História Amor Secreto - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Drake, Eleanor Calder, One Direction, Rihanna, Zayn Malik
Personagens Personagens Originais
Tags Amoressecretosas
Exibições 3
Palavras 723
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meu amoreeeeess
Eu sei que o dia de postar capítulos é dia de segunda, quarte, sexta e domingo, mas eu vou postar hoje porque ontem eu não postei

Capítulo 3 - Irei voltar a morar em Londres?


12:30 A.M Rio De Janeiro 

Depois do ocorrido de sábado se passaram quatro dias, desde então o que aconteceu não sai da minha cabeça. Eu recebi uma bela bronca do meu pai por yer mandado fazer aquilo com ela. Não achei nada de mais, foi uma coisa tão simples.

Fui tirada dos meus pensamentos com a minha irmã me chamando. 

-Mari, Mariana!!! Aquele não é o teu ex boy? -Manuella me perguntou curiosa e eu só acenti. 

-Mari, você vai pra casa com a gente? Tipo, agora?-Perguntou Isa devorando o seu lanche, só dei risada. 

-Não, vou fazer mais umas compras. Quando terminar eu vou, OK.-Falei e todos se levantaram saindo. 

Terminei de comer e fui continuar as minhas compras, tava cheia de sacolas na mão, vou deixar umas sacolas no carro e voltar pra terminar de fazer as compras. Levantei, peguei tudo e sai. Tava passando em frente a C&A quando eu escutei o mei nome ser chamado. Olhei pra trás e era o Caio, o meu primo. 

-Mariana Ruy, eu tentei te ligar essa semana toda e não consegui, o que ta acontecendo? -Caio perguntou fazendo cara de triste. 

-Foi mal, esses dias eu não estou mechendo muito no celular. -Falei com a cara de tristeza e ele percebeu. 

-Me conte tudo agora!! O que você aprontou dessa vez? -Caio perguntou curioso e eu comecei a contar tudo o que aconteceu. 

-Você é louca mulher, ta querendo que o seu pai te mate é? Só pode! Crie mais Marilyn, já pensou no que você fez? -Ele falou todo preocupado. 

-Você ainda não perdeu a mania de me chamar de Marilyn né! Relaxe Caio, não deu em nada mesmo, então voi ficar de boa. -Falei sem me preocupar com nada. 

Terminei de conversar com o Caio e fui direto pro carro, não vou mais fazer compras estou muito cansada. Cheguei em casa e tava toda a família reunida, tipo toda a família mesmo. Estranhei e passei direto com as minhas coisas. Mas fui chamada logo em seguida. 

-Mariana, volte aqui! -Ordenou o meu pai e eu voltei. 

-Olha aqui, eu tô super cansada e isso aqui ta pesando e muito, então vamos fazer assim, eu vou no meu quarto e deixo essas compras lá e desço logo em seguida. -Falei cansada e ele acentiu. 

Fui em direção ao meu quarto e me perguntando o porque a minha família toda fava ali, nem liguei deixei as compras no meu quarto e voltei pra sala. 

-O que vocês querem comigo? -Perguntas btei curiosa e a resposta foi curta e grossa. 

-Você vai viajar, você vai voltar a morar em Londres! -Meu pai falou e eu fiquei em estado de choque. 

-Como assim? Você ta maluco? Eu vou voltar a morar em Londres? NUNCA!-Falei alterada, como assim ele toma essa decisão sem me consultar antes? 

-Minha neta, se acalme, lá vai te fazer bem. Você pode até não ta entendendo agora, mas mais tarde você vai entender. -Falou a minha avó Izaura Isaura. 

-Porque eu tenho que ir? Porque a Sophia não vai no meu lugar?-Quando eu falei isso Sophia me olhou assustada e falou logo em seguida. 

-Eu mesmo não. Estou muito bem aqui, ei não sei falar o inglês britânico. De todos da família você é a única que fala o inglês normal, o inglês britânico, francês e espanhol. -Ela faliu e todos da sala ficaram surpresos, meno os meu pais e minhas irmãs. 

-Eu não voi e ponto!! -Falei e sai da sala com todo mundo me chamando. 

2 horas depois 

Tava deitada na minha cama bem de boa até o meu querido pai resolveu entrar no meu quarto sem bater na porta. 

-Sabia que esxister privacidade e também existe uma porta pra bater antes de entar!? -Falou com ironia, e acabei deixando ele com raiva. 

-Chega de piadinhas Marina, só vim aqui te dar um recado. Você vai pra Londres o quanto antes.-Ele falou e depois saiu do meu quarto batendo a porta com força. 

Já que ele e os outros da minha família querem tanto que eu vá pra Londres, que eu vou hoje ainda! Comecei a arrumar as minhas malas, mas parei e mandei as empregadas arrumar pra mim, enquanto eu ia tomar banho, me arrumar e me maquiar pra ir viajar. 

Se ele quer assim, então assim vai ser! 







Notas Finais


Boa noite meu amoreeeeeesss
Espero que gostem do capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...