheia das manias de querer comer comidas chiques, ai toda semana a gente come algo de outro país!
- ah... uau... não imaginava que você era do tipo riquinho todo chique! Hahaha
Nathaniel- Ein? Eu não sou riquinho, meus pais tem grana mais pra mim não faz diferença ser rico ou pobre, a única que se importa com isso é a Ambre!
- Ah... desculpa, eu não queria te ofender!
Nathaniel- Tudo bem, você não me ofendeu! Na verdade eu fico realmente ofendido quando me comparam a Ambre, dizendo que eu sou metido, sou todo certinho, e blá blá blá...
- ouh.. É mas você é certinho, não?
Nathaniel- Quando se trata de ser representante, mas eu não sou ao TODO certinho, também cometo errros como qualquer ser humano, além do mais eu só resolvi ser representate por causa dos meus pais que vivem no meu pé falando de como eu devo ser o aluno perfeito, para garantir um bom futuro!
- Seus pais são rígidos?
Nathaniel- Sim... mas eu não quero ter de falar isto agora, é... e você?
- hum?
Nathaniel- até agora, só eu falei de mim, agora quero saber de você! (Disse sorrindo)
- Ah bem... ao contrário do que muitos pensam eu não sou assim tão "rebelde" e muito menos igual ao que dizem nestes malditos boatos!
Nathaniel- isto eu sei hahaha posso ver pelo seus olhos! (Ele me olhou atentamente, aquele olhar era quase como entrar em um oceano, minhas bochechas começou a arder)
- É... antes de vir para está escola eu era muito tímida, e certinha, era quase que a queridinha dos prof's mas depois de fazer certas amizades, as coisas começaram a desandar... minhas notas deixaram de ser sempre 10 e 9 e começaram a aparecer no meu boletim certos 7,6,5... Além disso meus pais começaram a receber reclamações da escola, de que eu não estava prestando a devida atenção nas aulas e que estava trocando muitas mensagens durante as aulas...
Nathaniel- Quer dizer que Marsiezinha, de uma aluna perfeita, acabou virando uma aluna... rebelde?
- Por ai... mas o que realmente fez com que mudaçe tudo de cabeça para baixo foi... (não, eu deveria contar? Castiel sabe parte da história mas o Nath... Será que devo contar?)
Nathaniel- o que foi Marquise? Tá tudo bem? Se você não quiser contar você não é obrigada tá?!
- Ahn... não é que... Está tudo bem! O que aconteceu, é que desobedeci os meus pais e fui para uma festa a noite de uns caras da escola, e a noite não foi muito boa, e depois que voltei para escola tinham várias imagens distorcidas de mim por todos os lados...
Nathaniel- espera... quer dizer que tiraram fotos de você na festa e depois espalharam pela escola?!
- O que? Não aquelas fotos não podiam ser minhas, eu... eu vi aquilo, eu não tinha feito nada daquilo na festa... eu saberia se tivesse feito, minhas amigas contariam!
Nathaniel- Estas "amigas" que você está falando... tem certeza de que elas não te enganaram? Tipo te levaram para festa e...
- Me drogaram?
Nathaniel- É eu...
- eu já pensei nisto... mas nem tive como tirar satisfações, meus pais me transferiram pra cá sem que eu pudesse impedir ou opor outra opção! Eles haviam ficado furiosos, acho que se não fosse minha tia para me defender, tenho certeza que eles teriam me matado por aquela tamanha desonra!
Nathaniel- nossa... É me desculpa mesmo Marquise! Eu não queria te fazer lembrar de algo assim eu...
- Tudo bem Nath... não faz mal, minha vida sempre foi uma droga mesmo! (De repente sem que eu pudesse impedir lágrimas começaram a escorrer no meu rosto) me... desculpa Nath! E-eu... preciso ir!
Nathaniel- Marquise espera!

Eu sai correndo do restaurante, chorando, por mais que não tenha sido intenção... doia muito lembrar daquela época, aquele passado era definitivamente um tormento em meus pensamentos...
Sem perceber, acabei tropeçando, e cai direto pro chão... Nath estava logo atrás correndo para me alcançar.

Nathaniel- Marquise!
- N-nath... (gaguejei entre as lágrimas) me desculpa por ter saido daquele jeito... eu sou uma besta mesmo!
Nathaniel- Marsie... que isso, não foi culpa sua, eu te fiz lembrar de uma coisa horrível! Eu é que deveria me desculpar por ter feito uma burrice destas.
- Nath eu...
Nathaniel- Você consegue se levantar?
- Sim...

Ele me ajudou a levantar, mas então meu corpo resolveu falhar e eu tropeçei e fui direto para seu peito! Ele me abraçou na intenção de me proteger, ah... como aquilo era bom, estava quentinho! (*-*) eu me ergui para olha-lo e o mesmo já estava me olhando, foi então que, sem pensar duas veses me ergui mais um pouco par alcança-lo e nos beijamos!

Era um beijo quente, delicado, e meio molhado por causa das minhas lágrimas que ainda insistiam em escorrer, era tímido, dava para ver que tanto eu quanto ele estavamos com vergonha, nós nos separamos por alguns segundos e então nos olhamos novamente...
Aquele olhar apaixonado, que agora ficava bem amostra, surgiu como um novo brilho em nossos olhos!

-Nath eu... (ele colocou um de seus dedos entre meus lábios)
Nathaniel- Marsie eu realmente, não posso me segurar, deisde de que te vi sinto uma grande atração por você, e sinto muita vontade de estar ao teu lado... por favor, se me permite eu... posso beija-la novamente?
- Ah... (voltei a ficar vermelha, ai meu deus como este momento podia ficar cada vez mais perfeito!?) Mas é c-claro...

Então nossos lábios colaram um no outro novamente, mas desta vez sentia algo pedindo permissão para entrar, o beijo começou a se esquentar, e então nossas línguas resolveram participar do momento... era tão bom, tão caloroso, que só podia sentir os sentimentos de amor e prazer crescerem mais e mais, assim como a falta do ar também... logo nos separamos de novo, desta vez os dois estavam vermelhos e coroados!

Nathaniel- Marquise, eu realmente posso te dizer... eu te amo, amo mesmo com tudo que sinto dentro de mim... (eu o interrompi com um pequeno selo entro os lábio)
- Ah... Nath você não sabe o quanto estou feliz por este momento, você simplesmente mudou meus sentimentos... eu te amo Nath! Eu te amo muito!

Foi inesquecível... era quase como um conte de fadas contado para uma criança! Era bem como a Rosalya disse, de um simples encontro surgiu todo este sentimento incrível de agora! Ah my God!

Nathaniel- Bem... Está tarde então vamos voltar?
-Sim!

Nós voltamos para escola de mãos dadas, era como se nossos dedos tivessem sido amarrados um no outro, enfim cheguei no meu quarto. Então Nath me deu beijo de despedida na mão mas eu o puxei e o abracei.

- Obrigada pela noite Nath!
Nathaniel- De nada minha linda, espero repetir este momento! (Ele fechou as mãos ao redor da minha cintura e eu colequei meus braços em volta de seu pescoço para poder beija-lo novamente)
- Até mais nath

Quando entrei Rosa estava dormindo, era meia noite, então terei que deixar para contar as "novidades" amanhã.

Continuaaaa... ♡_♡


Notas Finais


Então gente... aahhhh
Capítulo um pouquinho grande, mas cheio de coraçõezinhos pelo ar, clima esquentou não?!
Kkkkkkkkkkkk
Espero vocês para os próximos capítulos bye!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...