História Amor Químico ( Marichat) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Personagens Originais, Plagg, Tikki, Tom Dupain
Tags Marichat Química
Visualizações 106
Palavras 1.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá,meus queridos leitores , obrigada pelos comentários até então.
Então eu estou pensando em pedir uma meta para os próximos capítulos de favoritos e comentários.
O que você acham ? Devo ou não pedir ?

Deixem nos comentários.

Obrigada pelos 55 favoritos .


Eu desejo uma boa leitura.

Capítulo 24 - A decisão de Chat Noir.- parte 02



___   Como eu posso ser filho daquele desgraçado ?  -  o gato  sacando o seu celular para ligar para o pai dele.
__   Chat!  -   a garota chamando a atenção dele ainda deitada na cama e vendo ele muito nervoso.

__   Sim, minha princesa ?!  -  o gato se virando para ver a garota deitada na cama e com o seu celular na mão .

__  O que vai fazer ?  Vai contar para o seu pai sobre a fórmula Sabine ? -  a garota colocando  a fórmula contra o peito  e com medo com o que o gato vai fazer quando ligar para o seu pai.

__   Eu vou ligar para aquele desgraçado do meu pai ,  eu não vou contar sobre ...    -   o gato começando a responder á pergunta da garota   -    Espera , o nome da fórmula é Sabine ?   -   o gato perguntou para a garota  sobre o nome da fórmula e arqueou  a sobrancelha cheio de dúvidas.

__   Sim, é o nome da minha mãe falecida, o meu pai deu em homenagem a ela  -    a garota ficando aliviada com o que o gato havia dito para ela.

__   É um belo  nome ,  o nome da minha mãe era Le Paon  -   o gato  elogiando o nome da sogra falecida  e contou para a garota   o nome da sua mãe falecida .


__  É um belo nome também  -   a garota devolvendo o elogio do gato e vendo ele colocando  o celular no ouvido e esperando  para que o seu pai.

~ * *~ 

Narradora Online (   Paris -  Na mansão dos Noir  -  No escritório ).

Hawkmoth estava esperando um telefonema do seu filho que o havia enviado para Roma para capturar a fórmula Sabine.
Ele estava em pé  ,olhando para a janela, vendo um incio de grande tempestade  que ia cair em Paris , ele já ouvia  os raios e trovôes avisando o  incio da tempestade.
O cientista do mal amava as tempestades ,  era o seu clima favorito ,  odiava os outros climas  como um céu lindo e ensoralado.

Estava muito feliz, foi quando o telefone começou a tocar altamente e fez sair do estado de ânimo  .
O cientista se virou para sair da janela e de sua observação  , foi em direção a sua poltrona  para se sentar  e atender o telefone que ainda tocava bem alto.


-  Ligação Online  (   Paris  ( Hawkmoth )  -   Roma (  Chat Noir )  -  

[ ...]  

Olá,meu filho . Já chegou em Roma ?  -   o cientista atendendo a ligação do filho  e fingindo uma grande tristeza e saudade do filho dele .

-  Cheguei ,pai  -   o filho confirmando  a chegada do pai dele  e tinha uma voz de profunda irritação com o fingimento do seu pai.

__  Encontrou a fórmula de Le Paon ? -   o cientista  perguntou sobre  a fórmula e rebatizando o nome dela  para homenagear  a sua esposa falecida.

__  Antes que eu responda a sua pergunta , pai , quero perguntar algo para você  -  o gato odiando o pai ter mudando o nome da fórmula e ainda muito nervoso com o seu pai.

__  Sim,meu filho, diga -   o cientista dando a permissão ao filho e sorrindo maldosamente em seu escritório .

__     Acaso você me usou para pegar a fórmula do seu rival e mentiu sobre ser o verdadeiro dono da fórmula ?  -   o gato tentando a fazer   a pergunta com mais calma possível.

__  Meu filho, eu não sei sobre o que está falando ?  -   o cientista do mal começando a rir bobamente durante a ligação do filho que o deixou muito irritado do outro lado da linha.

__   Quero a verdade ,pai !  Me usou ou não ?  -   o gato odiando  a risada boba do pai dele  e  querendo saber a verdade dele.

__  Ah ,meu filho  -  o cientista começando á rir  mais ainda  -  Sim, eu usei você, você foi tão fácil de manipular  , tipo, você vindo carente da minha atenção , então eu  pensei por mim mesmo  ´´  Eu vou usar do bom coração do meu filho `` , e pronto e você compreendeu o que queria -    o cientista contando toda a verdade e rindo bem alto.


__   Ah...  -   o gato começando a ficar mais nervoso do seu pai  -   Então você quer a minha resposta para a sua pergunta anterior depois que você atendeu a ligação ? -  o gato falando com a sua voz cheia de raiva.

_  Sim,meu filho  -  o cientista respondendo a pergunta do filho e ignorando  a raiva do filho.

__   Ah, encontrei a fórmula, o nome dela é Sabine , eu nunca vou dar para você,porque o senhor me usou para obter o que quer -   o gato começando a responder   e os seus olhos viraram fendas profundas.

__  Então traga a fórmula para e pare de ser mimado  -   o cientista ignorando mais uma vez  a raiva do filho e   exigindo para que ele pare de ser mimado .


__    Eu nunca vou dar a fórmula para você , porque o senhor é um MENTIROSO, UM DESGRAÇADO  E ABUSADOR -  o gato negando a ordem e gritando e xingando o pai dele.

__  Eu ,por acaso, ouvir você gritando Chat ?!  -  o cientista começando a perder a paciência e anotando a raiva do filho pela primeira vez depois que a ignorou das outras vezes.


 __    Sim, pai -   o gato parando de gritar  e mantendo a sua voz de raiva.
__   Eu não vou entregar a fórmula ,pai e pare de ser invejoso!  -   o gato desligando o celular na cara do pai dele


[ ...]
-  Ligacão Offline -   (  Chat Noir   (  Roma )  -   Paris ( Hawkmoth ) 

~ *  Narradora Online -   Depois que o gato desligou  o celular na cara do seu pai.


Hawkmoth ainda não acreditava que o seu filho tinha desligado na sua cara dele  e também não acreditava na traição do filho dele em desobedecer uma simples ordem vinda dele.






Notas Finais


Por favor, leiam as notas inciais
Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...