História Amor Verdadeiro - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Alluka Zoldyck, Gon Freecss, Killua Zoldyck, Kurapika, Leorio Paradinight
Tags Drama, Gonkillu, Hunterxhunter, Killugon, Lemon, Yaoi
Visualizações 84
Palavras 753
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Era Para sair mais cedo, mais aconteceu alguns imprevistos, mas o que importa é que eu postei né? Mesmo assim perdoe-me pela demora

Peguem os lencinhos e vamos para o capítulo....

Capítulo 42 - "Adeus, Killua Zoldyck"


Fanfic / Fanfiction Amor Verdadeiro - Capítulo 42 - "Adeus, Killua Zoldyck"

Esse realmente é o fim? Eu não acredito que passei esse tempo todo, te amando me entregando apenas para você, sendo fiel completamente... Para no final acabar assim? Eu queria muito ter uma família com você, eu queria muito viver feliz para sempre ao seu lado... (Gon) 

[ Killua ] 

Já amanheceu e Gon ainda não chegou em casa, eu não sei o que fazer e toda vez lembro daquela frase.. "Eu sei muito bem o seu joguinho Killua" me da uma vontade imensa de chorar... 

- GON! - grito sentado na cama, a droga o que eu faço, não consigo ficar sem ele... 

Olho para o criado mudo ao lado da cama e vejo a aliança que Gon jogou no chão e então começo a chorar... Por que Gon? Você prometeu nunca me abandonar, onde está você agora... Isso é muito para mim eu nao consigo viver sem você! 

Continuo a segurar a aliança tendo flashbacks do que aconteceu na sorveteria.. Sempre é isso, tentamos ser feliz mais alguém sempre nos atrapalha... 

Meus pensamentos foram interrompidos a escutar a campainha, saio correndo em direção a porta para saber se era o Gon. 

- Alluka... - Ela me abraça 

-Eu sei o que esta acontecendo maninho, Nanika contou tudo.. Porém ela não vai poder voltar por alguns dias... - Diz Alluka me empurrando para dentro de casa para sentar no Alluka

- Eu não sei o que eu faço... - Falo para Alluka sem parar de chorar

- Calma maninho, tenho certeza que ele vai voltar e só questão de tempo - Fala ela tentando me acalmar

- Não Alluka! Eu não vou esperar, eu vou procurá-lo...- Me levanto ignorando os chamados da Alluka, entro no quarto, visto uma roupa e saio do apartamento. Escutos alguns passos no corredor vindo em minha direção, era Alluka.

- Onii-chan, eu vou com você, não quero que faça nenhum besteira - Ela segura em meu braço e me aconpanha até o carro.

- Maninho, você não está em condições de dirigir...- Ignorei e entrei no carro

- Você vem ou não? - E entãoa mesma entra no carro...

[ Gon ]

Estou em um hotel hospedado, não sei onde exatamente estou, só sei que cheguei até este hotel em uma rua deserta. nesse exato momento estou no sofá...chorando, tentando esquecer aquele maldito ser chamado Killua, meu sentimentos não são mais de amor por ele, agora só consigo sentir ódio e nojo. Porém eu realmente achei que ele me amava, achei que ia ser feliz com ele, ter uma família, viver muitas coisas boa ao lado dele. Mas ele me iludiu, tudo que o mesmo me prometeu era apenas uma diversão para ele, eu me sinto um lixo que foi usado e jogado fora. 

Eu não aguento mais, é tanta dor e sofrimento, eu...eu confiei tudo a ele, paro no final isso acontecer ...

Lágrimas traçam o meu rosto, molhando um pouco minha camisa

Eu não tenho mais um motivo para viver, a meu único motivo era você... Killua, espero que você seja muito feliz com aquela garota, coisa que eu não consegui fazer.

Me levanto do sofá e vou em direção a porta, no hotel onde estou tem uma escada com acesso a cobertura...pensei enquanto trancava a porta do quarto que estou hospedado, após trancar sigo até a porta onde leva a escada.

- Droga, está trancada! - Tento abrir a porta, só tem um jeito....

Dou um soco na porta fazendo a mesma em pedaços, entro e subo asescadas que levava a cobertura. Ao chegar lá, o prédio não tinha nenhum tipo de segurança lá encima. Então sentei na ponta ficando com as pernas para fora vendo aquela incrível vista..

[ Autora ]

Lá estava o moreno, sentado apreciando a vista que talvez seria a última que iria ver, ele estava esperando um certo momento para...acabar com sua vida.

"Nunca me senti tão humilhado, e-eu fui apenas o seu brinquedo... Eu não quero sofrer com isso pelo resto da minha vida e eu nunca vou conseguir te esquecer, confesso  que realmente aqueles nossos momentos juntos  foram bons, mais não  quero ficar lembrando disso. Adeus, Killua Zoldyck" pensava o moreno enquanto chorava, agora várias pessoas o olhavam encima do prédio. Ele estava tempo demais pensando, até que ouviu a sirene de bombeiros... 

Ele se levanto ficando em pé na ponta olhando os bombeiros e as pessoas embaixo... 

Até que ele escuta uma voz familiar... 

"O que, não pode ser.. O que está fazendo aqui, como me achou" o mesmo se perguntava olhando a pessoa que estava no meio daquelas pessoas na rua. 



Notas Finais


Escrevi esse capítulo as pressas, então peço desculpa se tiver algum erro, aconteceu alguns imprevistos mas estou tentando postar para vocês! (Amanhã saí capitulo da outra fic)

Bjs :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...