História Amor proibido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Coby, Edward Newgate "Barba Branca", Monkey D. Luffy, Portgas D. Ace, Trafalgar Law
Tags Marcoxace, Romance, Shirohige, Yaoi
Exibições 41
Palavras 1.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii Minna-san, estou postando essa fic junto com minha amiga Ma-chan...

Então, esperamos que gostem, kissus 😘 e boa leituta🤗.

Ciao Ciao

Capítulo 1 - O ataque


Fanfic / Fanfiction Amor proibido - Capítulo 1 - O ataque

Ace estava em sua sala como de costume, ele era um almirante, um grande posto na marinha, mesmo antes de ter comido a sua akuma no mi, ele já era muito forte e já havia derrotado vários piratas, logo depois de ganhar, seu poder da fruta Mera- Mera no mi, ele se tornou muito mais forte que muitos ao seu redor,  logo subindo ao cargo de almirante e recebendo um apelido no mar. "Punhos de fogo" Naquele dia ele estava um pouco preocupado, já que Coby havia lhe ligado através do den-den mushi, e dito que estava perto dos piratas do Barba Branca, mas precisamente com os piratas do comandante da primeira divisão Marco, e isso lhe preocupava, já que Marco era conhecido no mar por ser um pirata extremamente forte.


Pov' s Ace 

-Já faz um tempo que ele me ligou será que está bem ....Aaaah! O que vou fazer se ele tiver se machucado, tsc! Não devia ter mandado ele ir fazer a ronda, se Luffy descobrir irá atrás dele na hora, me pergunto como um cabeça de vento como meu irmãozinho virou almirante, bom admito que ele é forte mas...

Toc toc...

Batem a sua porta fazendo-me parar de resmungar, arrumo minha postura.

- Pode entrar- digo com a  voz mais séria, vejo um marinheiro entrar em minha sala.

- Com licença almirante Ace, eu venho trazer noticias sobre o navio em que se encontrava o capitão Cooby.- diz o marinheiro fazendo posição de soldado.

-Sim, diga de uma vez – digo meio apressado, afinal eu estava apreensivo, mas já um pouco mais calmo, já que se vieram trazer notícias pessoalmente, era porque ele já estava aqui.

-Sim, senhor... O capitão Cooby e seus homens estão de volta ... Porém, muito feridos pelo relato deles eles nem tiveram chance contra o... 

-Onde ele esta?! -perguntei nervoso, interrompendo o homem a minha frente.

- Na enfermaria, esta recebendo cuidados da sr.....

Não o deixei terminar novamente, eu sai de minha sala, sem tempo para prestar atenção se ele batia continência ou não, eu se quer vi o rosto dele apenas corri direto para a enfermaria, me culpando, eu sabia que Cooby era um dos melhores amigos de Luffy, antes de sair, Luffy havia me pedido para cuidar dele, mas mesmo assim eu, eu achei que não teria problemas se ele saísse apenas para observar, afinal o mar já estava um pouco mais calmo.

Cheguei na enfermaria, ele estava deitado, estava muito machucado, sua cabeça estava enfaixada, provavelmente devido á uma pancada ou algo assim, seu braço estava quebrado e sua perna cortada, fora pequenos cortes e arranhões que ele tinha no rosto e por todo o corpo.

-Isso é muita crueldade...- acabei deixando um dos meus pensamentos escapar em voz alta, e isso acabou acordando Cooby.

-Ace-san, desculpe e-eu achei que conseguiria, mas eles são mais fortes do que eu, eu pensei, além de tudo a humilhação ....que eu passei eu…eu..

Ele acabou perdendo a consciência,  já havia feito muito esforço apenas para falar. Sai da sala e fui em direção ao primeiro homem que eu vi.

-Preparem meu barco! -dei a ordem já me virando para me retirar, quando o ouço me questionar

- O senhor irá atras deles?

- Isso não lhe diz respeito, apenas faça o que eu mandei !- eu já estava nervoso o suficiente e não tinha tempo de ser gentil, tinha que sair antes que Luffy chegasse e não era só por Luffy. Mesmo para um pirata aquilo que eles fizeram era cruel de mais .

- Sinto muito senhor, mas se o senhor irá atras deles, não seria melhor preparar um navio ou uma frota, q-quero dizer, eles são muito fortes, não são ? – diz o marinheiro meio receoso.


Eu sabia que ele tinha razão, mas mesmo assim se por acaso eu levasse um navio inteiro, não sabia se teria como proteger a todos, já que não conhecia a força de meu oponente, e Barba Branca não era um pirata que costumava deixar seus subordinados serem levados pela marinha sem fazer nada, então seria perigoso de mais arriscar a vida de todos.

-Prepare apenas meu barco! -virei as costas e ouvi um " sim, senhor" vindo já de longe junto com um bater de pés.

Entrei em minha sala, já pensando no que faria a seguir, sabia que Luffy chegaria dentro de uma ou duas semanas, eu teria que preparar tudo para que ele não fosse atras de Marco, idiota do jeito que era com certeza chegaria em Barba Branca e tentaria bater nele sem nenhum plano, apenas gritando e eu tenho uma pequena impressão de que ele não se daria muito bem se fizesse isso. 
Começo a escrever uma carta explicando tudo para Luffy, e dizendo .... na verdade implorando para ele ficar e cuidar de Cooby e não tentar ir cobrar Marco pelo acontecido.

Toc toc

Batem na porta me fazendo selar a carta e permitir a entrada do marinheiro que veio me avisar que os preparativos, já estavam todos prontos.

- Ok, tenho apenas mais uma ordem antes de sair, assim que meu irmãozinho chegar, mande-o vir até a minha sala e abrir a gaveta, ele sabe qual é, e caso ele tenha perdido a chave dele, peça para que Cooby o ceda a chave reserva.- disse enquanto andava em direção á saída da fortaleza para dar de encontro com meu barco já preparado, e com todos os suprimentos necessários para a sobrevivência de qualquer pessoa em alto mar.

Fui em direção ao norte, já que foi a direção em que Cooby foi atacado.

••••••••••••••••••••••••••••

 Já fazia uma semana desde que eu havia saído da minha base e a única coisa que eu encontrei foram alguns piratas de baixo nível como Foxi, A raposa cinzenta, que se quer valia a pena perder tempo de levá- lo á prisão, e reis do mar que derrotei de forma tão rápida,  que sequer deu para falar que foi uma brincadeira. 

Já estava prestes a desistir quando bem ao longe  avisto um navio, uma das coisas da qual eu podia me gabar, além da minha aparência e meu poder, era minha visão. 

Eu consegui diferenciar a bandeira do navio a minha frente, e confirmar que era de um dos piratas de Barba Branca, só não sabia se o navio era o de Marco, mas não importei, me aproximei do navio e confirmei ser o qual eu procurava, em meu pensamento, já tinha tudo planejado...


Notas Finais


Yoo minna-san, gostaram ou não??
Obrigada por lerem e Ciao Ciao


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...