História Amor Proibido e muito Errado - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Personagens Originais
Tags Asriel, Asrielxsans, Fantasia, Sans, Sansxasriel, Shipp
Exibições 29
Palavras 2.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fala pessoal tudo beleza?

Quer relaxar?

Vejam esse lindo e maravilhoso cap

X3

Capítulo 8 - Capítulo Eight


(P.o.v Narrador/Autor)

Capítulo 8 :DETERMINAÇÃO

Depois de várias risadas, cantadas ,beijos, provocações , mais risos , e argumentos tarados e malicosos ele chegam a conversar com Toriel e Frisk e Toriel viraram muito amigos tipo mãe e filho a ficaram ali por horas até Frisk ter que sair por causa de Flowey que estava com tédio e quase destruindo em volta e.depois de um tempo Frisk,Sans e Flowey chegam no seu destino a Casa de Sans e Papyrus 

- aaahhh... Lar doce lar vamos entra não seja tímido Frisk - Sans fala convidando Frisk e o mesmo aceita e todos entram na casa de Sans e Frisk começa a olhar em Volta, pois a casa de Sans era muito normal mais pra Frisk era demais 

- que casa bonita Sans , você mora sozinho? - ele fala se esquecendo de Flowey pois o mesmo ficou quieto na viagem todinha e observando Frisk por puro ciumes e Sans percebe isso e não fala nada pra ver aonde ia dar 

- não Eu moro com meu irmão Papyrus e Flowey.essa florzinha fofa - Sans pega o pote de Flores e dar um beijo feroz em Flowey e o mesmo corou muito e tentou sair daquele beijo batendo de leve com suas folhas em Sans e o mesmo rir um pouco do ato de Flowey e depois para o beijo e olha pra Flowey que estava ofegante E Frisk ficou muito sem jeito e andando pela casa e sem querer esbarra em alguém 

-HUM? UM HUMANO - Papyrus nosso querido Papyrus olha pra Frisk e o.levanta -.NYE HE HE HE COMO UM HUMANO CONSEGUIU PASSAR SOBRE MEUS QUEBRA CABEÇAS? 

- Sans e Flowey me ajudou - ambos que Frisk virou acenou pra Papyrus e o mesmo deixa a boca entre aberta 

- SANS POR QUE VOCE NAO PEGOU A ALMA DESSE HUMANO? - Papyrus solta Frisk delicadamente e olha pra Sans cruzando os braços 

- a gente ia fazer isso se eu não tivesse com preguiça de mover meus ossos - Papyrus começa a bufar de raiva. Pela preguiça de Sans

- SANS VOCE SABE QUE ASGORE PRECISA DAS ALMAS HUMANOS PRA PODER VIRAR UM DEUS PRA NOS TIRAR DAQUI- Papyrus praticamente grita e Frisk fica pensando num coisa e depois fala

- por que vocês precisam tanto das almas? - Frisk fala acabando com aquela "briga" e todos da sala olha pra Frisk

- pra destruir a barreira e todos nós poderermos sair do subsolo e finalmente sermos livres da barreira e do sofrimento do subsolo - Flowey fala fazendo uma cara de tédio - Eu só tentei fazer isso mais né? Não deu muito certo - Flowey sai do seu jarro e começa a se enrolar no corpo de Sans e finalmente ficar nós seus ombros e Sans começa a se arrepiar um pouco 

- então vocês precisam da minha alma pra sair daqui? Tipo uou que demais!!! - ele começa a ficar animado - nunca fiz nada importante nós meus 15 anos!!! - todos ficam confusos pelo oque Frisk está a falando 

- enfim eu vou sair daqui aonde é a saída dessa cidade? - Frisk fala abrindo a porta da casa e começando a sair sem espera a resposta

- EU SEI ,HUMANO ESPERE !!! VOCE TEM QUE LUTAR COMIGO PRIMEIRO - Papyrus começa a correr até Frisk e deixando Sans e Flowey pra trás confusos 

- então... Vai querer fazer o que Sans? - Flowey fala tirando os fofo da porta e olhando pra Sans que coçava a nuca

- taí uma boa pergunta. . .  - Sans começa a abre um sorriso malicioso no rosto - então Flowey estamos sozinhos nessa casa enorme longe das outras casas Então...- Flowey fica alguns segundo sem falar nada pensando e depois entende e dar uma taça leve com suas raízes em Sans

-s-seu tarado - ele fala se escondendo em algum lugar de Sans e o mesmo se arrepia 

- H-hey Flowey cuidado com essa área - Sans começa a ficar com as áreas das bochechas azuladas ou melhor ele fica corado pois Flowey estava bem perto da área do "membro " dele e Flowey começa a rir vitorioso

- não era isso que você queria? - Flowey de.aproxima do membro de Sans e começa a Lambe-lo lentamente e Sans começa a Gemer um pouco e colocando a mão pra segura os gemidos e ficando meio trêmulo e Flowey começa a lamber mais rápido até o "membro" de Sans ficar ereto que fez Flowey olhar pra ele por alguns segundos e corando e depois colocando sua boca inteira no membro de Sans

- Ugh... -  Sans começa a Gemer mais e mais e corando muito a casa movimento de Flowey e o mesmo fazia movimentos pra cima e pra baixo varia vezes e rapidamente e alguns momentos ele chupava e era muito prazer pra Sans o mesmo estava amando tudo aquilo até 

- Flowey eu......- Sans dar um breve gemido e começa a gozar na boca de Flowey e o mesmo já sabia disso e começa a engolir e experimentar aquele sabor que ele tanto amava e depois ele volta pro ombro de Sans e limpando sua boca que estava melado um pouco de seme e sorrir sapecamente ( esqueci como se escreve e se não existir eu inventei agora u.u) pra Sans

- depois me chama de tarado - Sans dar um beijo rápido em Flowey e.depois para - Vamos ver oque o humano estar faZendo? 

- não tem nada melhor pra fazer mesmo e o que tinha agora tem que esperar ... - Flowey olha pro lado e corando um pouco 

- então vamos - Sans teleporta em um lugar aonde tinha como ver a batalha de Frisk e Papyrus e Frisk não atacava só se defendia e ficou assim até o fim da batalha e depois ele vence Papyrus e continua seu caminho...

(Quebra do tempo . . . algum tempo depois)

Frisk estava lutando conta Undyne e Sans só observando e Flowey comendo um picolé azul que fazia Sans corar um pouco a cada lambida de Flowey e Frisk começa a.correr de Undyne e no meio do caminho Papyrus liga pra ele e Undyne para e Flowey fica zangado

- mas o que? Não acredito que essa peixe não vai matar ela - Flowey fala colocando o picolé na boca por pura raiva e Frisk começa a correr e chega num posto aonde magicamente Sans e Flowey estavam lá só que fingindo que estavam dormindo e Frisk atravessa até a ponte e Undyne desmaia por causa do calor e Frisk demara água nela e ela se levanta e sai de lá sem falar nada 

(Quebra Do tempo . . . um tempo depois )

Frisk.começa a dançar digo lutar com metatton e a luta foi meio chata pra Sans pois o mesmo dormiu a luta toda e só acordou quando Frisk venceu metatton e Alphys apareceu e começou a falar coisas e Frisk foi até a sala do trono 

- ah... Sans eu vou fazer uma coisa já volto - Flowey volta Pra a terra e some sem esperar Sans falar e espera Frisk termina a conversa com todos Toriel , Papyrus,Sans,Alphys e Undyne e entra na conversa ( essa parte vcs já sabem e tudo Mais e começa a batalha de Asriel Dremmur e Frisk e Frisk vence e blá blá bla e Asriel Ainda fica na forma Asriel Dremmur ) 

-Me desculpe Frisk, eu só queria salvar a todos...- Asriel fala olhando pro lado - mas tem algo que posso fazer - ele começa a se concentrar com toda sua forma.e a forma.de.todas.as.almas que ele pegou e destruiu a barreira e depois começa a cair de joelhos e chorar 

- eu só queria ter meu final feliz. .. Só queria ter meu corpo de volta ..se eu ao menos tivesse uma alma - as 6 almas humanas de dentro de Asriel sai de dentro dele e o olha

- nos vamos lhe ajudar - Fava a paciência 

- Sim -Fala a gravura

- eu amo vc e Sans juntos hihihi - fala a perseverança 

-.também shippo mas eu não quero ver você chorar - fala a integridade 

- eu quero ver todos felizes todos tem direito de amar - fala a compaixão 

- e todos devem ser felizes - fala a justiça 

-.s-serio pessoal? Vocês vão me ajudar ? - Asriel fala se levantando e limpando as lágrimas  e Frisk observando com seu olhar de sempre " -_- "

- Sim se você não matar ninguém nos iremos lhe obdecer - fala todas as almas girando em círculos -mas tem um custo ... - todos falam ao mesmo tempo e ainda girando

- como assim um custo? - Asriel tenta olhar pra alguma alma 

- você irá perde algumas memórias ... Pode ser de Frisk Toriel Papyrus e outra.pessoa ... Se não fizermos isso não conseguiremos te dar uma nova alma ...- eles ficam quietos por um tempo e Asriel começa a pensar 

- eu acho que não é uma boa ideia Asriel - Frisk se aproxima de Asriel e começa a olhar Pro mesmo

-Eu acho justo eu posso recupera as memórias perdidas mas não meu corpo - ele respira profundamente e olha pra as almas - eu aceito ...

- então estar feito - todas as almas param de girar e ficam de frente a Asriel e uma se aproxima dele

- Asriel tenha paciência...-a paciência entra dentro de Asriel 

- tenha bravura ... - a bravura entra dentro de Asriel 

- tenha preseverança ... - a perseverança entra dentro de Asriel 

- tenha integridade ...  - a integridade entra dentro de Asriel 

- tenha compaixão ... - a compaixão entra dentro de Asriel 

-e tenha Justiça - a.última alma entra dentro de Asriel e todas juntas formam uma alma que muda de cor , e a alma de Frisk começa a dar um pouco da energia dela pra a alma de Asriel e a alma do mesmo fica branca e em vez da alma de Asriel ser de cabeça pra baixo ele é igual a dos humanos uma alma pra cima não pra baixo e sua alma brilhava as vezes e tudo começa a ficar branco e Frisk acorda aonde estão Sans,papyrus,Toriel,Asgore,Undyne e Alphys 

-Cade Asriel? - Frisk fala olhando em volta e sem sinal de Asriel e Sans começa a olhar pra baixo.e lagrimejando

- eu só achei o jarro dele ... - Papyrus fala num tom de voz triste e mostrando o jarro de Flowey vazio e destruído e todos da sala ficam sem falar nada e Frisk começa a ficar triste também até ele pensar em uma coisa 

- olha aquele é o Flowey ? - Frisk aponta aonde era a barreira e tinha uma flor lá 

-.Flowey? -.Sans e corre até fora do subsolo e todos começam a seguir ele até eles chegarem num lugar aonde tinha um por do sol lindo e Sans e os outros começam.a olhar igual a Sans

- que saudades da superfície - fala Asgore 

- o sol é tão lindo - fala Undyne 

- é ver-verdade Undyne - Alphys fala corando de leve e olhando pro sol

-isso me dar lembranças felizes... - fala Toriel colocando uma Mão na bochecha dela e sorrindo 

- NYE HE HE PREPARECE HUMANOS POIS VOCES IRAM SENTIR A FURIA DO ESPAGUETEIRO PAPYRUS - ele faz uma pose que ele sempre faz que todos sabem X3

- eu iria adorar mais de Flowey estivesse aqui... - Sans fala num tom deprimente e pra baixo e barulhos de Passos eram ouvidos 

- Howdy !!! - Asriel aparece atrás de todos e Sans olha pra Asriel Assustado e depois começa a chorar 

-Asriel? Asriel!!! - Sans corre até ele e pula em cima dele e o beijando em seguida mas... Ele não retribuiu que Sans estranhou isso é para o beijo - oque foi Asriel? Estar com vergonha? Todos já sabem disso - Asriel fica olhando pra Sans como se procura se algo que não conseguia achar e.começa a coçar a nuca 

- ham.... Quem é você exatamente?

 

CONTINUE....

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Bom pessoal

Eu acho que é só

Por hoje

E até amanhã

Byeee e obrigado por ler esse cap u.u


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...