História Amor Sem Limites ( Camren) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 1.994
Palavras 1.300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura! ! !


O laço que a Camz fez e tipo o da foto.

Capítulo 6 - Nova casa


Fanfic / Fanfiction Amor Sem Limites ( Camren) - Capítulo 6 - Nova casa


P.O.V  LAUREN



Acordei numa cama tão confortável,  que não sábia que dormir numa cama era tão bom,  senti um desconforto no meu braço esquerdo olhei pro lado vi que estava com uma agulha tomando remédio da veio,  pelo jeito estou em um hospital,  mais não lembro como vim para aqui,  só lembro da surra da chuva e mais nada, está tãoddistraída pensando que nem vi uma enfermeira entra no quarto. 


-Bom dia! Que bom que acordou. Como está se sentindo?  

-Eu estou bem, o que aconteceu?  

-Seu médico logo vai fala com você.  Esta com fome?  - me perguntou toda simpática.

-Estou sim - falei envergonhada. 

-Então vou mandar trazer teu caféda manhã. - a enfermeira saiu do quarto e me deixou sozinha,  será comoeu vim para aqui. Aí meu Deus a Camz, ela vai lá me procurar e não vai me achar,  ela vai pensar que eu sumi,  eu preciso fugir daqui pra avisar ela. Vou fazer isso agora antes que alguém volte.  Levantei da cama olhei pra agulha do meu braço, pra ver um jeito de tira pra eu não senti muita dor, foi quando ouvi a voz mais linda de todas. 


-Tá pensando em fugir mocinha?  - perguntou divertida.

-Camz - falei feliz por ver ela - pra falar a verdade estava.

-Porque? 

-Eu fiquei com medo de você ir me procurar e achar que eu sumi - confessei com vergonha. 

-Oh Lolo que fofo. Agora deita você tem que descansar. 

-Camz como eu vim parar aqui - perguntei deitando na cama.

-Eu vi que estava chovendo muito,  aí decidi ir atrás de você,  quando cheguei você estava desacordada.  Eu e meus amigo trouxemos para o hospital. 

-Camz, muito obrigada por te se preocupado comigo.  

-Lolo o que aconteceu com você? Pra está machucada, e deitada no chão e ainda descalço - perguntou preocupada.

-Depois que você me deixo lá no beco,  eu fui procurar mais papelão. Eu tinha  achado uma caixa só, eu decidi voltar logo pro beco porque já estava escurecendo,  quando estava próximo o Luiz mais o Brad me puxaram para dentro de um outro beco e me bateram, roubaram o ttênis que você me deu - já falei chorando - e o moletom também. Eu consegui me arrastar até o meu beco quando cheguei lá meu sofá não estava mais, e junto com sofá sumiu meu coberto. Só sei que começou a chover e eu sentir muito frio até que apaguei - Camila me abraçou. 

-Não precisa chorar Lolo já passou- falou limpando a lágrima do meu rosto. 

-Agora vou ter que achar outro beco mais seguro pra ficar,  ali já tá perigoso,  os garotos não me deixam em paz - falei ainda chorando, só de pensar em sair procurando outro local,  pode demora dias. 

-Você não vai procurar outro beco, você vai morar comigo - arregalei os olhos e abri a boca farias vezes sem saber o que dizer. 

-Não Camz eu não posso morar com você - falei depois de um tempo.

-Você vai mora comigo e pronto, na rua você não fica mais. -falou determinada. 

-Mas...

-Sem mais, você vai e pronto. 

-Camz e o seus pais,  eles não vão gostar disso. 

-Na verdade eu já falei com minha mãe,  ela aceitou de boa,  falei pra ela que era até achar os seus pais. Meu pai eu não sei o que ele achou. E também o apartamento e meu. -falou rindo no final.

-Aí Camz não sei nem o que te dizer -falei envergonhada. 

-Apenas aceita Lolo. 

-Tá bom, mais só até achar meus pais. -ela abriu um lindo sorriso. 

-Ok - me deu um forte abraço,  Camz começou a fazer carinho na minha bochecha,  ela foi chegando mais próximo,  nossas respiração já estava misturada, quando ela foi me beijar a enfermeira entrou com meu café da manhã.  Tanta hora pra esta mulher chega. Com o barulho da porta a Camz se afastou de mim.


-Aqui seu café mocinha - Falou divertida. Acho que ela viu alguma coisa. A enfermeira deixou o quarto de novo. 

-Come Lo,  você precisa se recuperar pra ir pra casa nova. - Falou animada. Tomei meu café em completo silêncio. Nunca tomei um café da manhã tão bom, que eu me lembro.  Comi tudo - Você está realmente com fome né? 

-Não é todo dia que tem café da manhã -falei feliz.

-Agora vai ter todos os dias na sua nova casa. - falou e me deu um beijo na bochecha. 

Ficamos mais um tempo conversando, enquanto o médico não me liberava.


-Olá mocinha! Como esta se sentindo - perguntou o doutor. 

-Estou muito bem - falei rindo. 

-Que bom você já pode ir pra casa.  -Camz saiu com o doutor para assinar a minha alta. Minutos depois retorno. 

-Vamos embora - falou animada - Trouxe uma roupa pra você. - tirou um vestido azul bebê da bolsa,  um vestido lindo. 

-Um vestido Camz -falei chorado - Quanto tempo eu nnão me visto de mulher. 

-Agora você vai vestir sempre - fui até o banheiro vesti o vestido, ficou perfeito no meu corpo. Quando sai Camz abriu a boca e ficou me encarando,  acho que ela gostou.- Você tá linda.

-Obrigada Camz.

-Tona coloca isso no pé - me deu uma sapatilha. Deixa eu colocar um laço na sua cabeça - Camz pegou um negócio tipo um lenço e fez um laço do lado vermelho no meu cabelo,  - Olha como você ficou linda. Na verdade você ficou foi mais linda - eu corei na hora,  eu não aguento segura as lágrimas,  mesmo com o cabelo curto eu estava parecendo uma menina. 

-Obrigada Camz por tudo que está fazendo por mim - abracei ela bem forte. 

-Vamos Lo - concordei com a cabeça e nos saímos do quarto. -Lolo quero que conheça alguém. -Chegamos na sala de espera onde estava a Dinah mais Duas meninas e um rapaz. Eles ficaram nos encarando um uma cora de surpreso. - Lo estes são Normani,  Ally e Harry. 

-Oi - disse com vergonha. 

-Nossa branquela você está linda -falou Dinah me deixando com mais vergonha. 

-Você é muito linda Lauren - falou Ally.

-Obrigada! 

-Nossa ela é muito gostosa,  se eu gostasse da fruta eu pegava. - fiquei mais vermelha que um tomate. 

-Harry deixou a Lolo sem jeito. - falou Camila. 

-Mais ela é muito linda mesmo, nossa eu pego - falo Normani. 

-Cala boca Normani que você não pega nada - falo Dinah com raiva.

-Tô sentindo cheiro de ciúmes - Falo Ally. Os outro começaram a ri e a Normani deu um selinho na Dinah.  Fiquei sem entender,  deve ser que elas namoram. 

-Chega de bagunça no hospital vamos logo pra casa - chamou Camila. 

Todo concordaram,  fomos em dois carros pra cada da Camz,  estava eu, Camz, Dinah e Normani no carro da Camz.  Harry e Ally foram no carro do Harry. Depois de uns trinta minutos chegamos no apartamento da Camz. O lugar era lindo ela me mostrou a tudo, ele era lindo e bem decorado por último ela me mostrou meu quarto.  Eu vou ter um quarto só pra mim. Com uma cama grande e bem confortável só pra mim. Camz mais a Ally foram preparar o almoço enquanto eu fiquei na sala conversando com os outros.  Pelo jeito eles gostaram de mim e não ficaram com nojo de eu ser uma ex moradora de rua.  O almoço ficou pronto a gente comemos em silêncio,  quer dizer eu comi em silêncio,  nunca vi uma comida tão gostosa eu comi tanto que achei que minha barriga ia explodir. Depois do almoço os povo foi embora deixando só eu e Camz.  Ela foi toma banho no quarto dela e eu no meu, depois de banhar vesti um short de malha que estava encima da cama com uma regata branca,  deitei na cama pra ver se era confortável mais acabei dormindo. 



Notas Finais


A pedido de muitos pra saber meu nome, por não saber se sou garoto ou garota kkkk kkkk gostei da brincadeira, mais então meu nome é Kristiny.

O que estão achando? ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...