História Amor real - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Carrie Diaries
Personagens Personagens Originais
Visualizações 12
Palavras 1.206
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vai aí mais um capítulo de "Amor real", espero que gostem...

Pretendo postar um capítulo por dia!
Assim fica mais fácil de acompanharem!

Bjs...

Capítulo 3 - Amigos para sempre


Fanfic / Fanfiction Amor real - Capítulo 3 - Amigos para sempre

Lembro-me bem da Primavera de 2007. Amélia e eu estávamos na sua casa na árvore. Fizemos uma promessa de que "nunca" nos separariamos. Seríamos amigas para sempre!
  Na escola,andávamos juntas,compartilhavamos segredos e...dividiamos uma paixonite pelo mesmo menino. Seu nome era Brian.
  Na festa de aniversário de oito anos de Amélia, ele estava presente. Ela o tinha convidado e não me disse nada. Fiquei chateada por um  tempo,mas passou. Porém, meu recentimento quanto a isso mudou. Na escola,ela começou a falar mais com ele,me deixando de lado. Depois de uma semana,descobri que eram "namoradinhos". Amélia se afastou de mim e começou a andar com outro grupinho de meninas.
  Na época, meus pais não conseguiam pagar o aluguel de casa e nos mudamos para outra cidade. Não me despedi de Amélia. Achei que ela não merecia,depois de ter me traído.
  Muitas coisas aconteceram. Meu pai conseguiu um emprego,e meses depois subiu de cargo, ganhando bem por mais horas de trabalho. Um ano depois,meus pais brigaram e minha mãe foi embora de casa. Nunca soube direito o que aconteceu. O que sei é que minha mãe traiu meu pai porque ele a traiu. E fim.
  Conheci Celina. Uma menina gordinha e ruiva. A única amiga que fiz na nova escola. Estudamos juntas até o quinto ano. Ela se mudou para outro Estado. Desde então, o resto do meu ensino fundamental foi bem chato e solitário. Pelo menos até eu conhecer Caio. Ficamos algumas vezes,quando tínhamos treze anos. Depois ele ficou com outras meninas,eu fiz novas amizades...até conhecer Ítan. O maior erro que cometi.
  Eu já estava cheia da minha madrasta e todos os problemas que, talvez pensam que eu não tinha. Eu topei ir numa festa onde a bebida e cigarro eram escondidos. Um bando de adolescentes fazendo coisas ilegais,sem os pais saberem onde estavam. Não vou mentir: estava de cabeça cheia então resolvi beber. Já estava bêbada o suficiente para não lembrar muito que Ítan me levou para um quarto,tirou minha roupa e...naquela noite,perdi a virgindade. E parecia ter perdido minha dignidade. Na manhã seguinte, a escola inteira não parava de comentar e enviar fotos minhas,e acabei sendo expulsa. E agora estou aqui,tentando seguir minha vida. Por fora,sou uma jovem bonita e cheia de sonhos. Por dentro,marcas e sofrimento de tudo que passei.

          ☆☆☆

  As férias acabaram e lá vou eu para a escola nova.
  Logo de cara,conheci Rosella e Bia. Elas me apresentaram ao grupo. Martin e Jade; o casalzinho apaixonado; Robin e Mel; também um casalzinho. E Isaac,um loiro bonitinho que estava solteiro. Mas é claro que não fiquei de olho nele,pois eu já estava compromissada. Quando o pessoal se afastou,a gente começou a conversar,mas sem interesse de ambas as partes. E eu descobri...Isaac é gay. Não vou mentir: ele é um gato também, mas uma pena gostar de outra fruta.
  O primeiro dia foi legal. E não faltou assunto com Janette. Alden chegou logo em seguida. Ele estava tão sorridente.
--Ei lindinho,o que é isso?-perguntei sorrindo.
--O que?
--Esse sorrisão no rosto e...espera um pouco...-inspirei fundo.- que cheiro é esse?
-- Está ruim assim?
-- Pelo contrário! Namorada nova?
--Na verdade...vocês sabem que sou afim de uma garota da minha escola,mas ela nunca falou comigo. Até ontem!
--Olha Alden,se eu não fosse comprometida,eu te pegava!-disse Jane.
--Tá! Mas então...-continuou.- eu a vi discutindo com Kaique,que agora é seu ex. Depois disso,ela andou rápido e sem querer esbarrou em mim. E aí eu perguntei se ela estava bem,e tals...
--Ah! Garanhão!- Jane se animou.
--E o perfume?-perguntei.
--Ela vem aí, e com as amigas...mas pelo menos vou vê- la!

  Minutos depois,entra na lanchonete, quatro garotas. Eu nem desconfiei e fui atendê-las. Uma delas me reconheceu.
--Eva?...Quanto tempo!
--Oi...Amélia?
--Sim,...poxa,como você está diferente!
--Você não mudou nada!...Então, o que vão querer?- cortei a conversa,porque não queria relembrar nossa antiga "amizade para sempre". Ela se tocou,e como estava acompanhada, também mudou de assunto.
  Voltei ao balcão e Alden perguntou o que queriam,pois ele iria levar a bandeja. Eu descobri que sua Crush era Amélia. Sinceramente, ela nem é muito bonita e todos os garotos querem ficar com ela. 

--Alden,eu conheço ela...e não quero que se iluda,porque ela faz isso!
--Que eu saiba,já fazem alguns anos que vocês não se falam!...Não se intrometa,falô?
  E ele foi até lá. Trocaram risos e ela,como sempre,seu charminho irritante. Alden é meu amigo e me preocupo.
  Ele voltou sorridente porque Amélia, lhe deu seu número de telefone. Só fez isso porque terminou o namoro. 
  Á noite, Jake passou por lá e me levou até o bosque. O céu estava lindo,a lua iluminava tudo e mesmo no escuro da noite, vi o brilho de seu sorriso. Nos sentamos no gramado,e observamos as estrelas e conversamos bastante.
--E quais são seus sonhos?...Pode falar um se quiser? -disse ele. Eu fiquei pensativa,mas logo respondi.
--Acho que todos nós somos cheios de sonhos. Mas um prevalece. Eu...adoro cantar! E gostaria muito de mostrar isso ao mundo. Eu quero ter fama!...Mas de jeito bom!
--Isso é bom. Talvez eu seria seu fã número um!- sorrimos e concordei.
  Cada palavra,cada sorriso  e um  olhar brilhante...O que eu podia fazer? Já estava apaixonada.

          ☆☆☆

  Semanas depois,Alden veio falar comigo. Finalmente desgrudou  de certa pessoa.
--Olha,eu queria me desculpar do outro dia. Será que posso ter sua amizade como antes?
--Claro,seu bobo!-o abraçei. Então ele falou o que havia acontecido entre eles.
--Eu disse que ela não é tão boa quanto parece!...Eu te perdoou!

  O expediente acabou e nós dois acompanhamos Jane até seu apê. Ela nos convidou a entrar. Assistimos um filme com pizza e pipoca. Foi divertido. Depois resolvemos fofocar. Nos vemos todos os dias, porém nunca conversamos mais a fundo sobre nós mesmos.
  Para a surpresa de nós duas: Alden canta super bem e sua voz é maravilhosa.
--Eu também canto numa banda...eu e mais dois amigos. A gente se conhece desde criança,e todos têm o mesmo objetivo!
--Ai que legal! Quem sabe um dia a gente fica famoso e até faz participação nas músicas!-se empolgou Janette.
--Eu...to um pouco envergonhado de mostrar,mas vou falar: eu compus uma música...
--Sério! -disse.
--E, minha inspiração foi uma outra garota! Eu tinha uns quatorze anos quando gostei dela! Seu nome é Miranda!
-- E você pelo menos, falou com ela,Alden?-o questionei.
--Sim,ela era minha vizinha,e estudou comigo. E a gente já namorou!
--Conta mais!
--E...a gente namorava escondido porque sua mãe era bem rígida quanto a isso,e até que,uma "amiga" da Miranda viu a gente juntos e contou pra mãe dela! Ela tinha ciúmes...ou inveja!
--Que chato!...Mas e ela?-Jane pegou uma fatia de pizza,fixando o olhar em Alden.
--A mãe passou uma semana vigiando a gente,e depois,ela se mudou. Nos falávamos pelo chat, mas logo, tudo foi mudando e acabamos nos afastando.
--Essa eu não esperava de Alden Barke!...E qual o nome da banda?
--Por enquanto é  MdN ,Melodia da Noite!
--Que interessante...pretendo ouvi-la!
  E foram risos,gargalhadas e muita comida. Foi ficando tarde e nem percebemos. Acabamos ficando por lá.
  Como uma simples conversa pode mudar o dia de alguém, e aprendi que amizade,não precisa de anos de conhecimento mas,as vezes,em poucos  dias pessoas maravilhosas podem lhe aparecer e passar o resto de suas vidas uma do lado da outra.

Notas Finais


Gostaram?...Isso foi apenas o começo! Ainda vou me aprofundar mais na vida dos colegas de escola de Eva,de Alden Alden e Jane.

Aguardem!!! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...