História Amor Psicopata - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Tags Creppypasta, Jeff The Killer
Visualizações 30
Palavras 1.121
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Oiiii bbs, eu estou reescrevendo essa historia, ela é minha de 2014 mas tava horrível e é da minha antiga conta, muita coisa foi mudada então ela é praticamente nova, espero que gostem beijos amores to super animada :3

Capítulo 1 - Uma noite diferente


Era uma linda e calma noite comum, Kethleen e Luiza caminhavam lentamente, elas procuravam a vítima da noite, a brisa de começo de primavera deixava a rua mais suave e calma, as duas caminharam até uma casa branca de telhado vermelho, estava todas as luzes apagadas, uma fácil presa por assim dizer.
Kethleen vestia uma calça preta, tênis all star vermelho de cano médio e um moletom preto, meio antigo já, afinal a mesma usava ele todas as vezes que ia "caçar" uma nova vítima, ele tinha algumas, poucas manchas de sangue, já Luiza, usava uma regata preta, calça jeans escuras e botas pretas, Luiza sempre foi extremamente vaidosa, afinal, ela sempre foi uma linda menina de olhos verdes e cabelos escuros quase pretos, seus longos cabelos estavam soltos, e por isso voavam ao vento, Kethleen admirava isso em Luiza, só não gostava quando Luiza resolvia escolher as roupas dela pra sair, mas quando Keth queria também que arrumava, agora seus cabelos estavam meio curtos, estavam um pouco abaixo dos ombros, como Kethleen usava moletom ,o capuz ficava por cima do cabelo.
-então Luh, o que você acha daquela casa? Não é um prato cheio para nós? -perguntou Keth rindo
- claro que é,vamos lá -disse Luh, ambas pularam o muro da casa e abaixadas foram em direção a porta dos fundos,Keth pos o capuz por pura mania, ela gostava de como ficava, as duas pegaram suas facas, Luiza usava um facão extremamente afiado, já Keth  uma faca de cozinha, era precisa e rápida.
As duas caminharam lentamente e entraram na casa, rapidamente notaram que no andar de baixo não havia ninguém, então subiram as escadas, tinha somente 4 portas, Luiza olhou na primeira, e Keth na segunda, quando ouviram um som no final do corredor, Keth disparou para lá, quando abriu a porta ficou parada, Luiza que estava atrás ficou preocupada e foi até lá, Keth cautelosamente foi mais para dentro do quarto, quando Luiza viu a cena ficou paralisada, estava uma garota ruiva na cama morta já, tinha sangue por todo quarto  mas o que mais preocupava as duas era o homem que estava lá, o homem que uma vez, Kethleen já chamou de meu amor, agora, ele era mais conhecido por todos por outro nome, o nome que fazia todos temerem por suas vidas, seu nome era Jeff...Jeff The Killer
- a quanto tempo, você cresceu, mas sinceramente, você era mais feminina antes, era bem mais bela- disse Jeff indo em direção de Keth que estava paralisada assim como Luh, mas Luh via lágrimas nos olhos de Keth,ela era a melhor amiga de Keth, ela sabia exatamente o que ela sentia, ela amou Jeff como ninguém nunca amou alguém, ele fez tanto mal a ela, dizia Keth que tinha ódio por ele, mas Luiza sabia que não era verdade, era um sentimento indescritível, mas ódio não era.
-você me abandonou- foi a única coisa que Keth disse Jeff tirou o capuz dela e ficou olhando nos olhos dela
-você era fraca Kethleen, você só ia me atrapalhar, você nunca será uma assassina melhor que eu-Jeff falou sério fazendo pouco caso dela, ela sem pensar duas vezes pulou na direção dele, ela queria esfaquear ele mas ele era rápido demais, ele se desviava facilmente, em um golpe só ele pegou o pulso dela fazendo ela largar a faca e jogou ela no chão, ele foi até ela e sussurrou
-viu? Continua fraca, tão fraca e patetica que posso te matar agora e....- Jeff ia terminar, mas foi atingido na cabeça e desmaio, a autora da agressão foi Luh, ela olhou preocupada para Keth,ela esperava uma feição suave dela mas não, ali estava o lado dela que até Luiza, sua melhor amiga e quase irmã tinha medo, era a verdadeira face de uma psicopata.
- ele morreu? -perguntou Luh, Keth foi checar o pulso dele e fez uma careta de quem comeu e não gostou
-não, vaso ruim não quebra, agora vamos embora, já cansei disso, eu até chamaria a polícia pra prender ele, mas ele ia se divertir matando os policiais, então, vamos deixar esse imundo aqui-disse Keth se levantando, colocando o capuz e saindo do quarto, Luiza fez o mesmo, elas saíram de lá rapidamente, já na floresta as duas andavam, não iriam correr, ambas não estavam com pressa, Keth passou o caminho todo em silêncio, Luiza não quis tirar esse momento reflexivo dela, então só quando elas entraram no lar delas que era uma casa grande no meio da floresta Luiza resolveu falar
-você esta bem?- perguntou Luh a Keth que sorriu fraco, se sentou no sofá e tirou o moletom, ela jogou num canto e ficou olhando para Luh
-fazia 7 anos, estava tudo tão bem, eu nem pensava muito nele, como pode um amor juvenil de adolescente ainda mexer comigo? E pior, mexer com uma assassina? - falou Keth muito pensativa
-não sei, a vida é doida, eu sinto falta de Liu, fazem 7 anos também que perdemos ele, eu não consigo acreditar que Jeff o matou- disse Luh
-acho melhor irmos dormir não acha? - disse Keth a Luh, ela apenas assentiu com a cabeça, Luh ainda resolveu tomar agua antes de ir dormir, Keth subiu direto, quando chegou no seu quarto notou que seu cobertor estava desarrumado e tinha alguém dormindo ali, ela simplesmente colocou o pijama e deitou, quando ela deitou, o serzinho se manifestou, era seu cão amado, Luke Skywalker, mas ela só chamava de Luke,ela se abraçou no cachorro e fez carinho nele, ele era um husky siberiano de olhos azuis e pelo macio, ela ficou abraçada nele até dormir.
Luiza estava deitada na cama, junto a ela estava Mel, a pequena cachorrinha dela, ela sempre amou os cachorros pequenos e Keth os maiores, Mel era uma York Shire, Luh amava muito ela, adorava passar tempo com ela, ela ficou fazendo carinho dela por um tempo , seus pensamentos estavam em Liu, e em Keth e Jeff, ela teme por eles voltarem, Jeff é um psicopata imprevisível e Keth é instável, ela odiaria ver eles se matando, com esses pensamentos, ela acabou por dormir.

Sentado numa árvore, uma das que rondavam a casa das meninas, estava sentado ele, ele nunca tinha abandonado ela, smile sabia se fingir como um cão normal, Jeff ria so de lembrar que o cachorro que Keth tanto amava tinha mais significado para Jeff de que pra ela, era um jeito de proteger ela, e funcionava, ate esse momento, ele a queria de volta, queria possuir ela, queria fazer dela, sua de novo, mas ao mesmo tempo, viu o que ela se tornou e sabia, não seria fácil como antes, mas seria sem duvida alguma divertido.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, beijos e comentem por favor, sua opinião é muito importante


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...