História Amor Proibido - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~emyswanjones

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood
Tags Captainswan Regina Mills, Emma Swan, Killian Jones, Outlawqueen, Robin Hood
Exibições 86
Palavras 1.883
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olaaa!! To de volta!!

vou postar cinco minutos antes de começar OUAT Aiin Deus!! huahsua

Boa Leitura..

OUAT_trueloveCS

Capítulo 4 - Sequestrada...


Fanfic / Fanfiction Amor Proibido - Capítulo 4 - Sequestrada...


POV Emma:

Eu estava com medo de ontem, a minha maior sorte por não engravidar, é que tomo anticoncepcional, minha mãe começou a nos dá no início desse ano.
Assim que acordei, senti que minhas pernas ainda doíam, eu andei com dificuldade até o banheiro, fiz minha higiene e desci até a recepção do hotel que Killian me deixou.

Emma: Bom dia!-Falei para a recepcionista.

Recepcionista: Bom dia, como posso ajudá-la?

Emma: Eu poderia usar o telefone ou celular do hotel para fazer uma ligação? É que eu fui assaltada.

Recepcionista: No nosso hotel?-Falou incrédula.

Emma: Não, antes de vir para cá.-Expliquei.

Recepcionista: OK, tem um telefone no corredor esquerdo.

Andei, ainda com dificuldade, até onde ela havia me falado, disquei o número da regina r depois de duas chamadas ela atende.

Regina: Alô?

Emma: Regina, sou eu, Emma!

Regina: Emma, que saudades.

Emma: Rê, vem aqui onde eu estou hospedada preciso falar urgentemente com você.

Regina: Aconteceu alguma coisa?

Emma: Sim.

Regina: O quê?

Emma: Não dá de falar por celular.

Regina: Emma, onde você está.

Emma: Eu estou...-Dei o endereço para ela, que falou que já estava a caminho.

Fui para o quarto que estava. Senti minha barriga roncar, resolvi esperar o Killian já que ele falou que voltaria, em vez de ir a área de alimentação onde estava o café da manhã.

(Quebra tempo)

Regina: Como assim, Emma, ele te salvou quando esse homem estava te...

Emma: Regina, presta atenção, ele me salvou mas não muda o fato dele ter me roubado.

POV Killian:

Acordei cedo, e fiz minha higiene de toda manhã. Acabei tomei meu café da manhã.
Fui em uma Starbucks, comprei um café e aproveitei para passar no grannys e comprar anéis de cebola.
Eu tinha prometido que voltaria, iria ajudar ela, com o que aconteceu ontem ela deve está desnorteada.
Caminhei até o hotel que deixei Emma, mas quando cheguei percebi que ela tinha visita, então fiquei apenas do outro lado da porta escutando o que falavam.

Regina: Mas ele te salvou, Emma. Se ele quisesse poderia até te estupra junto do outro. Mas não, ele te salvou.

Emma: Eu sei que ele me salvou. Mas...

Regina: Mas você ainda vai prender ele?

Emma: Regina, ele é um ladrão, me roubou duas vezes, eu só estou aqui por ele ter pego aquele distintivo. Eu vou conseguir isso, e vou prender ele.

Tirei uma caneta que sempre estava no meu bolso, e assinei, colocando, de killian, no saco com o café. Coloquei o saco com o café dela na porta e dei duas batidas, entrei no elevador e sai dali.
É isso que dá killian, tentar ajudar as pessoas é a pior coisa elas não reconhecem. A amiga dela tinha razão, se eu quisesse eu poderia estuprar ela, mas não fui ajudar, e olha só.

POV Emma:

Escutei duas batidas e me calei, caminhei até a porta e quando abri tinha apenas um saco com café da manhã e assinado killian.
Que ótimo ele ouviu, e agora pela terceira vez fugiu.

Regina-Quem era!?(ela pergunta, assim que eu me sento na frente dela novamente)

Emma-O killian.. acho que ele ouvio o que nos falamos e fugiu..

Regina-É claro neh!! Aain coitado Emma! Ele foi embora porque deve ter ficado chateado!!

Emma-Chateado com o que!?

Regina-Com o que você falou!! Ele veio aqui! Se preocupou com você! Trouxe café da manhã! E quando chega ouve que mesmo depois de tudo o que ele fez , você ainda que prender ele! 

Emma-isso não muda os fatos! Ele continua sendo um bandido! E ainda me roubou duas vezes! E por conta disso ainda fui expulsa de casa! 

Regina-Voce não tem sentimentos!!?

Emma-Regina você não pode falar nada! Porque você namora um bandido

Regina-falando nele, eu não falo com ele desde do dia do assalto na nossa casa.. tentei ligar pra ele mas ele não me atende..(disse triste)

Emma-Ta vendo! Olha o canalha que ele é!! 

Regina-Nao fala assim dele!(disse com os olhos marejados) Ele me fazia feliz... Eu amo ele.. 

Emma-(revira os olhos)

Regina-Eu vou embora ta! Qualquer coisa me liga.. fica bem! 

Emma-Ta!

Ela foi embora e eu comi o que o ladrãozinho me trouxe
 

POV killian

Cheguei na "casa" onde eu e o Robin ficamos pra nos esconder

Robin-Que foi cara!? Ta com expressão triste?

Killian-Sabe a loirinha que eu salvei do estupro? Então.. mesmo depois de tudo o que eu fiz pra ela, ela ainda quer me levar pra cadeia...

Robin-É difícil das pessoas acreditarem que ladrões como nos temos honra..

Killian-e a tua namorada?

Robin-nunca mais falei com ela..(olhou triste pro chão) 

Killian-Voce nao disse que ia dar um sumiço nela, pra ela nao falar nada pro pai?

Robin-Ia... Mas não tenho coragem, de fazer nenhum mal a ela.. foda-se se ela contou ou não.. mas acho que ela nao contou, se nao ja era pra mim estar na berlinda..

Killian-Verdade.. ainda bem que ela não abriu o bico...

[Uma semana depois]

Uma semana se passou, e aquela loira ainda ta atrás de mim! Ela ja descobriu os lugares que eu frequentou, e assalto, mas.. ela ainda nao conseguiu me achar..
Tinha acabado de sair de uma cafeteria, não a que eu frequento, uma outra qualquer, já ela sempre me persegue! Estava próximo a uma árvore quando sinto alguém puxar meu braço e colocar algo em meu pulso,me viro pra trás e era a loirinha, logo ela me empurra contra a árvore, e puxa meu outro braço prendendo nas algemas.

Emma-Achei você! 

Killian-Blood Hell Swan! Você me pegou! (Digo com sarcasmo) 

Emma-Swan!? Esse não é meu nome!?

Killian-Seu colar! Tem um cisne!

Emma-Grande bosta! Mas você nao vai me distrair! Eu quero meu distintivo de volta! 

Killian-Sorry love! Não vai dar não.. 

Ela puxa uma arma da barra da calça e aponta pra mim

Emma-ah da sim! Me leva pro teu esconderijo! 

Killian-Se não...?

Emma-Te levo direto daqui pra cadeia! 

Killian-Ta! Vamos então..

Fui com ela até meu carro

Killian-Não da pra dirigir com algemas(digo mostrando os pulsos pra ela)

Emma-Vou tirar só pra você dirigir! 

Ela tira as algemas e eu começo a dirigir, e pensar em um plano pra escapar dessa, pois depois do que eu ouvi no quarto dela, tenho certeza que depois que ela recupera aquele maldito broche, vai me prender..
Até que me lembro do que Robin ia fazer com a morena.. e se eu.. Sorry loirinha, mas hoje você não me pega! 

POV Emma

Emma-É aqui que você mora?

Killian-Melhor que nada!

Emma-Ta! Cade meu distintivo!?

Killian-Calma vou pegar..

Enquanto ele procura meu distintivo, eu me sento na cama dele é fico esperando, até que sinto alguém me agarrar por trás e enfiar um pano com um cheiro muito forte na minha cara, eu tento murmurar um pedido de socorro mas o pano também cobria a minha boca, o cheiro era muito forte, e eu já estava ficando tonta, até que não aguentei mais ficar consciente, e tudo ficou escuro.

POV Killian:

Peguei a loirinha no colo e o cabelo dela acabou vindo em meu rosto, quando o vento bateu, ele era cheiroso, era doce.
A coloquei dentro do carro. Assim que sentei ela no banco de passageiro coloquei o sinto de segurança nela.
Voltei rápido, e peguei uma mala e coloquei cinco peças de roupas e seis cuecas. Abri o guarda roupa do Robin e tinha umas roupas femininas, sabia que ele era viado. Peguei uma peça de roupa e duas calcinhas para ela.
Peguei uma garrafa com álcool e um pano, para caso ela acordasse eu fizesse ela dormir de novo.
Coloquei a mala no porta mala, e o álcool onde tem o lugar de colocar a garrafinha de água. Coloquei o sinto de segurança e comecei a dirigir.
Estava dirigindo sem caminho, até que lembrei de um chalé no meio da floresta, que fui quando me perdi dos meus pais.
Minha sorte, é que as vezes Robin vai lá, então sempre tem estoque de comida, já que roubamos não nos preocupamos em quanto gastamos com comidas.
O chalé fica quatro cidades daqui, mas consigo chegar lá até de noite. Volto a me concentrar por onde ia.

(Quebra tempo)

Já haviam passado de duas cidades, eu estava dirigindo com 120 Km/h, ela ainda não tinha acordado, dormiu como se fosse um anjo, quando na verdade é um capeta.
Estávamos perto da barreira da próxima cidade quando ela começa a despertar, pego o álcool e coloco no pano.

Emma: Para onde você está...-Coloco o pano contra seu rosto.-Hum...Hum.. Hum...-Ela novamente desmaiou.

Diminui bastante a velocidade quando estávamos por passar pela barreira.
Fechei a garrafa de álcool e coloquei de baixo do banco de motorista, que tinha uma entrada, meio que um esconderijo, junto com o pano.
O policial faz sinal para que eu parasse, sério isso?
Parei o carro e ele pede para que eu abaixe o vidro.

Killian: Pois não?

Policial: Por que a moça está desacordada?

Killian: Ela está dormindo, fale mais baixo.-Disse cauteloso.-Ela é a coisa mais linda dormindo, não?-Digo fingindo ser uma namorado babão.

Policial: A carteira de motorista e os documentos do carro por favor.

Entreguei minha carteira de motorista falsificada, e os documentos do carro.

Policial: O carro não está no seu nome.

Killian: Não, meu amigo que tirou, ficou no nome dele, mas é meu.

Policial: Poderia entrar em contato com seu amigo?

Killian: Claro.

Liguei para o Robin.

Killian: Sean?-Falo o nome do proprietário do carro.

Robin: Quem?

Killian: Sean? Eu queria que você explicasse para o policial que o carro é meu, só que você que tirou.

Robin: Ah, claro.

Entreguei o celular e ele falou.

Policial: OK, senhor...-Leu o nome falso, que coloquei na carteira.-Colin, eu poderia dá uma olhada no porta mala?

Killian: Claro, fique à vontade.

Abri o porta mala e ele revistou tudo.

Policial: Ok, tudo certo. Pode ir.

Sai dali e voltei a dirigir, só que dessa vez eu estava correndo com 140 Km/h por hora.

(Quebra tempo)
Eu já estava em um beco escuro, estávamos andando em meio à um monte de árvores, só que cheias de neve, estava escuro e ainda faltava um pouco para chegar próximo onde eu queria chegar.

Emma: Aí, minha cabeça.-Eu irá fazer ela cheirar aquele pani de novo.-Por favor, não, eu juro que vou ficar calada e quieta. Só que... Aí! Meu corpo dói, minha cabeça e estou morrendo de fome.

Killian: Fica quietinha. Se você tentar fugir, sua irmãzinha vai ter um fim trágico.

Emma: O que você fez com ela?

Killian: Até agora nada, mas se você fizer alguma coisa...

Emma: Tá eu vou ficar quieta. Mas... Eu tô com fome.

Killian: A gente tá quase chegando.

Emma: Aí!-Disse quando se arrumou.

Killian: O que foi dessa vez? Garota mimada, fica calada, porra.

Emma: Olha, eu estou toda dolorida.

Killian: Arg!-Bufo.-Se você não ficar calada vou ser obrigado a te apagar.

Já estávamos bem próximos só faltava entrar pela floresta. E olá chalé.
Desligo o carro é vou até onde ela estar, seguro ela pelos braços e começo a guiar. No meio do caminho ela desmaiou por estar fraca e tive tempo o suficiente para colocá-la trancada no porão amarrada, pegar a mala, e esconder o carro para que se alguém passasse por ali, não o visse.
 

 


Notas Finais


E aai? o que acharam ?

Agora bye!! vou assistir Once husahs

Ate o prox!!

-OUAT_trueloveCS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...