História Amor para Kakashi Hatake - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Kurama (Kyuubi), Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Rin Nohara, Sai, Sakumo Hatake, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Kakashi, Kakayuna, Mizu, Naruto, Romance, Yuna
Exibições 179
Palavras 2.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yoo Minna - san !!

Mil perdões não ter postado antes, sei que tá com dias que não venho atualizando a fic, mais estou com meu Notebook sem vida aqui :'(
Estou postando pelo celular e editando pelo mesmo também e querem saber como é?
É horrível !! Não tenho paciência, no PC é mais rápido e prático, kkkkk, então por causa do meu pc tá morto desde o dia 12 eu tô parada nas edições e consequentemente nas postagens.

Não esqueci de vocês, fiquei de coração apertado por não tá postando :"(

Mas enfim, eu editei esse cap. Espero que gostem dele. É narrado pelo nosso Hatake :3 <3 >//<

Desculpem desde já por possíveis erros, pois foi tudo pelo celular tive que mudar alguns pontos sendo que esse cap ja tinha editado no pc ai ele morreu e levou a fic junto, ai tive que lembrar de tudo e saiu assim.

Bom, fiquem à vontade e boa leitura >:)

Capítulo 18 - Kyoko!!


Fanfic / Fanfiction Amor para Kakashi Hatake - Capítulo 18 - Kyoko!!

Kakashi on

Eu já estava fora do prédio do hogake e depois que avistei Tsunade, Shizune e Sakura passando ali perto - e aquela hora - saindo bem mais cedo do hospital, senti que algo estava errado, isso se tudo já não  estivesse dado tudo errado.

E neste meu pensamento vou cortando caminho para casa pelos telhados, e em poucos minutos comprovo que minhas intuições nunca são erradas. Paro em frente a casa e vejo a porta totalmente  aberta de modo que qualquer um sem ser convidado podia entrar.

Lembro-me claramente que quando sair mais cedo a deixei fechada, sem necessidade de tranca-lá.

(Yuna!)

- Será que alguém sabe dela e descobriu onde encontrava-se? - Não isso é impossível.

Por precaução não entro na casa pela porta da frente, em vez disso, dou a volta indo para um dos lados, se alguém estiver com Yuna não veria minha aproximação.

Mas logo escuto vozes, de Yuna e uma que conheço bem e achei que não ouveria tão cedo, que da forma que falava dava para escutar da rua.

Paro e sento em baixo da janela, para elas não me verem.

- Se tem alguém invadindo propriedade alheia aqui é únicamente você !

Kyoko... Era isso que meus palpites estavam querendo me avisar. Bom, Iruka tinha razão de quando ela visse Yuna e soubesse da verd-

TAP ! - Tire esse dedo daqui.

Minha onda de pensamento é interompida e sem hesitar fui tirado da maneira em que eu estava, quando o barulho de um forte tapa seguindo pela voz séria que Yuna quase nunca expressava, me fez olhar para dentro da casa pela janela, e assistir a aquela cena.

- Ai !!

Vi que Kyoko não deixaria essa passar, antes mesmo dela se movimentar pulei a janela adentrando a casa e indo em direção a elas.

- Ora sua pi...?!

Logo eu estava a segurando, impedido-a de fazer algum ato impensável a Yuna.

- Kakashi...

Recebo o olhar castanho surpreso sobre mim e fico aliviado de ter chegando a tempo.

- Kyoko, por favor se acalme.- falo voltando a atenção a mulher que se debatia.

Ela se controla, a solto em seguida e sou envolvido por seu abraço exagerado, típico de quando estar com ciúmes Kyoko sempre fazia isso quando tinha mais alguém no mesmo ambiente que eu.

- Kakashiiiii - ela falava me apertado em seus braços e não a correspondo. -

Eu vim aqui pra te visitar quando soube que já havia retonado, mas quando cheguei é essa piralha que abre a porta.

- Tudo bem Kyoko - digo tentando me soltar dela - Essa é Yuna e está hospedada aqui e ela não é nada disso que você diz.

- Como é? Hospedada ??

E lá vem mais de seus ataques, eu a ignoro em tudo que pergunta e ela sabe disso. É incrível como Kyoko não entende, melhor, fingi não enteder algo tão simples. Não somos um casal apaixonado, não temos se quer um relacionamento que ela cria em sua mente, já tivermos nosso momentos juntos, mas não passou de entreterimento sem compromissos.

Diferente das outras mulheres com quem já estive ela foi a que mais durou - por um tempo- , mas não tem nada de especial nisso, e o diferente e imprevisível de Kyoko para a outras; é que elas concordaram comigo desde o começo em ser algo sem futuros planejamentos e Kyoko não enfia isso na cabeça.

Ela não tem nada a ver com minha vida pessoal e interpessoal, assim como eu não tenho nada a ver com a dela, não me importo se ela sai com outros caras da vila ou com outras coisas que a envolva e ela não deveria se importar com que eu saio e muitos menos com quem eu recebo e muito menos ainda com quem hospedo em minha casa.

Não temos nada que nos conecte sentimentalmente. Não temos nada um com o outro.

- Ah ... Me desculpem...-  minha atenção se volta pra Yuna, ela olhava para qualquer canto da sala menos a mim.

(Ela deve está achando isso ridículo, e quem não acharia? Eu estou parecendo um boneco de pano sendo esmagadoramente abraçado desse modo.)

- Eu... Não sabia..- de repente, aquilo que pensei descartei no momento que seus olhos me fitaram rapidamente, antes de desviarem para o chão novamente.

(Yuna não me diga que você acha...)

- Eu não sabia que você era alguém especial para Kakashi - san, me desculpe.

Não ouvir mais nada e nem lembro do que ela disse antes e depois do "Kakashi- san " . Por que isso?  Você não me chamava somente de Kakashi ?

- Yuna, não é o que parece.- falo rápido

- Ora que é sim- Kyoko faz questão de entrar na conversa como entrou na minha casa .

- Kyoko !- a adverto com o olhar, mais em vão pois ela encarava Yuna.

- Mas não é verdade mesmo meu amor.... Ela está nos atrapalhando.

- Chega disso !!

- Não precisa disso Kakashi- san  !! - me surpreendo com a voz de Yuna, carregada com aquele tratamento outra vez. - Eu não queria atrapalhar, sinto muito mesmo.

Ela se curva e após recompor a postura vai em direção as escadas, tento para- lá mais ela dar a desculpa de estar no meio da leitura de um livro e some no segundo andar.

O que mais quero é contar a verdade a ela e claro me explicar, se possível, sobre hoje na cozinha, mas o que tenho que fazer agora e lidar com Kyoko.

- Acabou ?

Digo a segurando pelos ombros a afastando de vez de mim, recebendo seu sorriso debochado.

- Kakashi o que foi ?- ela sempre fazia isso.

- Ainda ousa perguntar? - Passo por ela e ando até a escada, olho para cima na esperança de ver Yuna mais infelizmente ela acreditou no teatro de Kyoko.

- Ka-ka-shi...

Olho para ela que jogava o jaleco no chão da sala, caminhando devagar em minha direção exibido de todas as formas o corpo que tinha.

(Sinceramente ela acha  que eu tenho tempo para isso agora ? Ainda depois que vez a Yuna ? De jeito algum tenho clima pra isso !)

- Fiquei com saudades meu Hatake...
Ela ia me abraçar, mais seguro em seus punhos e a fito sério.

- Não estou para isso hoje.- a largo e me afasto novamente , voltando para o meio da sala .

- O que deu em você?

- O que deu em mim? - repito enfatizando - Kyoko você quer mesmo que eu liste aqui o que acabou de fazer ?

- Kakashi esquece isso vai.

Como ela consegue ser tão imprevisível?

- Esquecer ? Como pede para eu esquecer como entrou aqui na minha casa ? E ainda quase fez uma besteira a Yuna ?!

- Eu sempre vim aqui esqueceu ? Ou desta vez uma visitinha não era bem vinda ?

Kyoko anda um pouco e senta no braço do sofá, cruzando as pernas que quase pulavam para fora do vestido vermelho.

- Por que está frustado? Vem cá que te ajudo a relaxar ... - diz isso jogando os cabelos para o lado, aquele jogo que já vi várias vezes e que deixou de surtir efeito em mim também.

- Não me venha com seus joguinhos, isso pode ter funcionado com Yuna, pois ela não sabe que pessoa você é, mas comigo deixou de ter eficácia há tempos.- digo isso e lembro de como Kyoko encarava Yuna.

- Yuna, Yuna, afinal quem é essa garota e porque ela está hospedada aqui e justamente aqui ?

- Não tem por que você ficar sabendo disso, como se fosse mudar algo.

- Kakashi está errado eu me importo com isso.

- Eu já sei onde quer chegar e não vou cair em seus jogos como já lhe alertei antes. - Vou até a porta e paro e ela entende o recado.

- Como ? - ela levanta e me fita e sua expressão muda rapidamente-  Ainda não terminamos.-  fala firme.

- Eu já, pra falar a verdade não temos nada pra conversar só esse momento me deixou esgotado. Se não se importa - sinalizo para a saída-  Tenho que falar com Yuna.

- Você está diferente...

- O que disse ? - digo desinteressado- Kyoko por favor tenho assuntos a res -
Ela me enterrompe.

- Com aquela pirralha não é? ! Kakashi acha mesmo que esconderia isso de mim ?

- Quê? Olha, Yuna -

- Ha !! Então achou que eu não descobriria ? Não sou burra Kakashi !!

(Ótimo, lá vem mais surtos dela...)

- Como já disse estou a resolver assuntos poderia se retirar.

A expressão de Kyoko fica dura no rosto e por um breve momento nenhum de nós se pronúncia.

- É, está diferente mesmo..-  ela dar passos para perto do jaleco pegando ele e vestindo em seguida - E ainda acha que vou sair daqui sem respostas ?

- O que quer dizer ?

- Está assim desde o momento que chegou, e é só tocar no nome daquela pirralha. O que aconteceu? Até meu toque você esta se desviando.

- Não aconteceu nada.-  agora que ela disse isso, pensei melhor, e me analizei estou inquieto, impaciente e quero de uma vez por todas ver Yuna, quero resolver esse assunto com ela e depois que ouvir aquele "san " me importo mais ainda em lhe dar explicações.
Principalmente um pedido de desculpas, por hoje mais cedo.

- Essa garota... - sua voz saiu pesada .- Quem ela pensa que é para surgir do nada e vir parar logo aqui na sua casa ?! Aa ! Mais não vai ficar assim, ela não vai ter o que me pertence !

- Do que está falando ? Já disse que não temos nada, quando vai entender que não devemos explicações de nossas vidas um ao outro , estou cansado de repertir isso. Além do mais, não meta Yuna em suas paranoias,

- Outra vez essa pirralha! ! - ela cerra os punhos com força - Pois bem, Yuna vai ter uma conversa comigo.

Ela se vira com tudo indo para as escadas e logo subindo, saio de perto da porta e corro até ela, a seguro no punho a virando e a encostando na parede atrás de si.

Não sei se foi mais pelo modo que Kyoko disse aquelas últimas palavras; ou se foi sua falta de reação a minha intervenção que me fez ficar em alerta e mover meu corpo.

- Não faça nada a Yuna.

Sairam de forma séria e cautelosa, de modo que Kyoko recuou seu olhar sobre mim.

- Eu só ia ter uma conversa com ela. - ela dar um sorriso minino e debochado, e eu não quero mais levar isso adiante.

- Não posso ? A pirralha não irá recusar não é?

- Chega, não a chame assim! Você não sabe nada sobre ela, não sabe o porque de Yuna estar aqui  na vila, Não tem o direito  de entrar na minha casa e tratar quem recebo nela como tratou Yuna!

Minha voz sai mais  séria do que antes.

Ela rir escandalosamente.

- Então porque não conta ?

Dizer algo sobre Yuna, para qualquer pessoa não é bom. Mas se isso for evitar dela ouvir as provocações e atitudes inconvenientes de Kyoko, isso seria ótimo.

- Ela faz parte de uma missão.

- E ?

- "E "?- respiro a soltando-  E que a missão é normal como todas as outras e que eu tenho que ficar de olho nela, coisa que qualquer um pode fazer.

"Qualquer um pode fazer" me sinto incomodado ao dizer essas palavras.

Kyoko dar um sorriso de canto, pronto !! Ela ficou satisfeita com a explicação e no fim não precisei dizer nada de mais sobre Yuna.

- Bom se é assim.

Ela vai descendo as escadas e eu fico a olhando do mesmo lugar.

- Eu vou indo tenho plantão agora - ela para na porta segurando a maçaneta e me olha por cima do ombro - Kakashi e mesmo que não tenha interesses nessa garota não pode dizer o mesmo por ela.

- ...- Fico em silêncio.

- Sabe... Sou mulher e quero dizer que sei o que passa na cabeça de outra, ainda mais quando se trata de um homem como você, não vou entregar de bandeja a ela. Não vou perder você, não para uma pirralha e inexperiente que ela é. Ficarei de olho aos detalhes.

- Já disse que não acontece nada entre eu e Yuna.

- Tratando de você Kakashi, qual mulher não se interessaria?  Ainda mais uma garotinha como ela.

As palavras que ela usava para definir Yuna, não soava bem para quem e como Yuna verdadeiramente é. E antes que eu a corrigisse citando as razões de Yuna ser uma pessoa forte e determinada para não ter cabimento aquelas palavras pejorativas que escolheu para definir.

Lemitei a me virar e insinuar que subiria as escadas, sem lhe dar mais a minha atenção.

- Se já teminou. - subo o primeiro degrau.

- Você não muda mesmo, sempre termina nossas discussões assim.... Tá, até mais.

Ouço a batida de leve da porta e sigo meu caminho para o quarto de Yuna.

Realmente Kyoko não enfia na cabeça que não temos nada, vou tomar uma atitude contra isso, mas agora...
Agora, eu só quero me concertar com Yuna,  não espero que ela vá me desculpar, até acho que ela venha se distanciar de mim despois de tudo...

Me pego pensando em uma Yuna colocando distância entre nós além daquele tratamento, e realmente não quero que isso aconteça...

E aqui estou eu a frente do quarto dela...

Kakashi off

                  ******


Notas Finais


Gente deu um trabalhão refazer esse cap. É minha primeira vez com um personagem do tipo de Kyoko e tive dificuldades em torná- lá uma chata, kkkkk.

Foram erros e tentativas por 3 dias, até sair e gostei mesmo do resultado.
Espero que tenham gostado também, comentem ai 😉 e novamente editei pelo cell e me desculpem se saiu erros ortográficos.

Até mais ! E rezem pelo meu pc reviver está sendo horrível sem ele :'''(

P.S: Imagem retirada da net e editada por mim hihihihi.

Sayonara, Arigatou!! 💙👋🙏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...