História Amor proibido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Aluna, Amor, Bissexual, Escola, Gay, Hetero, Lésbica, Professora, Proibido, Relação
Exibições 93
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá, primeiramente fora temer.
Essa é uma história com personagens reais, mas num universo totalmente diferente. Nesse primeiro capítulo, eu vou começar deixando as características marcantes de cada personagem de acordo com o signo de cada um.
Quero agradecer a Le por me ajudar com as ideia pra escrever ♥
Eu espero que gostem, boa leitura.

Capítulo 1 - A professora nova



Características de cada personagem:
Leticia: 18 anos, touro.
- confiável, paciente, generosa, carinhosa, persistente.
- possessiva, preguiçosa, teimosa, ciumenta, insegura.
Fernando: 17 anos, peixes.
- otimista, popular, gentil, preocupado, amigável.
- sensível demais, avoado, guarda mágoas, distraído, indeciso.
Karen: 17 anos, aquário.
- curiosa, observadora, pensativa, independente, convicta.
- sem noção, fria e sem emoções, grossa, desapegada, insensível.
Professora Débora: 23 anos, sagitário.
- aventureira, sincera, impulsiva, otimista, festeira.
- irresponsável, sarcástica, inflexível, crítica demais, inquieta.

****************************************************************************

 

6:00 AM
O celular soa o alarme, é hora de levantar. Leticia clica na tela do aparelho e desliga o barulho. Levanta e senta na cama, esfrega os olhos e abre-os vendo os pequenos raios do sol aparecendo através da cortina do seu quarto. Ela se põe de pé e vai em direção ao banheiro, toma seu banho matinal, se veste e desce para tomar seu café da manhã com sua mãe. 
- Bom dia filha
- Bom dia mãe
Ela se senta na cozinha e faz uma breve refeição e volta para o banheiro para fazer sua higienização e ir para a aula.
Sua mãe te leva de carro até a frente da escola, elas se despedem e Leticia sai do carro para encontrar seu amigo Fernando que esperava-a em frente a escola.
- Nossa que cara é essa Leticia? Parece que levou uma surra.
- Bom dia pra você também Fernando.
- To brincando. E ai, vamos pra aula mesmo?
- Sinceramente? Não to nem um pouco afim de ir, aquela preguiça..
- Me fala quando você quer ir pra aula né
- Nunca. Mas hoje entra algum professor novo pra dar aula de Química, quem sabe seja algum gato e me faça prestar atenção na aula
- Você presta atenção em tudo, menos na aula. Mas vamos, tomara que ele seja gay, ai não sobra pra você.
- Ahh, e você acha que sobraria pra você, Fernando? 
- Nunca se sabe né. Sempre sonhei com um romance com professor, mas a gente nunca tem professor gato nessa merda
- Enfim, vamos logo, tem gente estranha chegando pra falar com você
- Pode ir indo, vou cumprimentar eles e já corro atrás de você
- Obrigada, belo amigo você
- Te amo, beijinhos Lê
Fernando saiu de perto de Leticia e foi em direção a um grupo de adolescentes, enquanto ela continuava seu caminho até a sala de aula. Ao chegar, sentou-se em uma carteira no canto da sala e ficou jogando no celular esperando o professor chegar.
Pouco tempo depois, Fernando entrou na sala e sentou-se perto dela. Logo em seguida, o diretor da escola entrou com uma jovem de cabelo curto na sala, fazendo todos os alunos sentarem e olharem para os dois.
- Bom dia terceiro ano, como sabem, a professora Luciana se aposentou e para substituí-la, contratamos a professora Débora. Agora ela é quem dará as aulas de química para vocês. Dêem as boas vindas pra ela.
- Seja bem vinda - os alunos falaram juntos.
- Meu deus.. - Leticia olhava fixamente para a nova professora 
- Meu deus o que Leticia? - perguntou Fernando vendo a cara perplexa
- ela... 
- ela o que menina? Você ta louca?
- eu não sei, eu.. 
- enlouqueceu mesmo
A professora se apresentou, falou como ela lecionaria a matéria e pediu para que cada aluno dissesse seu nome para ela ir conhecendo cada um.
- mal chegou e já quer saber meu nome, essa professora vai ser um saco - resmungou Karen, uma das meninas que estudavam naquela sala
- cala boca menina - Leticia contestou
- oi? - Fernando olhou com cara de quem não estava entendendo nada do que tava acontecendo
- não enche menina - Karen respondeu Leticia com desdém
- Leticia o que foi isso? - Fernando perguntou não acreditando que sua amiga havia contestado Karen, mesmo sabendo que a menina tinha fama de brigar com todos que falassem um a que ela não concordasse
- ai Fernando, eu não sei!
- e você? - a professora perguntou agora para Leticia
- eu.. É... 
- seu nome, querida, qual o seu nome? - repetiu a pergunta
- é Leticia, o nome dela é Leticia. E eu sou o Fernando.
Leticia corou na mesma hora, queria cavar um buraco e se esconder de todos.
- prazer, Leticia e Fernando -  professora sorriu para os dois e continuou conhecendo os outros
- Leticia da pra você me falar o que ta acontecendo?
- mas que saco Fernando, eu nao sei!
- af, ta bom
Leticia passou o resto da aula vidrada olhando para a professora, sem sequer piscar.
Ao bater o sinal para o intervalo, todos se levantaram e sairam da sala, menos Leticia, que continuou olhando fixamente para a professora que guardava seu material na bolsa. Ao perceber que estava sendo observada, Débora questiona a aluna.
- Você ta bem? É Leticia ne?
- han.. É, to, acho que to
- certeza? Parece meio confusa
- eu não sei.. Eu acho que to bem.. Tchau Débora!
Leticia saiu apressada da sala pra evitar mais interrogatórios e acabou esbarrando em quem ela menos queria encontrar: Karen. Ao esbarrar nela, Leticia cai pra trás fazendo um barulho alto no corredor.
- olha por onde anda garota - diz Karen passando por Leticia com ar de superior.
- Você realmente não ta bem ne? - Débora sai da sala correndo ao escutar o barulho de Leticia caindo e vai até ela se abaixando para ajudar ela a levantar
- eu to sim professora, obrigada
- não ta não, vem, vamos tomar uma água
- não, sério..
- vem logo, por favor - Débora sorri como se apenas seu sorriso bastasse para convencê-la a ir, e funcionou
- ta, vamos
As duas seguiram para o pátio onde tinha o bebedouro, Leticia tomou água e as duas sentaram num banco.
- então, como me sai hoje? - Débora perguntou tentando puxar um assunto com Leticia
- acho que foi bem, a sala parece ter gostado de você
- eu espero que sim.. Esse é meu primeiro trabalho com adolescentes
- vai dar tudo certo, você vai ver. 
- tomara que sim.. Bom, eu ja vou indo. Tenho aula com outra turma daqui a pouco. Legal fazer uma amiga nova - Débora foi se levantando e Leticia levantou junto
- ah, ta bom. Boa sorte com a próxima turma professora.
- obrigada - Débora esticou a mão para cumprimentar Leticia e sorriu quando suas mãos se tocaram. Ao soltarem, cada uma foi para um lado da escola.
 


Notas Finais


E então, mereço comentários? Dicas? Críticas? Tudo é bem VIADO rs, manda oi e favorita ♥
vou postar o mais rápido possível, dependo muito da criatividade.
Perdoa os erros e não desiste de mim.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...