História Amor sobre uma simples máscara - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Jalil Kubdel, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Marichat
Exibições 85
Palavras 850
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Quem são vocês?


Fanfic / Fanfiction Amor sobre uma simples máscara - Capítulo 17 - Quem são vocês?

Eu depois do jantar de. depois de comer um belo BOLO DE CHOCOLATE fui para o meu quarto arrumar as coisas da escola constante o meu novo horário que é o do sétimo A enquanto cantava agora em espanhol:
-
¿Qué haría yo sin tu boca hoy?
Tú me dejas fuera cuando cerca estoy
Mi mente da vueltas
No puedo cesar todo este amo
¿Qué pasa por tu mente? Dime quiero saber?
Es un viaje mágico y hermoso a la vez
Todo me da vueltas
No sé que sea pero estaré bien
Debajo del agua puedo respirar
Por ti, una vez más quiero entregar
Todo de mí te ama a ti
Amo tus imperfecciones Cada arista y temores
Si das todo de ti, todo daré de mí
Mi final y mi comienzo
Aun gano si estoy perdiendo
Y yo te doy todo de mí
Si tú me das todo de ti, oh Tengo que decirlo una vez más
Que incluso cuando lloras hermosa tú estás
Es mundo se derrumbará De tu lado no me separarán Mi perdición, mi musa eres tú
Mi distracción, también mi ritmo y mi blues
Que aún sigo cantando, sigue sonando esa voz Eres tú
Debajo del agua puedo respirar
Por ti, una vez más quiero entregar
Todo de mí te ama a ti
Amo tus imperfecciones Cada arista y temores
Si das todo de ti,
todo daré de mí
Mi final y mi comienzo
Aun gano si estoy perdiendo
Y yo te doy todo de mí
Si tú me das todo de ti, oh Dame todo Cartas que muestran nuestro corazón Arriesgo mi vida por tu amor
Todo de mí te ama a ti
Amo tus imperfecciones Cada arista y temores
Si das todo de ti, todo daré de mí
Mi final y mi comienzo Aun gano si estoy perdiendo Todo de mí te ama a ti
Amo tus imperfecciones Cada arista y temores
Si das todo de ti, todo daré de mí
Mi final y mi comienzo
Aun gano si estoy perdiendo
Y yo te doy todo de mí
Si tú me das todo de ti, oh
Passou uma hora e todos estavam deitados julgava eu e então me transformei e fui para o Cristo rei.
Ninguém me iria procurar lá por isso......

Com Thomas....
- Oque queres fazer Thomas.
-Que tal irmos ver o que A Ladybug está fazendo.
-Vamos como heroes certo?
-Não vamos como José Sócrates.

Narra chien....
Entramos pela janela alta do seu quarto que estava vazio olhei para a Foto da Marinett com o chat noir e fiquei enritado..... espera porque eu fiquei assim? Ela é como se fosse minha irmã e além do mais ela tem namorado.

Narra Peacop......
-Chien porque olha assim para aquela fota?
-Ahhh..... que...... ah por nada. Eu já sei onde ela está. Vamos?
-Sim vamos.
Aí tem coisa. E eu vou descobrir.

Mais tarde no Cristo Rei......
Chamada on........
-Olá  chaton.
- Olá my Lady. como você está meu amor.
-Bem e você?
-Só porque Por que tou falando com você.
-Eu também. Mas agora estou com um grande
presentimento de estar a ser vigiada.
-Como assim vigiada. Onde voce está.
- Em um dos braços do Cristo rei.
-Era impossível  algum Civil te seguir até aí.
-Pois deve ter razão.
-Mas mesmo assim tome cuidado My Lady.
- Claro meu gatinho terei muito cuidado mas você tenha cuidado por causa da chloe.
-Pois ainda não te contei.
- Contar oquê?
- A chloe quando soube que namoravamos pediu ao perfeito para para ir para a China para nunca mais voltar ih ih ih e foi.
-Ela que vaia e não volte hahaha.
-Concordo.
-Chat?
-Sim?
-Já deu para ver que está na Torre! então pode virar o bastão para eu ver a minha Paris.
- Claro my lady.
(Na cabeça de chien: Ai my lady ( resmungava) ).

depois de muita conversa se despediram e desligaram a chamada.

Narra Ladybug......
Estou nesmo sendo observada mas eu tenho um plano. (deu um sorriso malicioso). Sai daquele local e segui para o meio da cidade que estava escura e quando despistei dois palermas eu os observava e eles continuavam imóveis.

Narra chien e Peacop....
A seguimos para o meio da cidade e para o primeiro dia ela conhecia bem a cidade até que ela desapareceu da nossa vista e feitos burros ficamos imóveis esperando alguma coisa.
-Onde ela foi?
-Não sei mas ela não é nenhuma burra por isso toma cuidado.

Narra Ladybug....
Os ouvi dizer que eu não era burra e para tomarem cuidado até que foi aí que eu agi com o meu yoyo prendi os seus pés.
-Seu amigo tem razão. Deveria ter mais cuidado comigo.

NARRA Chien e Peacop.....
Estávamos ali e sentimos algo atar nossos pés e nos colocar de cabeça para baixo e nos dizer:
-Seu amigo tem razão. Deveria ter mais cuidado comigo.
-Ah bonjour Lady.
-Eh Olá. Não acha melhor nos soltar isto é um pouco desconfortável.
-Pois Lady.
-Só vos solto quando me disserem quem são, oque querem de mim e porque me seguiam Cachorro.


Notas Finais


Aí cachorro.
Ela lhe chamou cachorro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...