História Amor Perturbante - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Exibições 10
Palavras 973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Demorou mas retornei, nem to creno! Agr q o cap saiu leias e mostrem prozamiguinhos sem reclamar e prozinimiguinho tb,, to precisando de mais leitores, amo vcs, bezos! <3

Capítulo 21 - (não sei que título dar pra essa poha)


(eu o abracei com força e...nos beijamos...)

 

Len: É bom estar com você!

 

Miku: Digo o mesmo!

 

Len: Eu te amo!

 

Miku: eu também! (Minha mãe apareceu e me viu abraçada com o Len)

 

Mamain: Ora ora, que lindo os pombinhos, mas...já esqueceu que o Mikuo te esqueceu, Miku?

 

Miku: É que o Len me confortou com algumas palavras...vai ficar tudo bem mãe! Sei que vai! E o Len também sabe!

 

Mamain: Certo...parece que vocês dois vão se dar muito bem!

 

Len: Já nos damos bem...já nos damos bem...

 

Mamain: Que bom! Er, Miku, o Mikuo quer falar com você!

 

Miku: Ele quer é? Ok, vou lá!

 

     Eu fui até o quarto em que o Mikuo estava e fui ver o que ele queria falar comigo. Ele pediu para eu chegar perto dele e eu fui. Ele colocou a mão dele no meu rosto e me pediu desculpas. Ele também disse que será uma honra ele me conhecer de novo. Agradeci e o abracei, mas quando fiz isso ele gemeu um pouco. Ele estava bem machucado então me afastei. Perguntei ao médico, que estava sentado no sofá lendo a ficha do Mikuo para ter certeza que estava tudo certo, quando que ele receberia alta. Ele disse que em até 5 dias o Mikuo voltaria para casa, porém precisará de alguns cuidados básicos e também precisará tomar certos remédios. Minha mãe entrou na sala e me chamou para comer alguma coisa e beber uma água porque eu me desidratei muito de tanto que chorei. Minha mãe parecia estar bem mais calma do que antes, porém ainda um pouco inquieta. Eu sei, isso é logico já que ela é mãe e mães ficam preocupadas com seus filhos. Bem, a maioria delas.... Fomos até a cantina do hospital comer. Comprei uma coxinha e uma água. Eu sei que coxinha e água não combinam, mas o que eu precisava naquela hora era de água. O Len me acompanhou, mas ele só bebeu uma água com gás. Ele se sentou ao meu lado e me abraçou. Ele estava muito feliz com nossa união, e eu também! Peguei meu celular e entrei no meu Facebook para checar as notificações porque eu não entrava faz 2 meses. Bem, eu só postava as fotos e fechava. Eu tinha muita notificação. Percebi que o Len tinha “amado” todas as minhas fotos. Eu sorri para ele e ele olhou pro meu celular e entendeu tudo. Ele disse que era o jeito indireto dele de demonstrar o carinho dele pra mim. Eu falei “você é muito fofo!” com ele com uma voz tipo a da Kefera quando chacoalha a Vilma e do dei um beijo. Ele deu um sorriso de lado pra mim e pegou na minha mão. Ele sorriu e disse que estávamos perdendo aula e eu sorri também. Minha mãe disse que deveríamos sair pra passear enquanto ela ficava com o Mikuo. Inicialmente eu neguei em deixa-la sozinha e ela falou que eu deveria esfriar a cabeça tomando um banho e lavando a cabeça porque não sei se se lembram, mas eu estava nadando na cachoeira antes do acidente. Eu fui pra casa com o Len tomar banho e ele tomou o dele também, mas acontece que ele me gritou pedindo uma toalha porque eu usei a única que tinha lá. Peguei uma toalha e levei pra ele. Ele estava de costas pra porta e quando eu a abri ele virou então vocês já sabem o que vi. Mas nem eu nem ele ligamos pra isso. Todo menino tem isso. Ele colocou a roupa de antes e eu coloquei uma outra. Ficamos por algumas horas na minha casa dando uma namoradinha porque sim né, e depois saímos pra almoçar no restaurante de sempre. Colocamos nossos pratos na mesa e começamos a comer até que Rin surgiu do além com o prato dela e se sentou em nossa mesa desesperada e logo falou:

 

Rin: ONDE VOCÊS ESTAVAM?!

 

Miku: Rin, o Mikuo sofreu um acidente.

 

Rin: Meu Deus, ele está bem?

 

Miku: Ele perdeu partes aleatórias da memória. Pra ele eu tenho 11 anos mas ele se lembra do Len que ele conheceu esse ano.

Rin: Ai que horrível! Ele se lembra de mim?

 

Miku: Não sei... mas ele está muito bem pra um acidente daqueles...

 

Rin: O que aconteceu no acidente?

 

Len: Você acredita que a Meiko sequestrou o Kaito na cadeia e estuprou ele? Depois ela ia levar ele pra algum lugar longe em alta velocidade e bateu na moto em que o Mikuo estava.

 

Rin: Wow... Que coincidência! Mas... a Meiko dirige?

 

Len: Creio que ela tirou carteira em outro país!

 

Rin: Ai também quero tirar carteira!

 

Len: Quer nada!

 

Rin: Ain... Mas, como assim a Meiko estuprou o Kaito se eles transavam tanto?

 

Miku: Ah, ela fez muita coisa...ela contratou 2 homens para bater nele...

 

Rin: Nossa, que isso, pra mim ela amava ele!

 

Miku: Ele disse que ela disse que essa era a forma dela de demonstrar amor...

 

Rin: Quem ama cuida!

 

Miku: Pois é, mas ela é doida!

 

Rin: É... Mas e você? Como se sente a respeito?

 

Miku: Admito que fiquei com dó do Kaito mas a respeito do Mikuo... Eu estava mal mas o Len me ajudou e eu percebi que ele está sempre aqui comigo quando eu preciso então...

 

Rin: Então...?

 

Miku: Ele me pediu em namoro, Rin!

 

Rin: AAAAAAAI QUE TUDÔ! Você aceitou né? Não, lógico, se não tivesse aceitado vocês não estariam juntos agora...estriam?

 

Len: Rin...

 

Rin: O quê?

 

Len: Ela aceitou!

 

Rin: AAAAAAAAH SABIAAAA! Eu queria muito que a Miku fosse minha cunhada! Vocês lembram né? Aquele dia na praia em que vocês ficaram, acho que pela primeira vez. Lembram né?

 

Miku: Lembro...Me lembro muito bem...

 

Len: Grande dia aquele...

 

Miku: Hehe...

 

Rin: E eu aqui, sozinha...

 

Len: Ah vai comer vai!


Notas Finais


Pronto, cabô, foi isso, eeeeh, fiz minha especialidade: lixo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...