História Amor Sem Limites ( Camren) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 576
Palavras 928
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O cabelo da Lauren da igual o da foto.

Capítulo 3 - Mais um dia


Fanfic / Fanfiction Amor Sem Limites ( Camren) - Capítulo 3 - Mais um dia



P.O.V  LAUREN



Acordo, com os barulho alto dos carros, levantei dobrei meu coberto coloquei ele é minha roupa que estava  seca dentro do buraco do sofá pra ninguém pega de mim, fui até no buraco do tijolo e peguei o dinheiro, e fui caminho até o mercadinho próximo,  hoje até que não estava tão frio e graças ao moletom que Camila me deu eu tô bem quentinha,  cheguei no mercado, comprei uma escova de dente, a minha outra já está muito velha.  Peguei um creme dental, um sabonete cheiroso,  e um pacote de bolacha.  Fui até o caixa paguei tudo. E fui usar o banheiro do bar do seu Jorge. Cheguei no bar do seu Jorge. 


-Bom dia seu Jorge - cumprimentei o senhor - posso usar o banheiro? 

-Bom dia Lourenzo, pode sim.


Fui até o banheiro, escovei meus dentes, e fui tomar banho, lavei meu cabelo que já tá um pouco grande já tenho que corta de novo,  vesti a mesma roupa, já que anda taça limpa. Sai do banheiro. Foi até o seu Jorge e comprei um copo de café pra come com a bolacha. Comi ali mesmo no canto do bar. Agradeci o senhor pro deixar eu usar o banheiro. E fui procurar mais papelão. Andei por várias ruas achei Até alguns e várias latinhas que já dava pra vender. Achei um jornal de ontem e levei também.  Cheguei em "Casa", guardei minhas coisas no buraco do sofá, o resto do dinheiro no tijolo.  Tirei os papelão que já estava velho da cobertura da "casa" e coloquei outro novo, depois de arrumar tudo. Guardei o papelão que sobrou no canto do sofá e fui vender as latinhas.  caminhei até o moço que compra, vendi elas não deu muito dinheiro mais já servia.  Voltei pro meu beco guardei o dinheiro no tijolo,  sentei no sofá e peguei o jornal e comecei a fazer de conta que eu estava numa casa chique no sofá da minha linda casa lendo o meu jornal. Vi uma figura que me fez ri alto, mais parei assim que vi que não estava mais sozinha. 


-Oi Lo,  Esta é minha amiga Dinah - Camila apresentou a amiga dela.

-Oi Camila, Oi Dinah - falei meio envergonhada -Sem querer ser sem educação mais o que faz aqui.

-Vim te ver, saber como esta. O que estava fazendo?

-Senta meninas - levantei pra elas sentar - nada de mais estava só lendo o jornal.

-E você gosta de ler? - perguntou a Camila com um sorriso lindo. 

-Gosto -Menti

-Que tipo de livro - e ferrou. 

-E... Não tenho uma preferência. 

-Mila você não mentiu não quando falo que ele é bonito. - corei.

-Dinah - repreendeu a amiga. 

-Cara você não parece com os outros moradores de rua - chegou perto de mim e me cherou - Ainda é cheiroso - fiquei morrendo de vergonha. 

-Eu tomo banho né.

-Dinah tá deixando ele com vergonha. 

-Onde você toma banho? - perguntou a Dinah.

-No bar do Seu Jorge. 

-Legal - falo se sentando no sofá. 

-Quantos anos você tem?- perguntou a Camila.

-17 vou fazer 18 agora dia 27.e vocês. 

-18 nos duas. 

-legal. 

-Cara como você faz pra ninguém roubar o jogar seu sofá fora. -pergunta Dinah,  que garota curiosa. 

-Eu só amigo dos cara do lixeiro, aí eles sabem que eu vivo aqui aí eles não joga fora.

-Que louco isso. 

-Agora deixa eu te fala olhando assim pra você nem parece que é uma garota - arregalei meus olhos. 

-Você falou pra ela Camila?

-Calma Lo a dj e de segurança,  ela não vai fala para ninguém.  - fiquei mais tranquila. 

-Cara cadê o seu peito? 

-DINAH- gritou a Camila. 

-O que eu quero saber.

-Eu enrolo uma faixa pra nãoaparecer - levantei a ccamisa,  a Camila ficou com a boca aberta me encarado. Abaixei a camisa. 

-Fecha a boca Camila - falou Dinah. 

-A cala a boca dj. Lo quanto tempo você tá na rua?

-Desde que tenho 7 anos - elas ficaram chocadas. 

-E seus pais? Perguntou Dinah. Fiquei meio sem saber o que dizer. 

-Eu não sei, não lembro muito deles só sei que um dia eu estava numa casa e no outro na rua. - falei triste abaixando a cabeça. 

-Como você ficou na rua sozinha todos este tempo - perguntou a Camila chocada. 

-Uma mulher com o nome de Maria ela que me achou perdida na rua e cuidou de mim, ela que cortou meu cabelo é me vestiu de menino pra eu não ser abusada. 

-E onde está Maria?  - perguntou Dinah. 

-Eu não sei, ela sumiu tem 2 anos. Não tive mais notícias dela.

-Que triste Lo, como é o seu nome todo Lo? 

-Eu só lembro de Lauren Jauregui,  não lembro o resto. 

-A gente vai aajudar a achar a tua família Lo, - falou Camila.

-Sério que vocês faria isso por mim? - pergunto sorrindo. 

-Claro que sim Lo - me abraçou, um abraço gostoso. 

-Obrigado Camila,  você é um anjo que apareceu na minha vida.

-Que isso Lo. -Falo com lindo sorriso. 

-Mila vamos? - dDinah pergunta.

-Vamos sim Dinah. Tchau Lo,  qualquer coisa que eu descobri da sua família eu te aviso tá? 

-Tá obrigado Camz.

-Gostei do apelido - me deu um beijo no rosto e um abraço. 

-Tchau branquela -Dinah me abraçou também. 

-Tchau Dinah.

Depois que as meninas saíram eu fiquei pensando como seria bom se as meninas achar minha família,  não vou mais precisar morar na rua nem procurar comida no lixo, eu vou poder vestir né menina de novo. Vou deixar meus cabelos crescer de novo.  Fiquei pensando nisso que acabei dormindo de novo. 



Notas Finais


O que estão achando? ??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...