História Amor para Kakashi Hatake - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Asuma Sarutobi, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Shukaku, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Drama, Kakashi, Kakayuna, Mizu, Naruto, Romance, Yuna
Exibições 71
Palavras 4.391
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yoo Minna- san!

Tudo bem? :D
Quero começar agradecendo a quem favoritou recentemente a Fic,
em especial Ele!! que devorou a fic em pouco tempo de leitura e me comprou por mais ~KakashiHatakese - san!! Muito obrigadaaa por seus comentários assíduos <3 e esse capítulo é para você. :))

Enfim desejo uma ótima leitura a todos <3 :))

Capítulo 24 - Festival da União.


Fanfic / Fanfiction Amor para Kakashi Hatake - Capítulo 24 - Festival da União.

 

 

Finalmente o festival chega, especificamente a noite da passagem do cargo de Hogake e a animação está em todo lugar, em cada loja, em cada casa, em cada grande e pequeno enfeite colocado e em cada uma das pessoas de fora e conterrâneas da vila de Konoha.

O centro da vila está cheio de visitantes, moradores, crianças correndo, idosos contando suas histórias de vida e principalmente harmonia. Tem lanternas acessas no tom amarelo alaranjado com os desenhos dos símbolos das vilas de Konoha e de Suna em todo lugar, assim como outros desenhos de outras vilas, iluminado e enfeitando o centro movimentado.

Muitas barracas de jogos e comidas atendiam quem chegava, músicas de diversos tipos estavam sendo guiadas pelo vento satisfazendo os ouvidos alheios.

O ambiente feito para a festa estava começando a encher, a estrutura era impecável e como lá fora não faltava risos ali dentro, conversas e muita alegria. Havia a pista grande para dança e logo frente dela um palco muito alto para todos verem os Kages das vilas, proclamarem sua união diante de todos por meio de suas palavras e o aperto de mãos.

Mesas decoradas por linho branco e majestoso; estavam posicionadas estrategicamente do outro lado do salão, em seu centro vasos com tulipas das cores branca, vermelho e amarelo traziam graça e elegância.

Estava tudo perfeito para a noite da celebração.

* *

“- Gente!! Cadê meu sutiã?!

- É esse Ino? – Sim!!

- A-alguém viu meus brincos?  – Estão nas suas orelhas Hinata!

- Ei !! Isso é meu Sakura!    - Nada disso, peguei primeiro!”

Assim estava o quarto da Yamanaka Ino, com risos e pequenas disputas pelo delineador. Mas uma ajudando a outra na maquiagem, na roupa e o penteado.

- Que horas começa mesmo...- Yuna pergunta analisando o vestido que achava ousado.

- Não se preocupe, ainda temos tempo.

Responde Ino, a casa da loira ficava poucos metros do centro. Por isso combinaram de se arrumarem lá, assim não andariam muito.

* *

No local do evento todos os Senseis das duas vilas já haviam se reunido e aguardavam o início da cerimônia, as mulheres usavam um quimono de cores claras e algumas optaram por uma estampa florida já os homens foram também padronizados com yukatas mudando as estampas ora cores neutras, ora cores escuras.

Todos passando seu ar de elegância, mas um em especial arrancava suspiros das mulheres que cruzavam seu percurso.

- Sério Kakashi- Iruka o cutuca no ombro enquanto andavam- Você sempre rouba a atenção delas somente pra si, não cansa não?

-  Eu não fiz nada.

- Haram...

E nem precisava, Kakashi era um dos homens mais comentados e almejado pelas mulheres solteiras e tido como rival entre os homens, já que eles tentavam se igualar ao Hatake quando o assunto era conquista e popularidade cujo público feminino era alvo.

Chegam as mesas reservadas do outro lado do salão, com vista privilegiada para a pista e entrada do lugar, Kakashi e Iruka sentam –se e o papo com Asuma e Kurenai começa.

Uma vez ou outra o Sensei olhava ao seu redor, procurando por algo- melhor, por ela- Yuna ainda não havia chegado. Durante o dia só a viu pela manhã, quando a moça se despediu do albino dizendo que iria com as meninas e lá os dois se encontrariam. 

Sorriu internamente lembrando da reação que Yuna teve depois de ouvir seu pedido.

(Ela corou todo o rosto, e quase não me respondeu) pensou encostando-se na cadeira, olhou para a entrada e viu o homem que Yuna conheceria aquela noite acompanhado do filho ruivo.

(Takeshi...) franziu levemente o cenho.

- Eei Hatake! – Asuma o chama, a voz alta por conta da música que tocava-  Que foi? Está esperando alguém?

- A eu- é interrompido

- Kakashi convidou Yuna- diz Iruka- Da pra acreditar? Ele trabalha até nas festas!

- Não acredito! - Kurenai e Asuma riram- Você deve deixar a garota mais solta Kakashi!

- Primeiro, não estou trabalhando- olhou para Iruka - E segundo ela é nova aqui, não pode ficar na companhia de qualquer pessoa.

Os risos cessam e seu discurso os convenceu.

- Tá – Kurenai continua - mas não a sufoque ok?

Ficou confuso com o comentário e a Kunoichi explica.

- Yuna pode querer sair com alguém da idade dela, e se você ficar muito em cima pode atrapalhar.

Os três voltaram a conversar e o albino fica pensando no que acabou de ouvir.

(Kurenai tem razão ao dizer ela goste de estar com alguém da mesma idade, e sei que não se referiu a mim. Será que Yuna gostaria de ter sido convidada por Takeshi?) perdido nos pensamentos fixou o olhar para a pista de dança onde havia alguns casais.

Veio recordações da noite na qual dançou com a morena, o primeiro contato de ambos, olhos nos olhos, as mãos entrelaçadas... e o sorriso que lhe fez estremecer.

-Kakashi! Olhe- é tirado outras vez dos devaneios, desta vez por seu amigo Iruka- Olhe na entrada! - a voz agitada o fez virar o rosto – não é ela...

Foi quando a viu, chegando com as outras garotas, chamavam atenção de quem estava por perto, Yuna distraidamente ria de algo comentado por Ino. O albino a olhava de onde estava, percorreu com os olhos a roupa que a cobria.

- Nossa elas estão realmente lindas! - Kurenai fala.

- Humm- Asuma chama a atenção de todos- Kakashi devo dizer que você tirou a sorte grande.

- Como é Asuma? – Kurenai dar um leve tapa no ombro do moreno que rir e a abraça na frente de todos;

- Você sabe que é minha favorita Kurenai- a beija nos lábios.

- Olha obrigado pela vela, viu? - diz Iruka incomodado pelo amasso alheio.

Kakashi deixa aquele momento romântico de lado e volta o olhar para frente, não a ver na entrada; olha mais adiante e a encontra estava ainda com as meninas. Levantou e caminhou entre o mar de pessoas.

*

- Nossa está tudo tão lindo! - exclama a morena bestificada com a beleza do lugar

- Yuna vem! Você ainda não viu nada! - Ino a segura no punho a puxa entre as pessoas, sendo seguidas por Hinata e Sakura.

Andaram enquanto a moça observava cada canto, cada pessoa diferente, os sorrisos, conversas sentiu-se alegre e seu sorriso bobo era prova disso.

- Chegamos! - anuncia Ino e faz um aceno para alguém

A morena saiu de trás da loira e ver para quem era aquele aceno.

Ver uma moça também loira, usava um vestido lilás na altura dos joelhos, cabelos presos em uma traça diagonal, e saltos cor creme. Ia em sua direção e das meninas com um copo na mão e acenando sorridente com a outra, movia-se duas silhuetas atrás dela que atraiu os olhos de Yuna. 

- Temari!

- Ino, garotas!! Estávamos a espera de vocês! - as duas se cumprimentam.

As silhuetas que acompanharam era de dois garotos, um moreno e um ruivo vestidos formalmente. Yuna lembrou que já tinha escutado o nome da loira quando conheceu o Ichiraku.

- Vocês estão arrasando! – Dizia Temari, viu a moça desconhecida que ainda não se pronunciou na conversa- E você quem é?

-Temari essa é Yuna- apresenta a rosada- e Yuna essa é Temari e os irmãos dela- Aponta para cada um e a morena segue com o olhar- Kankuro e Gaara.

- Prazer- sorrir levemente.

- Prazer é todo nosso- diz Kankuro educado- Você é quem Naruto nos falou que veio recentemente para Konoha?

- Ah, é sim sou eu. - diz surpresa

- Serio mesmo! – Exclama Temari – Pensei que fosse mais uma maluquice do cabeça de vento do Naruto.

- Não, não é.

Todos dão uma leve risada do comentário da loira.

- Não falem isso do Naruto perto da Hina- provoca Ino- ela não gosta.

- Ino!! – a repreende ficando vermelha em seguida

Outro momento descontraído entre o grupo, e Yuna percebe que o único além de Hinata quem não riu ou apenas não demostrou que foi algo engraçado foi Gaara.

- Tudo bem? - soltou inocentemente

Os olhos verdes caíram sobre si imediatamente, analisando de onde veio a pergunta, demorou a responder e todos ali observavam a cena e Yuna achou que tinha feito uma pergunta errada.

(Opa, fiz algo de errado?) pensou em retirar a pergunta, mais sua ação é cortada ao ouvir pela primeira vez a voz de Gaara.

- Sim está tudo bem. - meio tenso, meio receoso foi o que achou.

- Ora Gaara se anime! – Kankuro passa o braço ao redor de seu irmão menor- Afinal irá se tornar o Kazegake da Areia!  

O olhar surpreso de Yuna divertiu o moreno que continuou.

- Sim! Esse cara caladão e sério demais, está destinado a ser o Kage de nossa vila depois de anos do governo de nosso pai. - bagunça os cabelos dele com a mão espalmada- Por isso ele está retraído desse jeito!

- Nossa! Isso é incrível- fala a morena. - Meus parabéns!

- O-obrigado- agradece e tentar cessar o “carinho” de seu irmão- Kankuro, pode parar se quiser.

- Esses dois – diz Temari- Yuna não der tanta atenção a essas crianças, tá? São como grude em mim.

Depois de sua fala uma voz escandalosa é emitida mais alta que a música logo sabem que era Naruto e vinha com Sasuke.

- ACHEI TODOS!!- gritou – Eu não disse Sasuke que estariam perto das comidas!!- fala ao chegar perto do grupo.

- Tá! você repetiu isso durante o caminho todo Naruto!! Eu já entende!

Mais descontração diante a discussão dos dois amigos, risos nervosos ao seu lado a fez se virar e Yuna ver como estavam coradas Sakura e Hinata e vem uma ideia a sua mente.

(Hum, isso tem que dar certo) aproveitou que com a chegada deles havia criado um novo rumo de conversa com os três irmãos da Areia, a morena disfarçadamente vai a Hinata.

- Naruto está lindo, não é? - diz baixo mais o suficiente para somente a Hyuuga ouvir

- a-ah! S-Sim!- gagueja.

Rir internamente.

- Que tal dizer isso a ele Hinata?

Corou mais e mais, travou qualquer atividade cognitiva que tivesse e Yuna viu que seria um desafio.

- Calma Hinata, não precisa ficar assim.

Sua voz saiu alta e atraiu a atenção de todos, inclusive Naruto.

-Hey o que foi? Por que Hinata está assim? – o loiro distraído pergunta. - Hinata você está passando mal?

Todos ali sabiam o motivo dela estar vermelha e não conseguir falar, menos Naruto claro.

- E-e-stou! Não! B-bem estou b-em! – mentiu com grande esforço.

A morena ágil e nem pensa duas vezes no que vai tramar para deixar aqueles dois sozinhos.

(Hinata, é só você daqui em diante!)

- Ela não está bem- diz calma- É um mal-estar, ela tem que sentar e comer alguma coisa.

Apelou e torceu internamente para isso tocar o coração grande e solidário de Naruto e sua peculiaridade em comer tudo.

- Eu ajudo você Hinata! - e funcionou!!- Vem comigo, eu te levo para um lugar que possa descansar e te levo comida se quiser! – ele se aproxima sorridente. - Teuchi está fazendo um bom preço no lámen hoje!

A moça de olhos perolados sentiu a mão dele em suas costas e concentrou-se ao máximo para não desmaiar ali mesmo, olhou Yuna e com um singelo sorriso a agradeceu por aquilo.

E ele a guia para a saída do local.

(Pronto! Hinata já foi, falta a Sakura!) estava se divertindo com missão secreta que impôs a se mesma.

Depois que tudo se acalmou Gaara e Kankuro saem para algum lugar, ficam as garotas, Ino e Temari fofocavam algo entre elas, enquanto a rosada estava de olho em Sasuke que observa a festa absorto dos olhares que recebia. E a morena vai sorrateiramente ao Uchiha.

- Sasuke. - o chama atrás dele.

Vira-se no mesmo instante.

- Hump! – é surpreendido pelos dois dedos em sua testa, aquilo ainda o intrigava- Porque você sempre faz isso? – diz retirando os dedos dela.

- Porque é engraçado o modo que isso te incomoda! - ela rir- Porque fica assim?

- Não precisa saber. - diz sério.

Apesar dele a tratar de um modo rude, sério e meio durão as vezes, ao contrário do que os outros falavam do jeito Uchiha, Yuna não o declarava um ser cheio de imponência, orgulhoso e arrogante. Sasuke tinha sentimentos, que simplesmente não demostrava – ou não sabia os trazer à tona-  era nisso que a morena acreditava.

Enquanto ainda estava em missão no País das Ondas; ele lhe contou sobre a própria vida, a confidenciou de tudo desde de seu nascimento até mesmo sobre seu Clã, o moreno confiou nela e compartilhou seu sentimento de vingança que tem contra seu irmão Itachi e ela o escutou em tudo, pois o entendia. Enfim, haviam se tornados amigos desde então.

- O que foi? Só veio me ver irritado? - ele lança as perguntas- Não basta o idiota do Naruto?

- Não – ela rir levemente- Sasuke porque não chama a Sakura para dançar ou dar um passeio?

Ele arqueja a sobrancelha esquerda.

- E porque eu tenho que fazer isso?

- Porque sim.

-Hum.

-Não vai me dizer que vai deixar Naruto passar a sua frente?

Bom, mesmo não concordando com que os outros achavam precocemente de Sasuke, Yuna sabia que ele tinha o ego Uchiha muito valioso a zelar.

- O Naruto é um lesado. - diz o moreno- se não for alguém contar, nunca vai saber que Hinata está afim dele.

- Mas eu sei que você sabe que Sakura tem sentimentos por ti, seu também que ela já se declarou pra você também, sei que ela se importa muito com você e com Naruto, e que você vive nos pensamentos dela.

O Uchiha a escutava atento, ele sabia daquele texto pois foi o mesmo que contou a ela.

- Yuna pare.

- Porque? - ela rir- Sasuke sei coisas sobre ti, somos amigos temos um laço!

(Um laço...) A palavra ecoa em sua mente, um laço com Yuna; a moça que lhe tocava na testa como seu irmão fazia, que o fazia lembrar involuntariamente de Itachi, e que sabia sobre seu maior desejo de se vingar pelo massacre do clã.

- Yuna – ele fala baixo atraindo a atenção da moça- Você sabe do meu maior desejo.

- Não é disso que estou falando! - o repreende. - Sasuke depois de tanto tempo com Sakura na mesma equipe que você, certeza que não tem nenhum sentimento por ela?

Apela para as profundezas do coração Uchiha.

(Não acredito que não sinta nada! Sente sim! Eu se que sente! só não quer demostrar!) Pensa o observando.  

-  Eu não sei no que estava pensando quando contei sobre mim a você. - ele fala.

- Você precisava desabafar, sentia-se sufocado- ele a fita mudo, ela estava certa- Precisava de alguém que entendesse sobre seu ódio, e eu o entendi - continua- Mas Sasuke há sentimentos que são bem mais fortes do que isso.

Com isso já havia dito tudo, ele entendeu o toque.

- Você é –

- Irritante? – ela o interrompe- Mais que a Sakura? - pisca divertida para ele, sabia que aquela palavra era única e exclusivamente para a rosada. - Não sou- sorrir- Olha como ela está linda naquele vestido.

O moreno disfarçadamente desvia o olhar ônix de Yuna para Sakura que agora se servia de uma bebida.

- Até mais- diz Yuna se afastando.

Ia andando até Temari e Ino, olhou para trás e viu o Uchiha e a Haruno, ele diz algo e ela concorda com um aceno e saem entre as pessoas e Yuna tem a sensação de missão comprida.

- Yokatta... - diz aliviada, mas quando voltou a olhar para frente se ver perdida- Ué! cadê a Ino e a Temari?

Percorreu com os olhos atentos o local que as viu antes e nenhum sinal das loiras, andou um pouco e nada também, ficou atordoada com sumiço rápido delas e se punia por não ter prestado atenção antes.

(O que eu faço? Estou perdida!!)

-Yuna...- a voz soou atrás de si, fez seu couro cabeludo se arrepiar e girou o corpo devagar.

-Kakashi...

O albino usava kimono e hakama* cerimonial no tom azul escuro, com símbolos do Clã Hatake bordados em cada lado na altura dos ombros, a parte inferior do rosto estava coberta pela máscara e não usava a bandana revelando a cicatriz em seu olho direito.

Em outras palavras, ele estava mais atraente que o normal e Yuna ficou bestificada com tal elegância do Sensei.

(Nossa...) fica sem fala.

- Estava procurando por algo? – ele se pronuncia – Eu a vi chegar.

- Ah, na verdade me perdi das meninas- diz sem tirar os olhos do ninja a sua frente- achei que você não havia chegado ainda.

- Cheguei a um tempo. - andou e estendeu sua mão a ela-  Já que nos encontramos, posso te fazer companhia?

- Mas claro, Kakashi esqueceu que você que me convidou? - dar um sorriso tímido.

Ela aceita e segura na mão do albino, quente e confortável, como recordava que era.

- Não – ele a olha nos olhos, a iluminação laranja e amarelo se misturavam ao castanho dos cabelos dela- Não esqueci.

Nota o ar descontraído vindo dele, e como aquilo a resgatou de ficar sozinha naquela noite.

- E por onde quer começar- ele propôs – Jogos ou comidas? Temos tempo antes do Hogake iniciar suas falas.

- Huuum que tal você me mostrar?

-Tudo bem então, - olhou para os lados, procurando uma rota a seguir- Por aqui.

Puxou a levando entre as pessoas, segurando firme na mão de Yuna, já a morena deixava ser guiada por Kakashi observando seu andar e como desviava das pessoas.

 

Yuna on

A mão de Kakashi é tão firme e calorosa que mesmo em meio de tantas pessoas não sinto que sou capaz de soltar ela, caso alguém esbarre em mim. Confesso que ele nesses trajes conseguiu ser mais charmoso que o normal, vejo os olhares das mulheres nele e parece que mesmo assim ele não os nota.

Andamos para fora do salão e passamos pelas escadas indo em direção as barracas. Tem muita gente aqui fora, todas felizes e falando alto esse clima é perfeito.

- Yuna- ela me chama ainda andando – Vamos ver como está sua pontaria.   

Sorrio em resposta ele estar calmo e descontraído como sempre, isso é aconchegante. Paramos em frente uma barraca com pandas, dragões e ursos de pelúcia.

Se aproximem e tentem a sorte!!

Gritava uma mulher, e assim fomos. Olho curiosa os alvos que tem que ser atingidos para obter sucesso na brincadeira.

- Moça bonitaa!- nem percebi quando um senhor de idade vestido com um quimono branco chegou perto de nós do outro lado da banca- Quer tentar sua sorte?- perguntava animado.

- Nós dois vamos- Kakashi se pronuncia – aqui.

Ele dar o dinheiro e em seguida pega duas kunais inofensivas de uma caixa.

- Agora deixa eu explicar a moça como se joga- o velho senhor se dirige a mim- Olha, se acertar o balão que tem o nome de um dos prêmios dentro, além de levar um bichinho de pelúcia, ainda tem direito a comer de graça em 4 barracas e uma foto tirada por mim- diz convencido e continua- tem duas chances somente. Lembrando que são vários balões coloridos e não existe um padrão para achar o que tem o prêmio, estar contando só com a sorte mesmo!!- termina e me entrega duas kunais.

- Tudo bem! - respondo firme.

Ele dar espaço para o lado, então vejo os balões colados na parede, são tantos que não sei qual escolher.

- Vou deixar você ir primeiro - Kakashi me tira dos pensamentos- Tenha cuidado para não errar o alvo ou se cortar na kunai.

Notei seu ar de riso, estava brincando comigo, então é assim que quer jogar?

- Não se preocupe, não vou mirar em você – ele me olha erguendo as sobrancelhas surpreso- E vou ganhar o prêmio.

- Isso é um desafio?

- Sim! – afirmo convicta.

Ele rir e sei que estar duvidando que eu acerte, mais não vou dar esse gostinho a ele, eu o desafiei e vou ganhar.

- Pode ir quando quiser. - anuncia o velho senhor.

Fixo olhar novamente na parede enfeitada e escolho um balão distante dos outros, e jogo a kunai nele.

-Aah, só tem mais uma chance Yuna- Kakashi diz fingindo desanimo- Acho que não vai ser dessa vez.

- Ora não cante vitória antes do tempo, Hatake.

Ouço seu riso baixou e me concentro de novo, escolho um balão vermelho e

- ERROUU!!!! – o velho grita- Aaah moça bonita, você não levou nenhum dos prêmios.

- Bom, minha vez – Kakashi fala presunçoso e confesso que é divertido vê-lo assim.- Olhe e aprenda.

- Hum, seu convencido.

Saio dando espaço a ele, Kakashi se concentrou e por mais ousado que seja ele lançou as duas kunais juntas.

E um dos balões que acertou tinha o papel com o nome no prêmio escrito nele.

- Mas como pode? - estou indignada- Você usou as duas em uma única tentativa!

- Isso se chama sorte- ele fala- e eu ganhei o desafio.

- Rum! Na próxima não será assim.- falo

Ele vai receber o prêmio e eu começo a procurar o dinheiro para pagar as fichas que usei no jogo, sinto que Kakashi está de novo a minha frente mas continuo a vasculhar minha pequena bolsa.

- O que está fazendo? – ele pergunta interessado.

- Vou pagar as fichas que usei- levanto o olhar para ele, e tem em mãos um panda grande de pelúcia, muito fofo por sinal- Vai dormir com ele? – brinco.

- Não, é para outra pessoa e suas fichas eu já paguei.

- Que? Eu poderia fazer isso.

- Não, é minha companhia, e seria indelicado eu deixar você pagar, sendo que a convidei.

- Você é convencido e cavalheiro- brinco outra vez – E quem vai ganhar esse panda? – rapidamente me vem a imagem de Kyoko em mente, só poderia ser para ela.

- É para ti.

Fico boquiaberta com a revelação.

- Para mim? – repito e aponto para eu mesma.

- Sim, ou achou que eu iria dormir com ele?

Sorri leve e Kakashi estende as mãos com o panda.

- Pegue ele é todo seu.

- Obrigado Kakashi.  - aceito o panda e o abraço não resistindo a tanta fofura em pelúcia – é muito fofo! (>//<)

Yuna off

 

Morena abraçava o panda de pelúcia sendo observava por Kakashi.

- Fico feliz que tenha gostado- ele diz e recebe um largo sorriso dela.

O sorriso que sem notar já gostava de ver nela, se ela sorria sinal que estava bem, que nada a afligia, estava sentindo-se alegre por ver aquele sorriso, pois sabia que tinha causado aquilo a ela.

Conhecia mais do que qualquer um, o que a morena tinha passado desde o início da vida e conhecia a dor que a mesma sentiu, prometeu a Akio que cuidaria dela. E sempre que lembrava disso se convencia que era seu dever faze-lo.

(Eu sei o que sentiu ao perdeu seu pai tão cedo Yuna... sei que sentiu-se sozinha e sufocada, sei também que você chorou mais uma vez em sua vida quando soube da real situação de seu Clã e sobre seu passado; mas diferente de mim você teve desde o início quem a amasse e ampara-se e eu tinha me afastado dos meus amigos... mas no final eu te entendo...)

 - Kakashi o que houve? - pergunta ao notar o olhar sobre si, que parecia perdido em algo-

Após a voz de Yuna, os olhares se conectam, mais uma vez forte.

(Mesmo assim como depois de tudo que passou, adquiriu esse olhar tão puro e encantador Yuna? E difícil te olhar e não reparar nos seus castanhos...) pensa o albino mergulhando nas orbes dela.

Já para a morena... sereno, calmo e profundamente intenso era o que sentia do olhar do albino. Quantas vezes sentiu esse olhar dele? Não lembrava, o que tinha certeza é que aquilo a fazia se sentir segura, acolhida e mexida. O Sensei mais uma vez analisou como ela estava vestida.

- Está linda Yuna- diz ele a fazendo corar surpresa.

Uma mecha castanha está sobre seus olhos e o Sensei prontamente leva sua mão a face morena, colocando o fio atrás da orelha de Yuna, se aproxima a um passo dela e desliza o dedo da orelha acariciando a bochecha da moça que não deixava os olhos dele.

- O-obrigado- gaguejou- V-você também está.

- Só porque estou vestido assim? – a voz saiu baixa só para ela ouvir.

- N-não é isso que eu quis dizer...- travou- Você é r-realmente é – sente dificuldade em falar com a aproximação dele e o toque circular e terno do mesmo em sua bochecha - bonito Kakashi...- desviou o olhar para o chão.

Corou mais ainda e sentiu as bochechas arderem, o ninja sorriu internamente com aquilo. Cessou com o carinho, e ergueu delicadamente pelo queixo o olhar castanho para si.

- Olhe para mim, tá? - ele diz suave, como um apluma- quero ver seus olhos Yuna, e não os desvie de mim, são mais belos ainda quando você está envergonhada.

-K-kakashi...

O carinho estava saindo de um gesto simples, para algo intimo era impossível evitar aquele clima eram como imã e um clip, atraídos pelo magnetismo. Assim eram seus olhares, seus corpos só bastava estar perto o um do outro.

Estavam perto demais outras vez, e aquela atmosfera já familiar sobre ambos. Olhou para os lábios dela e seu polegar os contornou.

(O que estar fazendo comigo Yuna?) perguntava-se para si.. (Você não me afastou como da primeira vez... Então eu que devo me afastar? ... Mas não consigo)

Ela não se move, aceitou e sabia que ele olhava para seus lábios imaginou então o que poderia acontecer, tentaria beija-la? como tentou e foi parado por ela uma vez? Foi o que pensou.

Seus olhos sorriram afirmativos para ele, o albino então teve a mensagem recebida – ela também não queria se afastar- foi quando impulsionou seu corpo para frente e vendo que ela continuou  parada...

 Deixou-se levar-se pelo que sentia e pelo clima que os cercava...

*****

 

 

 

 


Notas Finais


Será que dessa vez rola beijo??
o que revelará o próximo capítulo?

-> Hakama*: vestimenta masculina, calça de sete pregas.
-> Gomenasaiiii se teve erros de digitação ou falta de pontuação (eu estava quase dormindo enquanto postava)
-> Imagem retirada da Internet ^^

Obs: Galera esse Festival pelo que estou editando irá conter 3 capítulos, pois também quero ver o que aconteceu com os casais NaruHina e SasuSaku e claro o que Temari e Ino estavam tanto conversando :3 . E não quero por tudo em um só capitulo podendo a leitura ficar cansativa e cheia de informações, então vamos por partes meus amores <3 <3

Arigatouu e até domingo a noite ;))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...