História Amor pra toda vida! - Capítulo 122


Escrita por: ~

Postado
Categorias Totalmente Demais
Personagens Arthur Valmont Carneiro de Alcântara, Carolina "Carol" Castilho, Cassandra Matoso "Sandra", Charles, Débora Matoso, Eliza de Assis, Fabio "Fabinho" de Bocaiuva Monteiro, Germano Monteiro, Gilda de Assis Machado, Hugo Matoso, Isadora "Dorinha" Castilho, Jamaica, Jonatas, Jorge "Jacaré" da Silva, Liliane "Lili" de Bocaiuva Monteiro, Maria Luísa "Lu", Personagens Originais, Rafael Guerra, Rosângela Castro, Silas, Sofia de Bocaiuva Monteiro, Zé Pedro
Tags Amor Pra Vida Toda, Cassinho, Gerlili, Totalmente Demais
Visualizações 72
Palavras 961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 122 - Loucura!


Fanfic / Fanfiction Amor pra toda vida! - Capítulo 122 - Loucura!

Já em Angra, os quatro foram direto para a praia ali na frente...

Vini -Finalmente!

Rafa- Tu estava ansioso pra se livrar das filhas, né?- Brincou

Sofia- Amor! -Disse irônica

Rafa- Era uma brincadeira, só!

Vini- Calma cunhada...

Silvia- Bom, mas ele tem razão, vai ver que era por isso.

Sofia- Ninguém mandou arrumar filhas cedo.

Silvia- Não quero discutir, ok? Vamos entrar no mar?

Vini- Bora!

Sofia- Vou ficar.

Silvia- Quer parar de ser chata, e lentar logo? Anda.

Sofia- A sua afilhada pesa, sabia?

Silvia- Você não sabe daqui pra frente...

Sofia- Já imagino, já!

Rafa- Vamos amor, aproveitar o tempo. Bora- Disse ajudando a

Vini- Fomos! -Disse carregando a esposa no colo que gritava- Me solta!!

Sofia- Nem pense em fazer isso. -Disse olhando para o Rafa

Rafa- Agora é tarde. -Disse pegando a no colo

 

Logo os quatro estava no mar, namorando, brincando até se cansarem.

Rafa- Bom, nós já vamos subir...Aproveitem!

Sofia- Juízo!

Silvia- Boba!- Disse se aproximando do Vini- A sós!

Vini- Eles vão ficar vigiando a gente, não se esquece.

Silvia- Vão não, só se a gente ficar aqui.

Vini- O que pretende fazer?

Silvia- Vem! -Disse puxando pra fora da água- Filho, acho que sou mas esperta que você.

Ambos foram pra mansão...

-Amor, tá doida é?-Questionou ele

-Não! Aqui não tem funcionários e a Sofia nem vai saber- Disse entrando na piscina- Vem!

-Calma! -Disse puxando a para cima e pegando a no colo- Agora sim!

-Doido! -Gritou caindo na piscina junto com o amado

-E agora o que faremos? Não sei se você percebeu, mas o amigo aqui já...

-Vamos se amar, "uai" -Disse puxando o

-Aqui?

-Para de ser medroso, eu hein!

-Não é medo, e se alguém aparecer?

-Ok, vamos pro quarto!

-Não, agora fica!

-AH! -Disse pulando pra cima de si -Te amo!

 

Ambos se amam ali mesmo, por sorte os funcionários haviam saídos...Imaginem se eles estivesse? Que merda ia dar hein...Eles são loucos (claro, a pessoa aqui não é de Deus HAHAHAHA)

 

No Rio...

Lili-Vou criar um grupo no whats para falar com as meninas. Já estou com saudades.

Germano- Tu tá pior que eu hein, meu Deus... Deixa elas.

Lili- Sou mesmo.

Germano- Elas nem vão te responder tão cedo, só aviso isso.

Lili- Mas vão responder em alguma hora. -Disse pegando o celular- Sou doida mesmo.

Germano- Eu sei, muito bem. -Disse se levantando- Eu vou tomar banho de piscina, ok?

Lili- Vai lá!

Assim ela criou o grupo: "MINHAS MENINAS"  e em seguida adicionou as filhas...

[16:07]: OI filhotas amadas!

[16:07]: Como estão?

[16:08]: Quero notícias, hein?!

[16:08]: Aproveitem! AAH Juízo, também!

 

Depois de perceber que nenhuma das duas havia recebido as mensagem, logo pegou o carrinho das meninas, e foi ao marido, que estava deitado na cadeira...

-Elas devem está aproveitando mesmo. Não receberam as mensagens.

-Liliane e suas doidices, eu faria o mesmo se fosse elas. Na viagem, quem vai se preocupar com a família? Só se for doido mesmo.

-Eu mesma. Você sabe muito bem que eu faço isso, mas deixa eu te contar uma coisa, a Silvia é mãe de bebês, ela pelo menos tem que ligar pra saber como estão.

-É verdade... Daqui a pouco elas ligam, relaxa! -Disse se sentando- Agora vem cá.

-Germano as meninas...

-Estão dormindo, ué! Nós não vamos fazer barulho.

-Hm...-Disse dando selinho nele

-Por que ontem você foi grossa comigo na cama?

-Sabe o que é? Na hora lá me enjoei.

-Han? Como assim?

-Não sei explicar.

-Que estranho, não?

-É normal.

-Que normal, mulher? Isso nunca aconteceu.

-Não vai querer saber o que aconteceu agora, né?

-Não, mas depois sim

-Depois e não agora.

-Hoje você tá que tá.

-Palhaço, te amo!

-Também, doida!

Ambos ficaram namorando entre carícias, e juras de amor...

 

De volta a Angra...

O dia já havia escurecido, e os quatro estavam na piscina...Até que um dos dois funcionários apareceu:

Sofia-Boa noite, Pâmela.

Pâmela-Boa noite á todos!- Respondeu ela- Como estão os recém- casados?

Silvia- Ué? -Disse meio espantada- Boa noite!

Sofia- Que foi doida?

Silvia- Não sabia que tínhamos funcionários por aqui.

Vini- Boa noite!

Rafa- Boa noite, Pâmela, você não mudou nada, hein?

Silvia- Meu Deus.

Pâmela- Eu cheguei quase agora aqui, eu havia saído pra fazer compras cedo. Rafa, que bom tê-lo de volta.

Silvia- Ah sim! Não há problemas.

Sofia- Mas o que aconteceu, havia algum problema?

Silvia- Não! Depois eu falo.

Vini- Vou abrir uma cerveja, pode né?

Rafa- Pode rapaz! Eu vou lá com você.

Então os dois foram pegar as bebidas e a Silvia logo contou a Sofia o que havia feito ali. Depois saíram da piscina, pegando os seus celulares...

Silvia- Mamãe criou um grupo, socorro! -Brincou

Sofia- Tava demorando pra acontecer isso.

Silvia- Sim!

Ambas responderam no grupo...Enviando fotos, áudios, mensagens contando os babados...e as loucuras, que não poderiam ficar de fora....

 

 

 

Meia hora depois...

Vini- O que vamos jantar?

Sofia- Pedi pra prepararem uma pizza.

Silvia- Sua doida tu não pode comer essas coisas. ]

Sofia- Posso!

Silvia- Não!

Rafa- Amor, sua irmã tem razão.

Sofia- Um dia não vai matar não.

Silvia- Minha mãe vai te matar, já sabe né?

Sofia- Não, só se você contar. Mas você comeu na gravidez também.

Silvia- Quase que ela me matou, não se lembra?

Vini- Vocês duas hein, meu Deus. -Disse se levantando- Rafa, vamos lá dentro.

Rafa- Demorou.

Silvia- Esses homens, hein!

Sofia- HAHAHA.

 

Na Barra, RJ....

Lili- Responderam, amém!

Germano- E ai?

Lili- Olha as fotos...-Disse mostrando a foto da piscina

Germano- Uau.

Lili- A Silvia é doida- Leu a mensagem da Sofia em voz alta

Germano- Por que?

Lili- Que?

Germano- O que ela aprontou?

Lili- Nada...

Germano- Hm..

Assim eles botavam as meninas em seu quarto...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...