História Amor ou Trono 2 - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Arkyos Angel
Exibições 17
Palavras 470
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Acorrentado


Fanfic / Fanfiction Amor ou Trono 2 - Capítulo 5 - Acorrentado

Pov Ian


Quando abri meus olhos senti uma terrível dor e vi que todos estavam inconscientes, o Julian não está mais aqui e o Órion... EITA, CARAMBA O ÓRION!!!
Me levantei ignorando a dor e fui checar o local, não havia sinal do Órion. Então ouvi um gemido de dor, fui correndo até América.
-Amor, como está se sentindo?-perguntei preocupado
-Eu... estou um poço dolorida só isso, já vai passar.-disse ela- Como estão os outros?
-Ainda inconscientes.-falei
-E o Órion?-perguntou ela
-...
-Ian, onde está o Órion?-perguntou ela um pouco nervosa
-Receio que... Julian o levou.-disse


Pov Órion


Acordei e vi que estava em um quarto, um pouco desgastado, eu estava em uma cama pouco confortável, quando tentei me levantar vi que não podia, meus pulsos estavam presos na cama e meu corte está doendo mais ainda, se eu não cuidar dele agora ele pode infeccionar. Então eu lembrei de tudo o que aconteceu, mas onde eu estou? Não me lembro de nada desde quando desmaiei. Ouvi um ruído de porta velha se abrindo e... Julian entrou no quarto fechando a porta atrás de si.
-Olá, Órion.-disse ele ficando frente a frente de mim
-Me sol...argh.-ia dizer mas o ferimento doeu mais e me contorci um pouco já que não dava para tocá-lo
O Julian me olhou e viu a minha reação de dor, então se aproximou de mim no lado esquerdo da cama, ele se ajoelhou e olhou para o meu rosto.
-Vou olhar o seu machucado.-disse ele
-De jeito nenhum!-falei
-Preciso de você bem, mas se quiser morrer de uma infecção causada pela mordida de um Lobo de luz...-falou ele
-Tá, tá.-me rendi
Ele chegou mais perto de mim então desabotoou a minha camisa e a tirou.
-Não precisará mais dessa camisa, você irá usar as roupas que eu te fornecer.-disse ele
-Quanto tempo terei de ficar aqui?-perguntei
-O necessário.-ele respondeu
Então ele pegou minha camisa e pendurou na maçaneta da porta e veio até mim novamente, se sentou na beirada da cama e olhou para minha ferida, depois ele pôs a mão dele com delicadeza no meu abdômen.
-Não foi uma ferida muito bonita.-disse ele
Então de repente uma luz Branca azulada saí da mão dele e eu não senti mais dor e percebi que o ferimento estava fechando.
-Os Lobos são criados por mim, por isso só eu posso curar feridas acusadas por eles.-falou Julian
Fiquei olhando para ele com um olhar questionador.
-O que foi?-perguntou ele
-Será que dá pelo menos para tirar essas correntes?-perguntei
-Por que eu faria isso?-perguntou ele
-Para eu não morrer de tédio.-falei
Ele riu, acho que foi uma risada sincera.
-Você não tem como fugir mesmo, estamos longe do castelo e há uma barreira aqui, mas quero você no meu quarto hoje à noite.-disse ele
-Tá...-então as correntes se soltaram


Notas Finais


Deixem seu comentário, nos vemos no próximo capítulo.
Beijos TP!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...