História Amor proibido - J-Hope - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga
Exibições 30
Palavras 801
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiie armyguinhas está é a minha primeira fanfic espero que gostem beijinhos :3

BOA LEITURA

Capítulo 1 - O acidente


Fanfic / Fanfiction Amor proibido - J-Hope - Capítulo 1 - O acidente

Acordo com uns raios solares bantendo em meu rosto, pulo da cama me espreguiçando e vou até a janela e abro a mesma. Arrumo a cama e preparo o uniforme do colégio deixando ele em cima da cama e vou para o banheiro tomar um duche e fazer a minha higiene matinal, volto para o quarto enrolada numa toalha, seco-me, visto-me e penteio o cabelo deixando ele solto.

Desço as escadas e vou em direção a cozinha para tomar o café da manhã e encontro em cima da mesa um bilhete e nele estava escrito: ( Bom dia filha eu e o papa tivemos que sair de casa muito cedo para irmos a empresa do papa voltámos a hora do jantar beijinhos. )

Pensei pra mim mesma, vou aproveitar que a mamã não está e tomo o café da manhã no sofá assim vejo um pouco de TV antes de ir para o colégio. Preparo o café e uma torrada num tabuleiro e vou para a sala me sentando logo no sofá e ligando a TV, e nas notícias estavam a falar de um carro que se despistou na auto estrada, mas nem liguei para as notícias pois quando notei a hora já estava muito tarde e atrasada para o colégio. 

Vou a correr para o colégio que não ficava muito longe de minha casa e ao chegar no portão do colégio ouço a campainha tocar e tento me apresar para chegar na sala antes da professora pois não queria levar um sermão logo pela manhã. Chegando a porta da sala reparo que a professora ainda não tinha chegado e que o resto dos alunos ainda estavam de pé e a conversar uns com os outros (suspiro de alívio) e vou me sentando na cadeira que fica no fundo da sala mesmo ao lado da janela. Entretanto a professora chega e a aula começa e eu não vejo a hora de sair dali. Eu não era muito fã da escola e de estudar mas tinha que ser então aguentava me né que outra solução tinha?! E também hoje só tinha duas aulas e a escola acabava a hora do almoço ate iria passar rápido, entretanto toca para o entrevalo e arrumo o material e ao sair da sala vejo o meu melhor amigo Hoseok e vou em direção a ele, toco-lhe no ombro e logo ele olha para trás com aquele sorriso lindo, maravilhoso, radiante e contagioso e logo me da dois beijinhos na bochecha. 

Sorrio e pergunto: Então está tudo bem com os teus pais? Já não os vejo algum tempo e eles também não têm ido lá a casa. 

Hoseok: Sim, esta tudo bem. Eles só andam um pouco ocupados com o trabalho e não têm muito tempo.

Pois já parecem os meus pais mas enfim. Hoje sais a que horas? 

Hoseok: Ainda com aquele belo sorriso no lábios responde saiu a hora do almoço e você?

(Toca a campainha para a próxima aula)... Respondo já virando costas também, me espera no portão do colégio e vamos juntos para minha casa os meus pais só chegam a hora do jantar e não quero ficar sozinha ate eles voltarem, e vou embora sem mesmo deixar ele responder.

Bem, volto a entrar na sala e sento me a espera do toque pois estava ansiosa para ir para casa com o Hoseok, já fazia algum tempo que não íamos para casa juntos derivado aos horários serem diferentes e a ele estar um ano a minha frente. Enquanto isso lá estava o professor a falar da segunda guerra mundial e blá blá blá terminando a aula com vários trabalhos de casa. Toca a campainha, arrumo tudo um pouco apressada e saiu da sala correndo para ir ao encontro de Hoseok que estava no portão do colégio a minha espera ao chegar reparo que ele estava com os pais e ambos tinham um ar de tristeza e preocupação estampada no rosto, me aproximo e a mãe de Hoseok mal olha para mim começa a chorar e entra no carro, Hoseok abaixa a cabeça e o pai dele logo começa a falar com uma voz roca e triste.

Pai do Hoseok: Lamento imenso, nem sei como te falar isto porque diga como disser vai sempre acabar mal, mas quero que mantenhas a calma e tudo vai ficar bem prometo. Hoje de manhã vi nas notícias que um carro se tinha despistado e logo o enterrompi, sim eu também vi mas o que tem isso? O que se está passando? Ele abaixa a cabeça e responde é que esse carro era o carro dos teus pais a matricula era a mesma e eu fui até ao local do acidente para ter a certeza e a polícia e os bombeiros que lá estavam disseram que o casa que dirigia aquela viatura não sobreviveu.


Continuaaaa...


Notas Finais


Espero que tenham gostado beijinhos e até ao próximo capitulo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...