História Amores durante um intercâmbio / Segunda temporada - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 21
Palavras 941
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii gente ❤
Miiiiiiil desculpas pela demora pra postar esse capítulo, ok?! É que as atividades da escola estavam demais. Mas enfim, boa leitura ❤

Capítulo 4 - One drink


Fanfic / Fanfiction Amores durante um intercâmbio / Segunda temporada - Capítulo 4 - One drink

Reprise; 

 A outra coisa foi que acima desse palco tinha uma faixa: ''Curta o Brasil o tempo que for necessário, S/N. Torcemos por você. Fighting!''

Continuação;

O evento já tinha terminado, muitos já tinham ido embora. Mas eu não tinha me despedindo dignamente de S/N ainda.

Eu- Oi S/N.

- Oi..

Lhe dei um abraço.

Eu- Então é isso, você aceitou o emprego?

-Sim.. Para uma fotografa amadora essa oportunidade não pode ser dispensada.

Eu- Entendo... Bom, sendo assim, estou muito feliz por você. Curta muito o Brasil.

Ela sorriu.

- Pode deixar.

Eu- Você tem os números e os endereços dos nossos parentes?

- Tenho sim, obrigado. Mas eu não vou ficar na casa deles, vocês sabem que sou bem tímida.

Eu- Mas você vai ficar em algum lugar perto de lá?

Ela assentiu.

Eu- Qualquer coisa já sabe, né?

Ela sorriu e me puxou para um abraço.

Eu- Se cuida.

- Você também.

Voltei pra perto do Jungkook.

- Podemos ir, amor?

V se aproximou.

V- Podemos ir, ridícula?

Direcionei o olhar pro V.

Eu- Aham, me dá só um minuto.

V- Ok.

Ele foi pro carro dele e Jungkook me encarou esperando respostas.

Eu- Amor, o V me convidou pra dar uma volta com ele agora. Tudo bem?

- Ah...

Eu- Ah?

- Tudo bem amor, vai lá.

Lhe dei um beijo e corri pro carro do V.

V- Entra aí, ridícula.

Eu- Tô entrando, feioso.

Entrei no carro e coloquei o cinto de segurança. Em seguida ele deu partida.

Eu- Então, onde vamos?

- Eu até pensei em a gente ir na montanha mas sei que iria ficar um clima bem baixo astral depois dessa despedida.

Sorri.

Eu- Verdade.

- Pois bem.. Aí pensei em a gente ir numa balada.

Eu- Opa.

Disse não concordando.

- E aí eu raciocinei direito e vi que não seria uma boa escolha em respeito a S/N.

Eu- Você não estava pensando em..?

- Lógico que não. Eu não pretendia pegar ninguém.

Eu- Aaata.

- E por fim eu cheguei a conclusão de que nada seria mais divertido do que uma sala de jogos.

Eu- Haha, partiu shopping?

Ele riu.

- Estamos a caminho.

Ao chegar no shopping fomos direto pra sala de jogos. Jogamos muito. Depois fomos comer e voltamos pra jogar mais um pouco.

                           - - 

Já era 00;00 e o shopping tinha fechado às 23;30. Conclusão; Mais um pouco e nos expulsavam de lá, então, com casquinhas de sorvete na mão nós saímos de lá.

V- Vamo tomar um drink antes de ir pra casa?

Eu- Só se for agora.

Ele riu e pegou minha mão.

- Então vamos, conheço um bar daora.


                            - - 

~ 02;37 da manhã ~

Eu estava na porta de casa, V estava comigo por te ido me levar.

V- Está entregue, ridícula. Obrigado pela noite, eu me diverti muito.

Eu- Eu que o diga.

Lhe puxei pra um abraço.

Eu- Hun, eu te amo, tá?

V- Eu também te amo.

Soltei o abraço e lhe dei um empurrãozinho no peito.

Eu- Vai pra casa, vai.

Ele sorriu e acenou.

V- Fui.

Abri a porta do apartamento e entrei. Ao passar pelos cômodos entreabertos, tudo ok e silencioso. Quando entrei no meu quarto tiver uma surpresa: Jungkook estava deitado na minha cama mexendo no celular. Bem provavelmente me esperando.

Eu- Jungkook?

Acendi a luz e tive uma surpresa; Em uma mesinha de centro que geralmente usava pra estudar, tinha um jantar bem romântico preparado.

Eu- O que ta acontecendo?

- Nada..

Disse e se levantou.

Eu- Eu esqueci alguma data especial ou coisa assim?

- Não..

Ele ia me dar um beijo mas recuou. 

- Você andou bebendo? 

Eu- Talvez..

Jungkook sempre odiou a ideia de eu beber sem estar perto dele. Isso porque fico bebada e perco o controle. O que não foi o caso da vez.

- Sim, claro ou com certeza?

Eu- Acho que a última opção.

-Não acredito.

Disse e se afastou.

Eu- Mas amor, eu não tô bêbada. O V nunca iria me deixar beber demais.

-Ah né, pelo menos me chamou de amor.

Fiquei em silêncio.

- Aonde você é o V foram? por que chegaram tão tarde?

Disse ainda distante.

Eu- Nós fomos no shopping e depois no bar.

- Quanto tempo vocês ficaram no shopping?

Eu- Foi até meia noite, mais ou menos.

- Mentira.

Eu- Só se for o que você me contou hoje mais cedo né porque eu tô falando a verdade nua e crua.

- Ainda falando sobre a Katy, Isabella? Que saco! Eu tento ser um namorado legal, cara. Mas às vezes você dificulta demais.

Eu- Eu dificulto? Eu?

- Você! Como assim vocês saíram do shopping meia noite sendo que fecham tudo às onze?

Eu- Primeiro que fecham às onze e meia e segundo que pedimos mais dez minutos pra jogar mais um pouco e ficamos enrolando.

- E aí foram pro bar e ficaram bebendo até agora? Ta loca, Isabella? Você vai acabar passando mal.

Eu- Não vou não porque ele não​ me deixou beber sem comer e os drinks não foram fortes.

- Assim espero.

Ele pegou seu casaco e estava se ajeitando pra sair.

Eu- Ei?... Aonde você vai?

- Pra casa. Você parece ter tudo sobre controle aqui. E antes que pergunte, o jantar é porque você anda muito nervosa e quando fica assim e muito bipolar na maioria das vezes é por causa da tpm. Isso vai explicar porque enchi seu frigobar de chocolate.

Eu- Então quando você parou no mercado..

- Sim. Foi pra isso. Na verdade mesmo era pra depois da despedida a gente ter ido lá pra casa e assistido uma saga de filmes que preparei. Mas aí você falou que ia sair com o Taehyung e eu aceitei de boa porque né, o cara tava mal. Isso aqui foi só o plano B pra te agradar. Eu só não contava com que você fosse chegar tão tarde e bêbada.

Eu- Eu não tô bêbada.

- Tanto faz.

Ele foi em direção a porta mas eu estava empedindo a passagem.

- Me da lisença, Isabella.

Eu- Amor..

- Não.

Ele respirou fundo.

- Só toma um banho e se deita, amanhã você precisa acordar cedo.

E ele saiu, me deixando calada.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...