História Amor por Acidente - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Rogue Cheney, Skiadrum, Sting Eucliffe, Yukino Aguria
Tags Stincy
Exibições 47
Palavras 911
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Capítulo I


Durante a conversa, ouviram sua mãe chamando - os. Correram até o quarto onde ela estava com a moça. 

Weisslogia: Fiz alguns curativos, agora é esperar. Aparentemente, ela não tem nada de grave. Se por um acaso ela piorar, nos a levaremos a um hospital, já que este só na cidade grande. 

Era tarde, seu Skiadrum avisara que iria dormir, já que pela manhã teria de acordar cedo para trabalhar. Ele trabalha na cidade grande, tem um comércio onde vende os produtos agrícolas produzidos nas suas terras. Antes desse empreendimento, seu Skiadrum viajava muito, trabalhando aqui e ali. Fazendo estradas, na construção civil, mas, poupou dinheiro para investir em terras e depois no comércio. Hoje, possui uma situação financeira estável. 

Do período que seu pai viajava, Sting guardava as lembranças da dificuldade que passou ao lado da sua mãe e irmãos. Sua irmã ainda não era nascida. Sting sempre se lembra das histórias que seu pai conta, de como era difícil sua jornada de trabalho. Hoje motivo de risos e lições. 

As primeiras dificuldades enfrentadas por seu Skiadrum quando saiu mundo afora para trabalhar foi com certeza a saudade que sentia da sua família. Só podia visitar sua família uma vez no mês, era um período difícil para todos. Sting se lembra de quando ficava na frente da sua casa esperando o carro que traria seu pai. Quando este aparecia, a felicidade tomava conta do ambiente, pelo menos por esse dia. Essa vida corrida se deu até Sting completar sete anos, Rogue tinha quatro anos e Yukino encontrava - se com poucos dias de vida. 

Todos foram dormir, menos o angustiado Sting, que passou a noite em claro olhando a jovem misteriosa. Ficou ali, parado, encantado com sua beleza. Observando cada detalhe, guardando - os na memória, prestando atenção em cada curva do seu corpo, nos seios fartos, na pele branca e macia, ficou completamente encantado com tamanha beleza da loira adormecida na sua frente. " É uma jovem muito bonita, a mulher mais linda que eu já vi ". - Pensava Sting. Colocou a mão de leve sobre o rosto da jovem e acaricio devagar o rosto da loira, sem conseguir tirar os olhos do rosto sereno da moça.  Ele murmurou baixinho:

Sting: Como será o seu nome? E a cor dos seus olhos? Será que a sua voz é bela que nem a sua aparência? 

A noite estava no seu fim. Os pássaros cantando anunciavam o início do dia. Sting acabou dormindo numa cadeira, sem imaginar o que aconteceria. Seu Skiadrum se levantou, começava a cuidar dos detalhes preparando - se para sair. Não notou seu filho dormindo na cadeira. 

Dona Weisslogia que também despertara foi cuidar nos afazeres da casa, entrou no quarto para ver a jovem. Ela parecia estar melhor, e logo depois notou seu filho dormindo na cadeira:

Weisslogia: Sting! Sting!

Ele despertou muito cansado, com olhos pesados de sono:

Weisslogia: Va dormir um pouco mais. Descanse no seu quarto, você está de férias mesmo...

Mais tarde, todos estavam sentados à mesa da cozinha tomando café. 

Enquanto falavam sobre o acontecimento, a jovem acordava desorientada, sem saber onde estava ou o que havia acontecido. A pancada em sua cabeça foi forte, sua memória não estava muito boa, cada vez que tentava lembrar - se do que ocorreu, sua cabeça doía. Lembrava - se do seu nome, sabia que sofrera um acidente, mas apareciam muitos vultos sobre seu passado que ela não conseguia organizar. A última coisa que lembrou, foi de estar caindo debaixo de muita chuva e ver uma pessoa correndo em sua direção, parecia estar a sua espera. 

Com muitas dores em seu corpo, levantou e se dirigiu a porta do quarto, escutando as vozes na cozinha, caminha em sua direção. Seu Skiadruma vê toma aquele susto e avisa a todos. 

Skiadrum: Olhem a jovem acordou!

Rápidamente Rogue corre na direção do quarto de Sting, passa pela jovem com tanta pressa que só deu para dizer um * Oi * e um * Bom Dia *. A jovem não imaginava o motivo de tanta pressa, continuo a andar na direção da cozinha. 

Dona Weisslogia, com seu grande carisma, quando a avistou foi logo chamando:

Weisslogia: Venha, minha filha, venha tomar café, você deve estar cansada. Diga - me, como se sente? E como se chama?

A jovem sentiu uma sensação gostosa de acolhimento, foi se aproximando da mesa e respondeu:

Lucy: Estou me sentindo bem! Com algumas dores pelo corpo e na cabeça e me chamo Lucy. 

Então se sentou a mesa para tomar café com a família de Sting, esperando saber como chegou ali. Enquanto a jovem conversava na mesa do café, Rogue se encontrava no quarto chamando o seu irmão. 

Rogue: Sting, acorda! A moça esta bem! Você precisa ver seus lindos olhos e admirar seu belo corpo. 

Coitado de Rogue, tentava de todas as formas acordar o seu irmão, mas o sono de Sting era grande. Depois de tentar varias vezes, ele resolve voltar a mesa. Chegando lá, depara - se com um clima alegre. A jovem havia se enturmado com seus pais e irmã. 

A moça segue em direção a Rogue e agradece:

Lucy: Obrigado por ter me ajudado...

Ele meio sem jeito responde:

Rogue: Não fiz nada, quem te... - Nesse instante ela o interrompe:

Lucy: Eu ja sei de tudo. Seu pais me contaram toda a história. Eu sei que foi seu irmão quem me salvou no momento em que cai do avião, mas te agradeço por ter me ajudado também. 

Continua....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...