História Amor Químico ( Marichat) - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Personagens Originais, Plagg, Tikki, Tom Dupain
Tags Marichat Química
Visualizações 215
Palavras 1.202
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Lemon, Luta, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá,meus queridos leitores , obrigada por optar nos comentários.
Então eu decidir fazer todas as opções passadas.

Obrigada mesmo, espero que gostem do capítulo de hoje.

Capítulo 26 - O Jogador - parte I


~*  Narradora Online  -  Roma -  No hotel Montavi  -   No quarto de hotel.


A garota queria lutar contra aquele modelo lindo  e musculoso, mas quando ele começou  a beijar ela com aquela intensidade , ela se entregou totalmente aos desejos do gato, se deixando levar por aquele gato lindo e forte.

Marinette entrelaçou os seus braços no pescoço musculoso dele, levando as mãos nos cabelos dourados dele, segurando - os com firmeza ainda mais .

Os dois começaram a se deitar na cama do hotel , beijando apaixonadamente , se sentiram apenas um só coração , uma só alma e um só corpo.

 Dentro de suas bocas , as linguas dançavam dentro  de suas bocas , os sabores se misturavam  perfeitamente, menta e hortelã.

  Está  indo bem, até  que o cientista Plagg entrou no quarto deles,  viu de olhos arregalados  , o casal se beijando ardualmente  e deitado  na cama.

~ * * ~

___      Credo, ainda se beijando ?  -   o cientista Plagg interrompedo com cara de nojo  do casal se beijando  -   Eu estava pensando que já tinha parado há algum tempo  -   o cientista vendo o casal se separando de repente por causa dele.

__   Estamos indo bem, até você interromper  -   o gato modelo começando a brigar com cientista em pé na porta  e enquanto a garota corava em todos os tons de vermelho de vergonha embaixo do gato.


__  Sinto muito, Romeu  -  Plagg dando desculpas irônicas  para o gato que ainda estava abraçando e deitado na cama ao mesmo tempo com a garota que estava muito vergonhada por causa disto.


__   Isso , brinca com fogo -  o gato ainda mais nervoso com  o cientista que cruzava os braços  -   Estamos quase fazendo amor  ,  bem que quando iamos começar, você interrompeu  -   o gato saindo de cima da garota para ficar em pé.


__   Espere!!  -  o cientista fazendo um gesto de pare com uma das mãos depois que desfez o cruzamento dos braços  -   Então , o  relanciomamento é sério ?!  -  o cientista ficando espantado com o casal  -   Pensei que você ia se aproveitar dela por causa dos meus músculos bem trabalhados , para depois pegar  a  fórmula para a fórmula para o seu ....  -   o cientista achando que o gato ia se aproveitar dela  para pegar a fórmula com o seu charme e seus músculos.


__ Não fale daquele cretino, ele me usou para conseguir á fórmula  -   o  gato  advertindo o cientista já de pé   e indo até ele sem camisa e garota permaneceu na cama.


__  Primeiro, antes de brigar ou confortar comigo  -  o cientista fazendo  um gesto de parar para o gato zangado  -    Primeiro, vista  a sua camisa,porque ainda está sem camisa, senhor músculos  -    o cientista pedindo para que o gato vista a sua camisa de maneira irônica .


__   Ah sim, obrigada por lembrar, seu chato  -  o gato aceitando o pedido dele  e cerrando os dentes ao mesmo tempo.


__   Calma, senhor músculos -  o cientista vendo o gato cerrando os dentes dele   -    Estou aqui por um motivo -  o cientista ainda mantendo calma dele e falando que estava por um motivo.


__  Espero que o motivo seja bom -   o gato começando a se afastar dele e  indo pegar a sua camisa para vestir.


__  Ah,minha nossa, cadê a fórmula do meu pai ?  -   a garota voltando para a realidade e vendo que a fórmula não estava mais nas mãos dela  e começando a procurar pela cama.


___   Está ali, minha princesa -  o gato chegando ao  lado da cama e apontando para a fórmula que estava na beira do fim da cama enquanto pegava a camisa dele do outro lado da cama.


__  Obrigada ,meu gatinho  -  a garota olhou para a direção que o gato apontou  , ficando de quarto para pegar a fórmula do pai dela  e a agradecendo o gato quando pegou de volta.


__  E tal motivo que você quer dizer para gente, cientista ?  -   o gato pegando a camisa dele , batendo ela e começando a vestir  a camiisa .

__ O meu nome é Plagg, senhor músculos -  cientista se apresentando para o gato enquanto via ele vestindo a camisa dele e chamando ele de novo pelo apelido que criou.


__   O meu nome é Chat Noir  -  o gato vestindo a camisa novamente e se apresentando para o cientista  -   E o qual é motivo da sua entrada tão repentina ?  -  o gato refazendo a sua pergunta novamente.


__  O meu motivo vai ser explicado, o senhor Montavi está chamando todos para a sala do cofre dele, senhor músculos , inclusive você  e a Marinette  -   o cientista respondendo a pergunta do gato e informando para os dois.


__    Tudo bem  -   o gato estendendo a mão para ajudar a garota  -   Quero te pedir uma coisa para você  -   o gato olhando seriamente para o cientista enquanto a garota esticava o braço para pegar a mão do gato .


__   Diga,senhor músculos  -   o cientista aceitando e vendo a cena do casal do lugar que ainda estava.


__   Pare de chamar de   ´´ senhor músculos  ´´´  , é um apelido bem irritante  -   o gato pedindo para que o cientista pare de chamar o gato pelo apelido que criou para ele.


__   Tudo bem, Chat  -  o cientista aceitando o pedido do gato   e dando de ombros .


__ Que bom,muito obrigada....   -  o gato começando a agradecer o cientista  até que ...


__ Ainda tenho outros apelidos referentes aos seus músculos -  o cientista começando a deixar o quarto de hotel.


__  Ora, seu....  -   o gato começando a ficar com muita raiva dele e também que algo fez parar.


__  Calma, meu gatinho , ele só quer pertubar a gente , deixe ele -   a garota colocando a sua mão livre no peito dele e pediu para que o gato se aclama-se.


__  Somente o seu toque me aclama -  o gato parando com o efeito da calmaria da garota ao sentir a mão dela tocando em seu peito e olhando bem fundo nos olhos safiras dela.


~ * * ~


Depois que o cientista Plagg saiu do quarto depois de interromper o casal para avisar sobre o chamado do cientista - chefe  .

Marinette conseguiu aclamar o gato  e  ambos  saíram juntos do quarto  para ir atrás do cientista.

 

~ * * ~


~* Narradora Online -  Paris  -   Na mansão dos Noir  -   No escritório de Hawkmoth.


Depois de muito tempo de procura na lista telefônica por alguém que faça o serviço sujo para ele.

O cientista encontrou  alguém ideal para fazer o serviço de pegar a fórmula para  ele no lugar do filho traidor.

Colocou o seu dedo indicador  no anúncio que o interessou e começou a ler ele.


~ * * ~


Jogador , um homem para qualquer tarefa .

Eu sou Jogador, eu faço o que me pedir , de uma maneira fácil e rápida ,
Não faço perguntas , nem demoro muito para fazer.
Combino o valor com cliente sem perguntas ou demoras.

Me ligue .  *  555 .....


Notas Finais


Espero que gostem.

Agora as novas opções.

A- O senhor Montavi vai dizer que para os outros que a fórmula precisa ser guardada em um novo local.

B- O Jogador chega a mansão dos Noir e exige uma alta quantia de dinheiro para o que ele faça o serviço.

C - O Jogador exige por uma ajuda á mais para Hawkmoth


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...