História Amor Químico ( Marichat) - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Personagens Originais, Plagg, Tikki, Tom Dupain
Tags Marichat Química
Visualizações 64
Palavras 1.214
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá,meus queridos leitores, muito obrigada pelos 60 favoritos, estamos quase chegando aos 100 favoritos.
As opções para a história vão continuar , deixe a sua opção favorita nos comentários.
Espero que gostem do capítulo.

Tenham uma boa leitura.

Capítulo 29 - Um novo local para a fórmula Sabine - segunda parte.



___   Parece que o Plagg está usando a mente para variar -   Jacob ficando impressionado com a agilidade de pensamento do seu colega -   Geralmente ele usa o cérebro  para pesquisa boba do queijo amado dele -   o cientista começando a esbocar a pesquisa  do colega.
___   Ora, seu chato, se acha melhor do que todos ?!  -  Plagg começando a enrolar as mangas querendo brigar com o engraçadinho  -   Ninguém critica o meu precioso ou meu pegajoso  -   o cientista com os braços de fora  e gesticulando com  um dos braços para Jacob -  Vem , me encare , seu filhinho de mamãe  -   o cientista se aproximando mais do colega.
__    Já chega vocês dois -   o cientista Montavi  pedindo para que Plagg pare de brigar  com Jacob  -   Jacob, peça desculpas por ter tido aquilo  ao Plagg -   o cientista - chefe pedindo para que o Jacob peça desculpas sobre as palavras que havia dito sobre  a pesquisa  do colega.

___   Mas....  Mas....  Mas...  , Ele me chamou de filhinho da mamãe  -  Jacob começando  a argumentar sobre que o colega tinha chamado ele de ´´  filhinho da mamãe ´´  para o cientista - chefe.

__  É melhor do que se chamando de palavras feias,  Jacob , Pare de agir feito uma criança , eu não sou a mãe de ninguém   -   o cientista - chefe  considerando que as palavras de Plagg era mais educadas do que um simples palavrão  e o cientista - chefe se cansado de bancar a mãe de todos.

__  Eu vou pedir desculpas , assim que Plagg prometer não me bater -  Jacob tomando uma decisão e pedindo para  o cientista - chefe que somente ia pedir desculpas para o colega se o mesmo prometer não bater nele.

__   Ás vezes eu acho que o Plagg tem razão de ter  chamar de ´´ filhinho da mamãe  ´´     -   Pollén concordando em parte com o Plagg e o senhor Montavi -   É que você tem muitas atitudes infantis -   a cientista - abelha dando um duro golpe no colega .

___   Ah, fica quieta, Pollén -  Jacob exigindo para que a colega fique quieta  -  Ninguém  a convidou para entrar na conversa -  Jacob  brigando com a cientista que deu de ombros antes de responder para ele.

__  Está vendo ?!  É tipo de atitude que você sempre tem , Jacob -   Pollén vendo a nova atitude do colega e jogando os cabelos dela para atras e depois gesticulou com a mão -   Peça desculpas ao Plagg, que ele vai prometer não te bater -   a cientista dando um conselho para  ao colega.

___  Ah, agora vão parar ?!  -  o cientista perguntou aos três cientistas já começando a perder a sua paciência -  Plagg, promete não bater no Jacob  -   o cientista Montavi  pedindo para que o cientista Plagg prometer não agredi o Jacob.

__   Prometo -  o cientista aceitando o pedido e começando a se afastar de Jacob  e indo para outro o lado.

___  Vocês encaram isso ?  -  Alya perguntando para Tikki , Trixx  e Wyazz   sobre as contrastes brigas entre Plagg e Jacob.

___  Sempre -  os três cientistas respondendo á pergunta de Alya em coro  e suspirando baixo de tristeza.

__   Agora, Jacob, pelo amor de Deus, agora que o Plagg prometeu não te bater , peça desculpas á ele -  o cientista - chefe implorando para que o cientista Jacob  peça desculpas ao Plagg.

__  Está bem, me desculpe , Plagg -  Jacob  pedindo desculpas para o colega e ficando em silêncio  logo ápos.

__  Tudo bem, eu aceito -  Plagg aceitando as desculpas  do colega e encostando na parede depois que aceitou o pedido desculpas de Jacob.

__  Que bom que se resolveu , agora , vamos voltar á discustir um local novo para guardar a fórmula Sabine -   o cientista ficando grato por tudo que aconteceu e retornando a conversa principal sobre o novo local da fórmula.

~* *~ 

Depois que todos retornaram depois que a conversa principal sobre um novo local para guardar a fórmula Sabine das mãos de Hawkmoth para que o mesmo realize os seus planos de ganhar rios de dinheiro.

Enquanto os outros estavam discutindo sobre um novo local, Marinette aproveitou a situação  e começou a sair de fininho  para que ninguém perceba que ela havia saído com a fórmula em suas mãos  , deixou a sala do cofre e começou a caminhar sozinha pelos corredores do hotel.
  Chat percebeu que a amada havia saído da sala do cofre  e decidiu seguir ela em silêncio.


~ Narradora Online >  Itália >  No hotel Montavi >  Nos corredores do hotel.

Marinette ainda sentia culpada por envolver todos por causa da fórmula Sabine que ainda segurando em sua mão, durante a sua caminhada solitária nos corredores, Marinette começou a pensar que a fórmula trazia mais confusão do que benefícios,  que nem anotou que o gato a seguia poucos passos atrás dela.
Marinette abriu a mão que segurava a fórmula Sabine ,   ficou olhando para aquele pequeno frasco com um líquido azul, ao ver a cor da fórmula , a azulada se lembrou que a cor era parecida com os cabelos de sua mãe falecida.
Respirando bem fundo  e deixando uma pequena lágrima caindo em seu rosto de porcelana, Marinette encontrou uma cadeira  , se aproximou dela  , sentou - se nela  , fechou a mão com a fórmula novamente    e abraçou as pernas.

~ * * ~ 

__  Por que está deprimida ,minha princesa ?   -   o gato perguntou quando chegou perto da azulada abraçando as pernas dela e depois se sentou ao lado dela em uma outra cadeira.

__   Estou pensando que a fórmula do meu pai, trouxe mais confusão do que benefício, eu trouxe as minhas amigas  para o centro da confusão  -  Marinette começando a chorar baixo enquanto respondia á pergunta  -  Ás vezes eu queria que a fórmula não existesse para eu continuar com a minha vida normal -   Marinette chorando muito alto.

__   Nem tudo foi ruim, até as coisas ruins tragam as boas -  Chat tentando consolar a Marinette sendo sábio com ela.

__   Como assim ?!  -  Marinette tirando a cabeça dela  das pernas, virando - se para o gato  com os olhos cheio de lágrimas .

__   Parece um anjo chorando -  Chat se levantando - se ao lado dela  e a pegou a mestiça com seus braços fortes de sua cadeira .
__   Chat ....   -   Marinette ainda com os olhos cheio de lágrimas  e sentindo que o gato a segurava em seus braços e sentindo o seu coração bater ainda mais forte.
___   O que queria dizer ,minha princesa -   Chat voltando para a sua cadeira  e sentando - se com a mestiça em seus braços  -   É que você me conheceu  -  o gato limpando as lágrimas da garota do seu rosto com cuidado  -   Nem tudo na vida vai ser um mar de rosas  -   o gato falando para a garota  e citando um ditado popular para a garota.

__  Tem razão, Chat -  Marinette se aninhando no peito de Chat     e ficando em silêncio .

__   Eu vou sempre estar com você  -  Chat  abraçando a garota  e beijando a sua testa dela.
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Desculpe por qualquer erro.

Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...