História Amor Proibido - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Namjin, Sugamon, Yaoi
Exibições 118
Palavras 1.080
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello guys!! Tudo bem com vocês?
Cheguei aqui com um cap fresquinho e fiquem ligados pois iniciarei uma fic texting. :)

Boa leitura!

Capítulo 3 - Jantar


Já estava de tarde e Namjoon havia acabado de preencher as papeladas que precisava. Muitos questionavam o motivo dele estar sempre na empresa e trabalhando sendo que é o dono. A verdade era que ele gostava de acompanhar tudo de perto, tomar decisões conjuntas, não permitir que algo saia errado e manter tudo na linha. Quando se trata de sua empresa, Namjoon leva tudo muito a sério, afinal, ele deu seu sangue por aquela empresa e jurou a si mesmo não decepcionar seus pais seja lá onde estiverem agora.

Por um momento permitiu-se fitar Min Yoongi, que além de seu melhor amigo é advogado da empresa, e viu o quão concentrado é sério o homem de pele alva ficava enquanto trabalhava. Namjoon admirava a inteligência e também o quão bonito e sedutor seu amigo é. Os cabelos negros que deixavam-o ainda mais branco, estava levemente bagunçado de um jeito charmoso e seus lábios... Os lábios estavam entreabertos, o que fez Namjoon lembrar de quando beijou outro homem pela primeira vez, que consequentemente foi Yoongi. Mesmo os dois estando extremamente bêbados, Namjoon não podia negar que foi maravilhoso mas seu lado hétero recusava-se a aceitar que realmente havia gostado da sensação.

— Se continuar me olhando assim, não me responsabilizarei pelos meus atos. -Yoongi diz ao perceber que Namjoon encarava-o de forma analítica e seria, o que deixava o moreno extremamente sexy. Min Yoongi, assim como Namjoon, também gostou muito do beijo que deram. Ao contrário do Kim, não tinha receio em assumir isso. Ele sabia que Namjoon lutava contra a verdade. Ele sabia que Namjoon não aceitava que é gay.

— E eu lá gosto da sua fruta. -murmurou levantando-se e se apoiando na mesa.

— Esqueci que você é o comedor de 'pepekas' -Min riu e Namjoon revirou os olhos. Yoongi levantou-se, caminhou até ficar frente à frente com o Kim e passar seu nariz levemente pelo pescoço do mesmo fazendo-o se arrepiar. — Por que você reage aos meus toques Sr Hetero? -se afasta rindo mas logo é prensado na parede e sendo analisado minuciosamente pelas orbes de Namjoon.

— Você quer brincar? Então vamos brincar. -Namjoon adorava provocar as pessoas, sejam elas homens ou mulheres. Ele amava ser desejado.

— Namjoon... -sussurra ao sentir as mãos do loiro segurar firme em sua cintura. Min sentia atração por Namjoon, uma atração carnal. Nunca sentia nada além de prazer quando Namjoon resolvia provocá-lo.

— Yoongi... -sussurra arrastado em seu ouvido deixando uma leve mordida. Ao ouvir o mais baixo arfar, separou-se dele e sorriu como se tivesse ganho um prêmio. — Que feio Min Yoongi. Desejando seu melhor amigo? Tsc tsc. -diz enquanto balança a cabeça negativamente, o que faz Yoongi revirar os olhos. — Vamos jantar hoje com o Sr e a Srª Kim. -avisou recolhendo seus pertences.

— Nós? -questionou confuso.

— Você vai comigo. -disse simplista.

— Não vou não. -Yoongi diz enquanto repete o ato de Namjoon e começa a recolher suas coisas.

— Não foi um convite. Foi uma ordem. -Namjoon disse e Yoongi bufou. Odiava esse lado autoritário do Kim.

 

 

 

                            ***

 

 

 

— Ele não vai meu amor. Por que insiste em convida-lo? -questionou Sr Kim assim que sua esposa pediu para que chamassem o filho do casal em seu quarto.

— Uma hora ele terá que se responsabilizar pelos negócios e querendo ou não frequentará reuniões com Kim Namjoon. -respondeu. Sr Kim sabia que sua mulher tinha razão mas também sabia que seu filho não gostava do CEO.

— Omma... Appa... -cumprimentou Seokjin ao entrar na sala. — Queriam falar comigo? -sentou-se próximo a seus pais e encarou-os esperando uma resposta.

— Sim. -seu pai respondeu. — Filho, hoje iremos a um jantar e gostaríamos que você fosse conosco. -disse.

— Ah... Tudo bem! -sorriu. — Mas, jantar de que? -perguntou e sua mãe suspirou.

— Então filho... -a Srª Kim encarou seu marido e o mesmo acenou para que continuasse. — Jantar sem negócios. -disse com cautela e o sorriso de Seokjin morreu.

— Com Kim Namjoon? -seus pais assentiram e ele sorriu sem vontade. — Me desculpem mas não irei. -disse Seokjin que só em pensar estar no mesmo lugar que Namjoon, sente seu rosto queimar de irritação.

— Mas filho... -sua mãe começou mas logo foi interrompido.

— Não mãe! -bufou. — Vocês sabem que Hyosang não gosta de Namjoon e eu não quero brigar com ele por causa desse jantar. -os pais suspiraram em derrota.

— Tudo bem filho, mas saiba que um dia você vai cuidar dos nossos negócios e encontrar-se com ele será inevitável. -Seokjin concordou aliviado por sua desculpa esfarrapada ter, novamente, dado certo mas ele sabia que uma hora ou outra não terá como fugir.

 

 

 

                          ***

 

 

Namjoon e Yoongi já se encontravam no restaurante à espera dos Kim's. Yoongi permanecia concentrado no cardápio com cara de tédio enquanto Namjoon encarava-o segurando-se para não rir da cara do mais novo.

— Eu podia estar em casa dormindo, mas não... meu maravilhoso amigo me traz para mais trabalho. -resmunga e bufa.

— Você é um jovem com alma de idoso. -Namjoon riu e Yoongi olhou-o irritado.

— Será que o herdeiro dos Kim's virá? -Min questiona e o Kim da de ombros.

— Não sei, ele nunca veio a nenhuma reunião. Por que? -pergunta e Min lança um sorriso malicioso.

— Pelo o que vi em algumas fotos, ele é bem bonito. -estende seu celular mostrando uma foto sua com seu namorado.

— É, ele é bonito. -da de ombros e cutuca seu amigo para levantar ao ver o casal aproximar-se da mesa em que estavam.

— Boa noite Senhores. -o casal cumprimenta os jovens com apertos de mão.

— Boa noite Sr e Srª Kim. -dizem em quase uníssono. — Sentem-se por favor. -pediu enquanto fazia o mesmo.

— Onde está o filho dos senhores? -Yoongi questiona e Namjoon lança um olhar de reprovação para o mesmo que ignora.

— Ele não pôde vir. Está ocupado com coisas da faculdade. -a Srª Kim responde gentilmente e franze o cenho ao perceber que a cada jantar é uma desculpa diferente. Para si, o garoto fugia era de cuidar dos negócios dos pais. O que ele não sabia, era que na verdade Seokjin fugia de si.

​— Então, vamos ao assunto principal? -Namjoon inicia e eles concordam. 

A noite foi longa e cansativa. Yoongi sussurrava de cinco em cinco minutos no ouvindo de Namjoon que estava com sono. Porém, o mesmo ignorava fazendo o de pele alva bufar. Quando o jantar terminou, ele foi o primeiro a levantar-se e despedir-se rapidamente de todos. Namjoon sabia que seu amigo tinha razão e também que partilhavam do mesmo desejo... dormir.

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...