História Amor ou maldição - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Draco Malfoy, Fred Weasley, Gina Weasley, Gregory Goyle, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Remo Lupin, Ronald Weasley, Severo Snape, Simas Finnigan, Sirius Black
Tags Draco Malfoy, Drarry, Harry Potter, Ronmione
Exibições 347
Palavras 2.382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Ficção, Fluffy, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, bom... espero que gostem, e que me falem o que acharam

Capítulo 7 - Primeiro beijo


Fanfic / Fanfiction Amor ou maldição - Capítulo 7 - Primeiro beijo

Harry on



Acordei com uma dor na cabeça e no pescoço insuportável, me lembrei da conversa de ontem com Malfoy e sorri, fiquei sabendo de muitas coisas a respeito dele ontem, e fiquei feliz percebi que ele não era como eu pensava, ele não é tão insuportável e ignorante, até que achei ele bem legal…



- Potter já acordou? - Falou Malfoy, ri ele estava com a cara toda amassada e seus cabelos que sempre estava impecavelmente arrumado, estava uma bagunça, ele me olhou e bocejou.


- Sim, você está horrível - Falei sorrindo, e o mesmo me olhou e deu um pequeno sorriso.


- Obrigado - Falou me encarando, ele estava muito estranho por esses dias, estava alegre e gentil, particularmente prefiro ele assim, é muito mais agradável, até poderia ser amigo dele se Ron não o odiasse tanto como odeia.


- Um sonserino falando obrigado? Surpreendente - Falei e ele revirou os olhos.


- Não é da sua conta - Falou bufando.


- Estava bom demais para ser verdade - Falei e ele riu.


- Idiota - Disse e me olhou, olhei para ele e ficamos nos encarando por vários segundos, percebi que estava um clima meio estranho e me precipitei a falar.


- V-vamos nos atrasar para tomar café - Disse meio vacilante.


- T-tá bom - Malfoy diz e nos levantamos, fizemos nossa higiene matinal e descemos, hoje o almoço seria na sonserina, então caminhamos até lá.


- Oi Draco querido - Parkinson diz dando um beijo na bochecha de Malfoy. Não suporto essa menina.


- Oi Draco -  Zambini diz, com uma cara de tédio.


- Oi - Disse Malfoy dando de ombros, nos sentamos na mesa e logo comecei a pegar alguns biscoitos os colocando no prato, ignorando totalmente o olhar de  desprezo dos sonserinos e os curiosos das outras casas, Hermione acenou para mim e acenei de volta, enquanto Ron só me olhava com pena. Percebi que as pessoas da sonserina são bem quietas, não tem conversas paralelas como tem em outras casas, comem como se fossem os donos do mundo, sem falar com ninguém e nem olhar, olham somente para a comida que está no prato e às vezes para os lados com desdém, sentia falta de boas conversas como tinha com Ron e  Hermione, eles são muito legais para conversar. Assim que terminei de comer olhei para Malfoy e para seus amigos.


- Vamos? Não quero mais ficar aqui - Disse encarando Parkinson, que me olhava com desprezo.


- Tá - Disse Malfoy e se levantou, fomos em direção ao nosso quarto, e assim que chegamos me sentei na cama e Malfoy fez o mesmo. Me lembrei de que já estava acabando o ano e que se Snape não visse que viramos amigo ( o que não viramos ainda), vamos ficar juntos nas férias também.


- O que você tem? - Malfoy diz me olhando com um olhar preocupado, estou estranhando esse loiro, ele não está mais arrogante e debochado como era, parece até outra pessoa, e o que mais me surpreende é que ele mudou muito rápido, até estou gostando desse novo jeito dele.


- Nada porque? - Falei o encarando.


- Parece estar preocupado - Falou se aproximando de mim.


- Porque se importa? - Disse observando sua aproximação.


- P-porque é hummm… Só estou perguntando - Falou ainda me olhando, ele estava todo vermelho, fiquei me perguntando porque será que ele está assim?


- Só estou preocupado com as férias - Falei dando de ombros.


- Porque? - Disse ele, Malfoy já estava sentado do meu lado, quase não havia separação entre a gente, olhei para seus olhos cinza, minha cor favorita, fiquei tão distraído que nem respondi a pergunta - Potter? - Malfoy diz baixo ficamos nos olhando, não sei o que deu em mim, desejei aquela boca, queria sentir o gosto daqueles lábios, sem pensar coloquei minhas mãos no pescoço de Malfoy e me aproximei mais ficado colado a ele, quando estava prestes a beijar seus lábios, me toquei do que estava fazendo e me separei rápido.


- D-desculpa - Falei baixo, ele apenas riu e se aproximou de mim novamente, segurou em meu pescoço e selou nossos lábios, realmente ele estava muito estranho, nunca que um sonserino iria fazer isso, primeiro porque eu sou homem, segundo sou Harry Potter terceiro porque eles são muito orgulhosos para fazer alguma coisa.


Espantei esses pensamentos tentando aproveitar o momento, o que não consegui muito pois estava muito chocado com que Malfoy fez, mas ainda pude sentir, sua língua era quente e macia, seus lábios são perfeitos pros meus, aquele beijo maravilhoso, sua mão agora estava em minha cintura e meus braços em volta do seu pescoço, ele as vezes dava leve mordidas na minha boca, o que eu amo muito, ele realmente beija muito bem, deve ter aprendido com outras meninas, fiquei meio enciumado em pensar que Malfoy já beijou outras, porque aliás eu estou beijando ele, e agora não é um dos melhores momentos para pensar nisso.


Minha ficha caiu, eu estou beijando Draco Malfoy não era pra mim está beijando ele agora, não era pra mim estar gostando tanto disso.


- Isso é errado -Falei me separando dele - Me solta Malfoy - Disse percebendo que sua mão estava na minha cintura ainda, mas ele a retirou rapidamente, olhei para seu rosto, seu olhar parecia estar decepcionado e envergonhado, tentava normalizar a respiração discretamente, olhava para o chão sem parar, sua boca estava entreaberta o que me fez sentir uma vontade enorme de beijar ele de novo, gostei tanto do beijo, mas é errado, não pode acontecer isso, me levantei na intenção de me separar dele, mas olhei para ele de novo e não me segurei agarrei aqueles cabelos e o beijei intensamente - Que se dane - Falei o trazendo para mais perto de mim, e ele deu um sorriso entre o beijo, suas mãos, seus lábios são tão macios, são perfeitos, ele é tão carinhoso suas mãos apertavam minha cintura enquanto eu segurava seus cabelos, acariciando de vez em quando, senti que estava prestes para o ar acabar e me separei olhei nos seus olhos admirando a cor dos mesmos.


- Você beija muito bem, deve ter beijado várias meninas - Falou ele baixo, seu rosto estava todo vermelho de raiva e de ciúmes, sorri achando fofo a cena, então beijei seu nariz.


- Não na verdade meu primeiro beijo foi com você - Falei e logo um belo sorriso saiu dos lábios dele, sei que não devia ter contado isso a um sonserino mas sou muito sincero e franco, sei que não é certo mentir para as pessoas, só minto  quando é necessário. Fiquei curioso também para perguntar se seu primeiro beijo era comigo também - E-e você com quem foi seu primeiro beijo? - Falei olhando fundo em seus olhos.


- C-com você Potter - Falou ele parecia um tomate.


- Pode me chamar de Harry - Falei sorrindo.


- Ok Harry, então me chama de Draco -Falou, ele ficava tão fofo vermelho. Sabe não ligo mais se ele é Draco Malfoy ou se ele e eu somos inimigos desde que nos conhecemos, sei que venho o observando e ele mudou muito em tão pouco tempo, fiquei curioso sobre o porquê dessa mudança mas quando eu tiver uma oportunidade vou perguntar. Percebi que ele está se tornando uma pessoa melhor, está mais educado, gentil e alegre e isso está me deixando estranho.


- Tá - Falei e dei um selinho em seus lábios e Malfoy quer dizer Draco sorriu, que sorriso lindo um sorriso verdadeiro sem malícia, arrogância ou deboche o sorriso mais lindo que já vi, agora olhando ele mais de perto, tudo nele é lindo.


- Harry! Harry! - Ouvi vozes de Hermione e Rony atrás da porta Draco me olhou confuso, e foi aí que lembrei ter contado para eles aonde é que estou dormindo.


- Você contou? - Falou Draco e assenti, ele me fuzilou com os olhos, fui abrir a porta com Draco irritado atrás de mim.


- Hermione? Rony? - Falei meio surpreso quando contei não achei que eles viriam mesmo.


- Vamos Harry hoje é o dia do passeio em Hogsmeade - Ron diz, nossa tinha me esquecido, esse ano vou poder ir pois tia Petúnia assinou o papel pra mim por eu não ter estragado nenhum passeio ou dia dela.


- Vamos Mal… Draco temos que nos arrumar - Falei empolgado, mas ele ainda parecia bravo sei que daqui a pouco vem muitas reclamações. Nos arrumamos rápido enquanto Ron e Mione nós esperávamos lá fora, então saímos com Rony e Hermione na frente e eu e o Draco atrás.


- Porque contou a eles? - Falou o loiro baixo, ele estava muito irritado.


- Porque eles perguntaram e aliás eles são meus amigos, são de confiança - Falei o encarando e ele suspirou pesadamente.


- Fala para eles que não é pra ficar no meu quarto toda dia viu, eu não gosto deles - Falou.


- É nosso quarto e não gosta deles porque não os conhece - Falei e ele revirou os olhos, e eu ri.


- Vamos façam uma fila aqui - Filth falava, entreguei meus papéis assim como Draco, Hermione e Rony e então partimos, fomos de barco e chegamos lá rápido, Hogsmeade era muito legal havia várias lojas de doces e algumas de vassouras, roupas e etc…


- E aí em qual vamos primeiro - Ron falava entusiasmado, sempre ignorando Draco.


- Hum.. que tal na casa dos gritos? - Hermione falou sorrindo e Draco fez uma careta.


- Não - Disse o loiro e todos nós rimos sua expressão era de medo, então me lembrei daquela brincadeira que fiz com ele no terceiro ano.


- Vamos vai ser divertido - Hermione disse.


- É Draco vamos - Falei e o puxei ele bufou irritado e fomos todos até a cerca que ficava pouco à frente da casa dos gritos.


- Vou ficar aqui sentado -Draco diz e se senta logo eu me sento também, Hermione e Rony começam a brincar de jogar bolas de neve um no outro.


Estava meio confuso, estou gostando da companhia de Draco, estou gostando do novo jeito dele, sabe tudo que eu mais queria era distância dele, só que agora já não quero mais, quero estar cada vez mais perto, não sei se isso é errado. No mundo dos trouxas gosta de outro homem é totalmente errado, mas nesse mundo é muito normal como Simas e Neville ninguém zombou ou magoou eles por gostarem de homens, não que eu esteja gostando, è talvez eu esteja…


Draco on


O beijo do Harry é maravilhoso, nem acredito que ele me beijou mesmo e foi fofo comigo, ele parecia estar apaixonado, mas sei que isso é impossível de acontecer, só que o fato do Harry ter o primeiro beijo comigo me trás muita felicidade, eu gosto muito dele, ele é lindo por dentro e por fora, mas tenho medo de contar pra alguém ou para ele próprio que estou gostando loucamente dele, que tenho sonhos malucos de nós se beijando a noite, acho que ele iria rir de mim por tal ato infantil, mas sabe é uma coisa que não consigo controlar como quando eu me aproximo mais do que o normal dele meu coração acelera e meus dedos ficam trêmulos ou quando de noite fico o observando dormir e acaricio seus cabelos, sabe pra mim isso tudo eu não consigo controlar, simplesmente acontece.


- Vem brincar Harry - Granger diz e Harry se levanta pegando uma bola de neve e atacando no Weasley, logo o trio de ouro está brincando, Harry estava perto de mim e quase não conseguia acertar as bolas nos outros, queria eu ser feliz desse jeito, ser quem eu sou sem medo da rejeição, mas pena que não posso.


Enquanto estava sentado ia analisando Potter, ele sorria muito seus cabelos balançam na brisa o que me deixava mais apaixonado ainda, seus olhos brilhavam, ele estava alegre estava feliz…


- Vem brincar Draco - Harry diz pegando em minha mão, meu coração acelera e só o que consigo fazer é um aceno negativo.


- Não deixa ele aí quieto - Weasley diz.


- Fique quieto Ron - Granger grita e Harry volta a falar.


- Vem se divertir um pouco - Fala.


- Não - Falei firme, pensando que ele iria desistir, logo senti ele me puxando e quando vi já estava junto com eles, Harry começou a atirar bolas de neve em mim, no começo fiquei intacto mostrando que não estava nem aí, mas quando ele acertou uma bem no meu rosto, minha raiva subiu, fiz uma bola enorme e acertei em seu nariz, começamos a brincar e a rir, foi o dia mais alegre da minha vida, tá com quem eu gosto e com quem se importa comigo tirando o Weasley que aquele ali nem me quer por perto, Potter foi correndo até Granger e como não podíamos nos separar caiu em cima de mim, fomos rolando ladeira a baixo ( sei que lá não tem ladeira mais quis fingir que tem ^-^), caímos um em cima do outro bem longe dos amigos de Potter, sei que fiquei todo vermelho porque Harry caiu em cima de mim, e ficou olhando no fundo dos meus olhos e eu nos dele, minha cor favorita é  a mesma cor dos olhos de Harry, coincidência não?


- H-harry - Falei vendo que ele não sairia de cima de mim, se bem que nem me importo com isso, por mim ficaria com ele assim o dia inteiro, só que eu estava com muita vergonha.


- Oi? - Falou sorrindo de lado, se aproximou mais de mim, já não existia nem um espaço entre nós.


Harry on


Me aproximei dele e selei nossos lábios queria sentir aquela boca macia e agradável de novo, o beijei rápido e me levantei pegando em sua mão para ele se levantar também, limpei minhas vestes ajudando ele a limpar as deles, achava ele muito lindo quando estava com vergonha, pois é assim que ele estava o dia inteiro.


- Harry, Malfoy? Estão bem? - Hermione diz correndo atrás da gente puxando Rony.


- Harry! - Ron falou e logo estava os dois em cima de mim vendo se eu estava ferido ou algo do tipo.


- Harry porque você e o Malfoy caíram do barranco?  Tive a impressão que vocês estavam hummm… se beijando - Mione diz e eu fico vermelho na hora igual a Draco que está mais vermelho do que de costume.


Notas Finais


Achei meio merda esse capítulo mais tá né 😪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...