História Amor ou Ódio? - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jang Doyoon, Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Personagens Originais, Punch (Samuel), Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags Hansol, Romance, Scoups, Seungcheol, Seventeen, Vernon
Exibições 125
Palavras 1.183
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 29 - Achou mesmo que eu iria te esquecer tão rápido?


Fanfic / Fanfiction Amor ou Ódio? - Capítulo 29 - Achou mesmo que eu iria te esquecer tão rápido?

Ele parou o beijo e me olhou nos olhos, estava pronto pra falar alguma coisa.

- SyoNi... volta pra mim?

Eu abri um sorriso gigantesco, não sabia expressar o quanto aquilo me deixou feliz
- E precisa perguntar? É óbvio que sim Coups, eu amo você

Ele me abraçou forte: - Eu também te amo

- Como eu senti falta disso... de você... me perdoa Coups, por favor, me desculpa pelo que eu fiz, eu te amo muito, muito mesmo - comecei a chorar

Ele pegou meu rosto, secou minhas lágrimas e me deu um beijo na bochecha: - Ei... não se preocupe com isso, não tem mais que pedir desculpas, eu já te perdoei... eu amo você...

Sorri: - Eu não sei nem o que falar... obrigada eu acho... por me dar mais uma chance

Ele de repente ficou meio triste: - Só que... eu preciso te falar uma coisa e é por isso que eu te chamei pra vir aqui

Eu fiquei muito preocupada, achei que ele havia me chamado pra gente voltar: - O que? O que foi?

- Eu... é... vou direto ao ponto, eu vou me mudar daqui 2 semanas, meu irmão tá muito doente e já será internado semana que vem, então a gente precisa ir pra lá o quanto antes pra ficar com ele... por isso eu te chamei aqui... eu queria falar sobre isso... eu só tenho mais 2 semanas aqui e eu queria passar esse tempo com a pessoa que eu mais amei... e ainda amo... Você... Você é muito especial pra mim, SyoNi, eu não podia passar esse tempo sem você, sem te ver e brigado contigo... me desculpe falar isso assim, mas... - ele começou a chorar

Eu não sabia o que falar, eu não tava acreditando naquilo, eu também comecei a chorar, pois não sabia o que fazer: - Como assim Coups? Você vai embora em 2 semanas? Eu não vou mais te ver? Como assim? Por que? Mas... mas eu não posso ficar sem você nem mais um minuto... a gente acabou de voltar... Como você pode já ir embora assim?

- Desculpa meu amor... eu não queria que fosse assim também... por isso eu quis voltar... eu preciso de ti nesse tempo... eu também não consigo ficar sem você... quero aproveitar ao máximo esse tempo ao seu lado... pois não sei quando vamos nos ver de novo... me desculpe

- Não Coups... não vai... eu não sei... eu... agradeço por isso eu acho... Você também é muito especial pra mim... eu não posso te perder assim... não de novo - Eu abracei ele o mais forte que eu pude

- A gente ainda tem duas semanas... vamos fazer elas valerem a pena...

- Qualquer momento ao seu lado vale a pena Coups... eu amo você... desculpa se eu fui insensível antes... Você tem que ir ver seu irmão... eu entendo... eu só não quero te perder... eu realmente espero que ele melhore e você sabe que sempre pode contar comigo... sempre

Ele se soltou do abraço, sorriu olhando nos meus olhos: - Você é incrível... eu não sei o que te falar além de que eu te amo... - ele me beijou lentamente, me abraçando pela cintura enquanto eu estava com minhas mãos ao redor de seu pescoço

Ficamos algumas horas no terraço, deitados na área das almofadas e abraçados, apenas conversando e olhando as estrelas... eu não consigo acreditar que eu tinha o Coups de novo... e que só iria durar duas semanas... estou tão feliz mas tão triste ao mesmo tempo...

- Ei Coups... eu queria te pedir... o que você tava fazendo com aquela Hannah? - Eu não queria estragar o momento, mas já que estávamos de boa como antes, eu queria saber o que ele estava fazendo com aquela vagabunda

- Hannah? Ela é só minha ex-namorada

- Isso eu já sei... mas o que você estava fazendo com ela?

- Ciúmes por acaso?

- Mas é óbvio que sim... se ela é sua ex você não devia ficar se agarrando com ela pelos corredores

- Você também era minha ex até algumas horas atrás e olha agora

- Tá me comparando com aquela vaca? Não acredito que você tá falando isso pra mim

- Eu só estou brincando meu amor... eu terminei com ela ano passado ainda, você não tem que se preocupar... Ela é meio obcecada, mas eu não aguento mais ela, tô sempre tentando ignorar

- Tentando ignorar? Não foi o que pareceu enquanto ficava falando no ouvido dela... e bem na minha frente ainda 

- Aquilo... bem... eu confesso que foi só pra te fazer ciúmes mesmo... desculpa?


- Seu idiota... Aquilo me machucou de verdade sabia... não é legal ver você se agarrando com outra garota - fiz uma cara de triste

Ele deu uma risadinha: - Você é tão fofa - pegou meu rosto e deu um beijo na ponta do meu nariz - Mas eu não tava me agarrando com ela... tava mais pra ela se esfregando em mim e tentando chamar minha atenção

- Isso não melhora muito

- Por que não? Eu nem fiz nada...

- Porque só eu posso ficar me esfregando em ti... - subi em cima dele

Ele riu: - Você é a melhor sabia - e me beijou - Me surpreende cada vez mais...

Sorri beijando sua bochecha e deitando ao seu lado novamente: - Eu sei... - dei risada - mas... eu ainda quero saber o que você estava cochichando pra ela

- Você não desiste né... tá bem... não era nada de mais, era só pra te fazer ciúmes mesmo... eu só falava "até mais" ou "te vejo depois"... por que eu não queria aquilo... muito menos na sua frente pra ser sincero, você não merecia ver aquilo... mas eu precisava de um jeito pra te fazer ciúmes também, então eu só falava isso no ouvido dela

- Só isso? E por acaso você via ela depois?

- Óbvio que não... falava aquilo pra me livrar dela mesmo

- E na vez que ela saiu chorando?

- Ela tinha te xingado lembra? Te chamou de nerdzinha escrota... então eu falei pra ela não te por no meio até porque você sempre vai ser melhor que ela... Era isso?

Eu estava tão feliz por ouvir aquilo: - Eu estava preocupada por nada então?

- Aham - ele sorriu - Você achou mesmo que eu iria te esquecer tão rápido?

Sorri e o beijei: - Eu te amo sabia?

- As vezes eu tenho minhas dúvidas - ele riu

- Besta... - dei um tapinha no braço dele

Ele me beijou e entre o beijo disse: - Amo você

Sorri entre o beijo: - Eu sei... eu também - continuei a beijá-lo

Ficamos mais um tempo no terraço, então ele me levou até em casa, onde ficou conversando um tempo com meu irmão também e depois foi embora.
Eu estava tão feliz... queria logo que o dia seguinte chegasse, queria tanto passar mais tempo com ele... aquela havia sido uma noite perfeita!


Notas Finais


Desculpa a demora, eu iria postar um dia depois do último capítulo, mas deu uns problemas e depois o acidente da chape e eu não tava no clima pra escrever.
Mas agora tá aí😊❤ Espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...