História Amor Proibido - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Alvo Potter, Draco Malfoy, Gellert Grindelwald, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Hugo Weasley, Lílian L. Potter, Lord Voldemort, Minerva Mcgonagall, Murta Que Geme, Neville Longbottom, Olívio Wood, Padma Patil, Rita Skeeter, Ronald Weasley, Rose Weasley, Rúbeo Hagrid, Scorpius Malfoy, Ted Lupin, Tiago S. Potter
Tags Alvo Potter, Draco Malfoy, Escórpio Malfoy, Harry Potter, Lemon, Tiago Potter, Yaoi
Exibições 89
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Slash, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não há o que falar sobre esse capítulo...leiam...

Capítulo 5 - Me Desculpe Por Isso


Depois de uma semana que não falava com Escórpio, Alvo acorda sem animação, se veste rápido e desce para o Grande Salão sozinho. 

Estava quase vazio, com exceção de alguns alunos diversificados que conversavam animadamente, o que já estava deixando Alvo com dor de cabeça. 

-Bom dia- Diz Jeremy aparecendo mordendo uma torrada e se sentando ao lado de Alvo. 

-Bom dia- Alvo responde sem animação. 

-Qual é Alvo ? Vai agir assim todos os dias ?- Jeremy pergunta pegando uma caixinha de suco. 

-E você não vai me deixar em paz ? Alvo pergunta. 

-Não, desde que você e o Escórpio brigaram, o Nikolas está bem mais próximo dele, ele meio que está me deixando de lado- Jeremy diz. 

-Então eu sou a sua última opção- Alvo diz. 

-Não, não é isso o que eu estou dizendo, quero dizer que não quero deixar você sozinho, nós dois estamos sendo excluídos- Jeremy diz tentando concertar o que disse. 

-Tudo bem Jeremy, vamos fazer alguma coisa então- Alvo diz um pouco impaciente. 

-Pode me ajudar em um livro na biblioteca ?- Jeremy pergunta. 

-Claro- Alvo responde. 

 *** 

Nikolas falava de várias técnicas de vôos que iria fazer em seu teste, mas Escórpio não prestava a atenção, ele não gostava de Quadribol, por isso sempre que Nikolas e Jeremy falavam sobre isso ele e Alvo saíam de perto. Mas Alvo não estava alí, então Escórpio teria que aguentar até o fim da conversa fingindo interesse por tudo o que ele dizia. 

-Acho que estou sendo chato- Nikolas fiz com um sorriso no rosto. 

-Não, é só que não gosto muito de Quadribol- Escórpio diz tentando não deixar o amigo triste. 

-Me desculpe, vamos falar de outra coisa- Nikolas diz. 

-Não precisa se importar Nikolas, onde está o Jeremy ?, vá treinar com ele- Escórpio diz. 

-Nada disso, eu estou aqui com você e ficarei, enquanto o Alvo não perceber que ele foi um idiota com você- Nikolas diz. 

-Não vai sair daqui não é ?- Escórpio pergunta. 

-Não- Nikolas diz dando risada- O que você e o Alvo fazem geralmente quando não estão conosco ? 

-Coisas chatas, geralmente vamos à estufa falar com o professor Neville- Escórpio diz. 

-Ótimo, vamos lá então- Nikolas diz animado. 

Os dois garotos vão até a estufa e encontram Neville cuidando de uma pequena planta que parecia ter vida. 

-O que dois ótimos alunos da Sonserina fazem aqui nessa bela manhã ?- Neville pergunta jogando um pouco de água na planta. 

-Nunca temos nada pra fazer quando não temos aulas pela manhã- Escórpio diz. 

-Sim- Neville diz pela primeira vez olhando para os dois garotos- E Alvo ? 

-Tivemos um desentendimento- Escórpio diz. 

-A sim, me desculpe pela pergunta- Neville diz. 

-Tudo bem- Escórpio diz sorrindo. 

-Procurando pontos extras Nikolas ?- Neville pergunta. 

-S-Se não for atrapalhar- Nikolas diz.

-Claro que não, você realmente precisa de mais pontos na minha disciplina- Neville diz. 

-Certo, o que eu poderia fazer ?- Nikolas pergunta. 

-Tenho algumas plantas que precisam ser reenvasadas, resolva esse problema pra mim e sua nota aumentará- Neville diz animado. 

-Sim senhor- Nikolas diz. 

-Pode ajuda-lo Escórpio ?- Neville pergunta- Preciso mandar uma coruja urgente para o Ministério, sobre alguns rumores. 

-Claro senhor- Escórpio pergunta confuso- Que tipo de rumores ? 

-Não é nada de mais, não precisa se preocupar- Neville diz parecendo um pouco nervoso com a situação. 

Os dois vão para a estufa onde estavam os vasos enquanto Neville saía rápido em direção ao corujal. 

Escórpio explicava todos os procedimentos enquanto Nikolas o encarava com curiosidade. 

-O que foi ?- Escórpio pergunta notando que Nikolas o olhava desse jeito. 

-Nada- Nikolas responde ficando com o rosto vermelho. 

-Entendeu tudo o que eu disse ?- Escórpio pergunta. 

-Não muito, desculpe, pode explicar de novo ?- Nikolas pergunta ficando bem próximo de Escórpio para entender melhor. 

-Claro- Escórpio diz sorrindo e ficando com o rosto um pouco vermelho pela aproximidade entre os dois. 

-Você precisa retirar a planta do vaso com cuidado, pois ela é extremamente frágil, sem movimentos bruscos- Escórpio diz. 

-Tudo bem- Nikolas diz colocando suas mãos em volta da planta para tira-la do vaso. 

-Tome cuidado, ela grita de dor se você fizer um movimento brusco- Escórpio diz.

-Ok- Nikolas diz puxando a planta a fazendo gritar na mesma hora. 

Nikolas puxa denovo e a planta volta a gritar, Escórpio percebendo que o amigo não estava conseguindo, segura na mão de Nikolas e o ajuda a tirar a planta do vaso. 

Eles direcionam a planta até outro vaso e enterraram enquanto Nikolas regava. 

-Obrigado- Nikolas diz extremamente vermelho, pois Escórpio ainda segurava em sua mão. 

Os dois garotos se aproximam um do outro, seus dedos se entrelaçam de mãos dadas. 

-De nada- Escórpio diz olhando para o outro sorrindo. 

Nikolas acaricia a mão de Escórpio enquanto se aproximava ainda mais. 

 -O que está fazendo ?- Escórpio pergunta desviando o olhar do amigo. 

-O que eu queria fazer durante quatro anos, mas só tomei coragem agora- Nikolas diz se aproximando rapidamente e encostando seus lábios nos de Escórpio. 

De início Escórpio tentou se separar, mas ele não podia dizer que aquilo era ruim, então depois retribuiu o beijo abraçando Nikolas. 

Nikolas agora acariciava a nuca de Escórpio enquanto o beijava, somente alguns segundos depois eles se separaram. 

-Me desculpe por isso- Nikolas diz se afastando do outro. 

-Está tudo bem- Escórpio diz sorrindo. 

Escórpio ajuda Nikolas e reenvasar o restante das plantas, e pouco tempo depois Neville chega. 

-Muito obrigado meninos, além de garantir a nota do Nikolas ainda me ajudaram a resolver esse problema das plantas que precisa ter resolvido a muito tempo- Neville diz sorrindo. 

-Eu que agradeço professor- Nikolas diz. 

-Já vamos indo, até a aula professor- Escórpio diz. 

Neville acena e volta a cuidar de sua planta de antes. 

Escórpio caminhava em silêncio pensando no que havia feito, claro que ele já havia beijado garotas antes, e tem uma leve lembrança de ter beijado Alvo uma vez, mas era no meio da noite, e aquilo possivelmente era um sonho, ou será que não ?

No meio do caminho eles acabam encontrando Alvo e Jeremy, que aparentemente haviam ido até a biblioteca. 

-Hey Nick- Jeremy diz. 

-Jer- Nikolas diz. 

Escórpio e Alvo se encaram por alguns segundos, Alvo se sente triste e culpado pela briga, já Escórpio, sente raiva. 

Nikolas percebe a tensão entre os dois. 

-Vamos Escórpio, quero te mostrar uma planta muito legal que achei perto da estufa- Nikolas diz puxando Escórpio pela camiseta.

 Então eles saem, deixando Alvo arrependido de não ter pedido desculpas para o amigo. 



Notas Finais


Iai o que acharam ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...