História Amor ou Trono 2 - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Arkyos Angel
Exibições 18
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - A fotografia


Fanfic / Fanfiction Amor ou Trono 2 - Capítulo 6 - A fotografia

Pov Órion 

Deve ter mais ou menos 10 minutos que o Julian saiu do quarto alegando que iria buscar roupas para mim, eu estava sentado no chão do quarto, então decidi sair para dar uma olhada. Sai e andei pelos corredores, era uma casa relativamente grande, porém não tinha quase nada, era um grande desperdício de espaço. Durante minha caminhada encontrei uma fotografia, era a única fotografia que havia e era...eu. Era uma fotografia do ano anterior a esse, era um inverno eu estava brincando com os meus pais, estava sorrindo usando um cachecol verde e meus olhos brilhavam. Os olhos dos meus pais eram um pouco mais dourados mas o meu era um verde intenso, mas por que minha foto estava ali?...
-O que você está fazendo?-sussurraram no meu ouvido
Dei um pulo que quase cai, então olhei, era Julian, óbvio só havia nós dois naquele lugar.
Ele riu pela minha reação.
-Por que tem uma fotografia minha aqui?-perguntei
-Não é de agora que eu te observo. É meu trabalho ver o que está acontecendo.-disse ele
-Mas porque eu?-perguntei
-Tenho meus motivos.-disse ele
Ficamos nós olhando em silêncio por um instante.
-Bom, vou te levar ao lugar onde tomará um banho, porque sem ofensas você está um lixo.-falou ele e saiu andando
Segui ele pelos corredores e fomos parar em um mais iluminado, até porque o corredor onde eu estava era tipo uma "prisão".
-Por que sua casa é vazia?-perguntei
-Moro sozinho e não tenho tanta coisa para guardar, passo a maior parte do tempo trabalhando.-falou ele
-Você não se sente... solitário?-perguntei
Ele me olhou por um instante e continuou.
-Às vezes é melhor ficar sozinho.-respondeu
Chegamos a um cômodo que tinha uma banheira pronta para um banho, então o Julian colocou as minhas roupas em cima de uma mesa perto da pia, tirou uma toalha de um armário e me entregou.
-Quando terminar, vá para o meu quarto.-disse ele fechando a porta atrás de si


Pov Joker

-Mas você só pode estar de brincadeira.-disse Oliver
-Em outrora a sequestrada era você, América.-disse Luka
-Luka, seja sério. O Órion pode estar em apuros.-falei
Estávamos todos em uma reunião para decidir o próximo passo em relação a Julian.
-Bom, Joker?-falou o Ian
-Sim?-respondi
-Consegue rastrear ele?-perguntou Ian
-Será mais fácil do que o Shaori.-falei
-Ótimo, enquanto Joker estiver rastreando o Julian devemos nos preparar. Luka e Yukine procure evidências ou pistas pelas redondezas, Oliver crie armadilhas e Rosemarie crie feitiços que você ache que vai nos ajudar.-disse América 
-Também farei o meu possível, para não deixar a morte da minha esposa para salvar Órion seja em vão.-disse o pai de América
Houve um minuto de silêncio.
-Bom, então se preparem.-disse Ian


Pov Órion


Após o banho me senti bem, não sabia que um banho faria tanta falta. Quando sai do banheiro comecei a andar pelos corredores, como é que ele queria que eu achasse ele? Sai abrindo várias portas até achar ele.
-Foi difícil me encontrar?-perguntou ele
-Não imagina, nem sou um estranho em uma casa desconhecida.-falei irônico
Ele riu. Ele estava deitado em sua cama lendo um livro antigo, então ele se sentou cruzando as pernas e me convidou a sentar também. Neguei, mas ele insistiu e eu fui.
-Bom vou ser franco com você, preciso dos seus poderes. Você é o segundo anjo que teve esse poder, o outro morreu a milênios, e o poder do cosmos é o mais complexo e poderoso. Pois o cosmo está em cada célula que existe. E é um bom poder se você souber usá-lo, o que não é seu caso...-falou ele olhando a capa do livro agora fechado

De repente meus olhos doeram, então os fechei rapidamente e olhei para o Julian, ele estava envolto de uma luz dourada, então fechei meus olhos novamente, mas quando os abri, não havia mais a luz. Julian viu meu rosto e perguntou:

-O que foi?
-Nada-disse-Para que você quer meu poder?
-Para quebrar algo errôneo, que nem deveria ter existido.-falou ele
-Que seria?...-insisti
Ele fez uma cara meio irritada e me olhou.
-Sua família faz parte disso.-falou ele
Uma raiva começou a nascer dentro de mim e não me segurei.
-O que te faz odiar tanto minha família?! Meu pai é seu irmão, caramba!-falei
Ele se irritou ainda mais e com sua mão direita ele segurou meu rosto com força.
-Você não sabe de nada!-falou ele olhando nos meus olhos
-Mas o que exatamente ele te fez?!!!-perguntei
Ele me puxou e me jogou na cama, ficando ele em cima de mim segurando meus pulsos.
-Eles tiraram coisas de mim, coisas que nunca mais voltarão.-falou ele olhando nos meus olhos
Então ele saiu de cima de mim e se sentou a beirada da cama.
-Minha mãe disse que você quer o poder... Por que você quer isso?-perguntei mais calmo
Ele também parecia mais calmo, então me sentei ao lado dele esperando a resposta. Ele me olhou e disse:
-Quero retirar esses pesos das minhas costas, quero ter paz...

 


Notas Finais


Deixem seu comentário, até o próximo capítulo!
Beijos TP!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...