História Amor Perigoso - Capítulo 7


Escrita por: ~

Exibições 140
Palavras 944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi, gente! Tudo bom? Comigo tudo ótimo. Esse é o primeiro cap que eu escrevo pelo celular, como não dá para ver a quantidade de palavras, se ficar pequeno eu escrevo no computador mesmo. Beijos, espero que gostem!

Capítulo 7 - Ela Escapou?


Fanfic / Fanfiction Amor Perigoso - Capítulo 7 - Ela Escapou?

- Isso é uma aliança?? - Perguntou Lila, olhando para o anel no dedo de Adrian.

- Não, isso é um anel de namoro. Não viaja. - Disse Adrian, rindo.

- Parecia uma aliança, tá? - Perguntou Lila, cruzando os braços.

- Enfim, o que quer aqui? - Perguntou Adrian, se sentando no sofá.

- Só vim te ver. - Disse ela, colocando as mãos na cintura. 

- Veio me ver? Por quê? - Perguntou Adrian, ele não gostava muito de Lila. Já que tem tantos boatos que os dois já tiveram uma relação sexual. 

- Sei lá, Adrian. Senti sua falta. - Disse ela, falando qualquer coisa.

- Ok...

- Então, Adrian. Por acaso você já se cansou de ficar com a Brynn por tanto tempo? - Disse Lila, se sentando no sofá, ao lado de Adrian.

- Não, eu amo a Brynn. - Disse Adrian, olhando para Lila.

- Não acredito nisso, sabe? Qual é, vamos ter um pouco de diversão! - Disse Lila, se sentando no colo de Adrian. Que se espantou com o ato da garota.

- Lila, eu não vou fazer isso. - Disse ele, tirando Lila de seu colo.

- Mas por que não?! - disse ela, caindo no sofá.

- Por que eu não gosto de você! - Adrian se levantou do sofá com raiva. Lila se levantou também.

- Você não pode falar assim comigo! - Disse Lila.

- Tchau, Lila. - Adrian começou a empurrar Lila para fora da casa.

- Ei! - Adrian colocou-a para fora da casa e fechou a porta, e por fim, apagou as luzes da varanda.

- Ufa. - Disse Adrian, suspirando aliviado. 

No dia seguinte...

Marinette

Marinette acordou, e foi para o banheiro, para se arrumar. Assim que ela terminou de escovar os dentes, e voltou para o quarto, ela viu o celular de Brynn vibrando. Marinette foi até ele e olhou, era Adrian. Marinette suspirou e abriu a mensagem. 

Adrian - Oi, amor, tudo bem? Dormiu bem? Quando podemos nos ver hoje?

Marinette pensou um pouco, e depois digitou a resposta.

Brynn - Oi, eu durmi muito bem. E você? Eu acho que hoje nós não poderemos nos ver. 

Marinette sabia que Brynn não poderia sair dali tão cedo. Marinette ouviu um alarme tocando, ela largou o celular na cama e foi até a sala principal. Alguns espiões estavam ali, e Jack também.

- COMO VOCÊS DEIXAM UMA GAROTA NORMAL ESCAPAR?! - Perguntou Jack, gritando. Os espiões encolheram um pouco com a altura do grito.

- Ela escapou? A Brynn escapou? - Perguntou Marinette, se aproximando do local. 

- Sim! Marinette, Mackenzie, Alya, atrás dela. AGORA! - Gritou Jack, as garotas se retiraram, indo atrás de Brynn. Antes de sair, Marinette pegou o celular de Brynn, e começou a rastrear o celular de Adrian, com o objetivo de levá-la até a casa de Adrian. Marinette pegou o endereço, e foi. Ela colocou uma máscara, seu rosto estava sempre muito exposto para os outros espiões. Sua máscara era preta, e deixava de alguma forma, um brilho em seus olhos azuis. Marinette pegou a moto e saiu em direção à casa de Adrian. No caminho não viu nada de demais, ela chegou na mansão. Arrepiou até os cabelos da nuca, era enorme e super protegida. Ela pegou seu celular e ligou para Mackenzie e Alya. As duas chegaram alguns minutos depois, e então deram a volta para entrar na casa.

Adrian

Ele acordou, ficou um tempo sentado na cama. Sentindo falta de Brynn ali. Ele estava achando muito estranho Brynn ter decidido dormir na casa de seus pais, ao invés de ter dormido com ele. Adrian se levantou, e tomou um banho, logo depois mandou uma mensagem para Brynn, e foi tomar o café da manhã. Desceu as escadas, e foi até a cozinha. Adrian decidiu preparar alguns cookies com leite, já que o natal está chegando, ele quis para entrar no clima. Mas mal sabia ele, que enquanto ele comia seus cookies e assistia TV, haviam três garotas tentando entrar em sua casa.

Marinette 

Mackenzie foi a escolhida para entrar na casa, ela jogou uma corda, que prendeu no teto da casa, ela subiu na corda, junto a Marinette e Alya. Então, as três estavam no telhado da casa. Mackenzie pegou o laser e cuidadosamente torrou a fechadura da janela, e entrou. Marinette e Alya ficaram por fora, somente esperando. Logo depois, Mackenzie voltou. Ela passou pela janela, e saiu com as duas.

- Brynn, não estava lá. O loiro estava assistindo TV. - Disse Kenzie, suspirando e batendo as mãos para limpá-las. 

- Aff, onde ela pode estar? - Perguntou Alya. Marinette estava pensando em uma forma de encontrar Brynn. 

- Por que essa garota é tão importante para nós? Ela não é ninguém em especial. - Disse Marinette, cruzando os braços.

- Helloooo? Ela sabe onde é a nossa sede, e ela tem um namorado que é espião rival do governo francês. Se ela contar para ele, é o fim! - Disse Mackenzie, sem paciência da pergunta boba de Marinette.

- Mas... - As três escutaram um barulho de moto, elas olharam para baixo, e viram a moto de Brynn, com a mesma em cima. Marinette olhou para as outras, que também se entreolharam, e então desceram na direção da garota.

Adrian

Adrian terminou seu lanche, colocou tudo na pia, e lavou toda a louça que usou. Logo depois Adrian sentiu um cheiro de queimado, vindo do andar de cima. Ele foi até o quarto, e viu a fechadura da janela meio... derretida. Ele pôs a cabeça para fora da janela, mas não viu ninguém. Logo depois, ouviu um barulho de moto, ele foi até outra janela, e viu Brynn em sua moto. Porém, ele viu três mulheres com roupas e máscaras pretas, indo até ela.



Notas Finais


Oi, gente! Espero que tenham gostado! Olha, esse foi o primeiro capítulo que eu escrevo pelo celular, e então não dá pra ver quantas palavras deu o cap, então se ficou pequeno me desculpem, pq aí eu vou e escrevo no computador mesmo. Muitos beijos, e agradecimentos.

A gente se vê no próximo capítulo! Byeee!

Beijos e Queijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...