História Amor pscicopata - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Eunwoo, Sanha
Tags Astro, Eunha, Kpop, Sanwoo, Woosan
Visualizações 18
Palavras 1.425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu não sei PANPAN TUTURURURUTURUTURU PANPAN TUTIRURUTITIRIRUTUTU

Capítulo 13 - Grupo de família


POV KAI ON (ainda)

 

E, mais uma vez, eu pude ver desespero no olhar de EunWoo Hyung. Ele estava sem reação ao escutar o mais novo questionar quem ele era.

 

- SanHa você não se lembra de mim? – O mais novo balançou a cabeça negativamente em resposta a EunWoo – Eu sou EunWoo! DongMin Hyung! Seu oppa! Como não se lembra? – Ele estava começando a ficar muito eufórico, então  coloquei a mão em seu ombro.

 

- EunWoo, temos que levar ele para o médico. – Digo sério enquanto via uma lágrima cair do olho de EunWoo

 

- Não estou conseguindo entender.... Como ele esqueceu? – Ele falou cabisbaixo.

 

Logo após isso, risadas doces e altas puderam ser ouvidas vindo de SanHa.

 

- Isso foi por mentir para mim! – Ele disse rindo e logo uma expressão meio brava se formou no rosto de EunWoo 

 

- Yoon SanHa seu... Aish! Quase me matou! – Ele fez bico 

 

- Eu juro que não faço mais isso.

 

- Então você não tinha desmaiado? – Perguntei confuso

 

- Sim. Eu realmente desmaiei. Mais esse negocio de esquecer foi só para dar um sustinho no Hyung. 

 

- Sustinho?! – EunWoo diz escandalosa – Eu quase tive um infarto!

 

- Desculpa – SanHa disse gargalhando 

 

- Mais... porque desmaiou? -EunWoo Hyung falou preocupado 

 

- Hmm.. Não sei. Só... Eu fiquei muito tonto e meus olhos fecharam sozinhos.

 

- Eu acho que é melhor levar você ao médico. – Completei arrumando meu cabelo

 

- Médico?! – Vi uma expressão de medo se formar em seu pálido rosto – Nem fodendo.

 

- Tem medo de hospitais? – Perguntei segurando uma risada que poderia ofender ele.

 

- Dá última vez que eu fui em um hospital, eu fui “indicado” a ficar em um hospício junto com um montão de caras entre 30 e 50 anos. O pior não era nem a idade deles!

 

- Hmmm... -Eu e EunWoo nos olhamos e voltamos a encarar SanHa

 

- Ah é isso mesmo. Vocês pensaram certo. – Ele percebe nossa cara de surpresa e espanto – Eles tentavam transar comigo mais eu sempre arrumava um jeito de me safar. 

 

- Deve ter sido horrível. – Falei em conjunto com EunWoo

 

- E foi! Teve uma vez que eu fui estuprado por uns 10 caras! 10 FUKING CARAS VELHOS! 10 CONTRA 1! – Ele me parecia estar bem puto.

 

- Como é que você ainda tá vivo? – EunWoo perguntou muito aflito 

 

- Ah eu não sei.

 

- Não acha ironia? O estuprador foi estuprado. – Falei em tom de brincadeira mais eles não me pareciam ter gostado da brincadeira. – Ah me desculpem. Não queria ofender.

 

{QUEBRA DE TEMPO}

 

Já fazia uns 10 minutos que eles foram embora de minha casa. O nosso trabalho estava impecável. Era 10 na certa. EunWoo Hyung é realmente muito inteligente e SanHa-Ssi não é nada menos do que um gênio. 

 

Sobre Eunwoo, sim, eu tenho uma puta de um penhasco por ele. Eu gosto dele desde criança mais ele nunca me pareceu ligar para mim como mais do que um amigo. “Mas a primeira vez de vocês foi um com o outro” Simples, aos 15 anos os hormônios tão estourando, e, ainda por cima, foi um desafio. “Mais foi bom?” definitivamente não. O EunWoo insistiu em ser ativo mais eu não queria de modo algum ser passivo. Acabou que eu fui o passivo e eu não senti nada além de dor e vergonha. Ele quase não gemia e acho que nenhum de nós 2 tínhamos gostado daquele dia. Foi um dia que preferimos apagar da memória. Mais uma coisa que já foi comprovado é “Quanto mais tenta esquecer, mais você lembra”.

 

Eu ainda amo muito Cha EunWoo mais eu hoje percebi que nem seu nome real eu sei. Eu sempre achei que fosse Eunwoo mais é Dong alguma coisa. Eu me odeio. 

 

“você não tem raiva do SanHa” eu amo Eunwoo mesmo com ele amando SanHa. E, se ele se sente Feliz com SanHa, prefiro ver ele Feliz ao lado de outro do que infeliz ao meu lado.

 

POV KAI OFF

 

POV SANHA ON 

 

Quando chegamos em casa, só comemos e comemos. Estávamos mortos de fome. Quando estávamos ambos prontos para durmir, é possível escutar a campainha. Desço para atender já que o Hyung estava no andar de cima e eu estava mais perto. 

 

Abro a porta sorrindo de forma bonitinha. Quando percebo quem estava ali meu sorriso se desfaz.

 

- O que você está fazendo aqui? – Digo soltando um suspiro pesado – É como sabe que eu estaria aqui, Dahyun?

 

- Ah é assim que você recebe sua prima?! Vou me lembrar disso.

 

Antes que eu me esqueça, essa é Kim Dahyun. Minha prima de consideração.

 

- Porque a casa da frente está toda queimada?

 

- Ali era minha casa. Meus pais morreram naquela casa. – Digo apontando para as cinzas do outro lado da rua – Eu sobrevivi e agora estou morando aqui junto a meu amigo.

 

- Ah eu lamento por você...

 

- Não lamente. Se lamentar não vai mudar o fato de que estão mortos.

 

Escuto passos descerem a escada e logo a voz grossa do Hyung solta um “Quem é?” Antes mesmo de ele chegar a porta para ver a pessoa que havia tocado a campainha.

 

- Hyung, tenho que te apresentar uma pessoa. – Ele olha para Dahyun e acena.

 

-Por favor entre. Aí fora está frio. – Todos nos sentamos no sofá. – Então, quem é você? – DongMin disse sendo educado

 

- Meu nome é Kim Dahyun e eu sou a prima do SanHa.

 

- Prima? – EunWoo Hyung nos olhou confuso – Não vejo nem uma mínima semelhança.

 

- É prima de consideração. A mãe dela gostava da minha mãe por algum motivo que eu não entendo. 

 

- Ah faz sentido.

 

Uma conversa meio brisada surgiu e me pareceu muito que Dahyun estava se atirando para cima de EunWoo. Até que enfim ela soltou uma frase que eu tive a certeza disso.

 

- SanHa, eu vou dar uns pega nesse teu colega. – Ela riu mais nois dois ficamos com uma baita vergonha alheia dela.

 

- An... Acho melhor você voltar para sua casa.

 

- Eu moro em outra cidade!

 

- Ann... Hotel?

 

- Trivago.

 

- Eu não quero você aqui. – Eu discutia com Dahyun enquanto o Hyung ficava calado

 

- Não vai me dizer que esta com ciúmes porque eu estou dando em cima dele?

 

- Mais é claro que não! – Falo corando um pouquinho 

 

- Ah não... SanHa você é gay?

 

- Eu sou sim... – Digo com audácia. Nossa família era simplesmente super homofóbica.

 

- Eca SanHa! Vocês me enojam! Eu vou embora daqui e espalhar para toda a família que Yoon SanHa é um viadinho que dá o cu! Vou contar para todos que você é gay e eles vão te desmerecer!

 

- Que seja. – Ela sai batendo os pés e eu suspiro.

 

- Deixa eu adivinhar: Família homofóbica?

 

- Acertou.

 

- Não ligue para isso SanHa. – Ele segura minha cintura e me da um selar demorado. Escuto um barulho que parevia uma camera tirando uma foto mais simplesmente ignoro. Devo estar escutando coisas! - Venha, vamos dormir.

 

Fomos nós deitar e EunWoo pega no sono. Sinto meu celular vibrar e vejo que tem algumas mensagens.

 

CHAT ON

 

Dahyun te adicionou no grupo 

 

Dahyu mudou o nome do grupo para “família”

 

Dahyun adicionou Tio Jeff

 

Dahyun adicionou Tia Sôra 

 

Dahyun adicionou Madrinha 

 

Dahyun adicionou Padrinho 

 

Dahyun adicionou Tio Zueiro 

 

Dahyun adicionou Tia Chata 

 

Dahyun adicionou Vô racista 

 

Dahyun adicionou Bisavó hater 

 

Dahyun: - Olá família! Criei este grupo para fazer uma revelação.

 

Padrinho: - FUDEU,  quer ver que tem algo haver com viado.

 

Vô racista: - Eca! Deus me livre! Se Dahyun virar gay eu juro que me enterro de uma vez!

 

Bisavó hater: - Se tiver gay nessa família vai é ser uma desonrra.

 

Tio jeff: - A família toda tá aqui?

 

Tia Sôra: - Todos os membros da família estão participando deste grupo online.

 

Tia chata: - CONTA A NOTÍCIA PARA NÓS DAHYUN 

 

Madrinha: - Desliga o capis lóki!

 

Tia chata: - É COMO FAZ ISSO?

 

Tia Chata: - Atá, eu descobri.

 

Dahyun:- Posso falar?

 

Padrinho: - Fala logo menina.

 

Dahyun enviou uma foto(era uma foto de eu beijando o Hyung)

 

Eu: Desgraçada 

 

Madrinha: - O SANHA É VIADO?!

 

Bisavó hater: - QUE NOJO

 

Vô racista: - VOCÊ É UMA DESONRRA A ESSA FAMÍLIA YOON SANHA!

 

Você saiu do grupo “família”

 

CHAT OFF

 

Eu senti um ódio tão grande de Kim Dahyun....

 

- FILHA DA PUTA!! – Gritei furioso me esquecendo que Eunwoo estáva dormindo ao meu lado. Ele acordou aflito e assustado

 

- O que foi?! 

 

 

...

 

 


Notas Finais


Sorry qualquer erro 🙆

Sei que esses caos tão ruins mais vão melhorar eu juro

Fui ler uma fic e agora toda vez que eu escuto "Rock and roll lullaby" eu choro rios lembrando da fic. O nome da fic é "A proposta". É muito topster (cofcof panfletando cofcof).

Bjoos💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...