História Amour inconditionnel - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Exibições 29
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


genteee desculpa mas o especial de 3 capitulos vai ficar para a sexta do dia 9. eu estou em semana de provas e não vou poder postar todos. me desculpem

Capítulo 18 - Viagem, gente nova chegando...


Cap 18

Antes de ir dei mais um beijo nela e sai de telhado em telhado pensando no que ela disse. Ela finalmente me ama, e eu não sei o que fiz para conseguir o amor dela, afinal o que ela viu em mim? Eu não sou nada comparado a ela. Eu só posso agradecer por ter essa pessoa maravilhosa do meu lado.

Adrien off

Marinette on:

Em seguida que o caht foi embora a alya entrou

- e aí amiga?? O que aconteceu enquanto eu estava fora?? – chega ela com vários mini croissants de chocolate e 2 copos e refrigerante

- já te conto mas primeiro deixa eu te ajudar porque se não isso tudo vai cair!

Eu peguei o prato de croissants e puis em cima do tapete

-ta agora me conta

- ta a gente só se beijou...

- de língua né por favor, porque se não foi eu te mato

- pode me matar então!

- ta brincando né? Espera que vou pegar a faca

- é brincadeira sim! Obvio que foi de língua, por favor a gente não tem mais 11 anos.

- mas e o adrien?

- aí esta o problema. eu não consigo escolher um dos dois!

-mas você não pode ficar com os dois ne marinette?

Eu olhei para ela com uma cara de safada tentando pregar uma peça nela

-meu deus quem é você e o que fez com a minha amiga? Nem sonhe em ficar com os dois, deixe um pouco para o resto de paris

- eu estava brincando! Kkkk mas é verdade. E agora o que eu faço?

- amiga? Você sabe quem é o chat?

-como assim? o chat é o chat dãa

- não trouxa. Quem é o chat por trás da máscara

- eu não sei quem ele é.

-isso é extremamente injusto. Ele sabe quem você é, mas você não sabe quem ele é

-concordo em parte. É bom passar o tempo me perguntando quem ele é

-voce sabe algo sobre ele – ela me pergunta me fazendo lembrar de uma noite...

{ -hoje não gatinho... eu tenho que ir dormir...

- não esquece de levar roupa de banho para a escola...

-como você sabe da aula natação???

- vou deixar essa pergunta no ar. Adeus ladybug!

-espera chat!!!!!}

-eu acho que ele estuda na nossa escola!

- porque você acha isso?

Contei a ela dessa noite que o chat me visitou e ela estava pirando até que...

- alya, filha!

- o que mãe? – respondo meio que com uma voz que ta mandando ela parar de encher o saco

- alya eu liguei para sua mãe e você pode dormir aqui se quiser

-quero sim sabine, obrigada!

-alias, vão dormir agora, já é tarde!

-ok mãe, obrigada e boa noite

-boa noite – ela nos disse já fechando a porta.

Eu e alya nos tornamos grandes amigas a pouco mais de um ano, nesse meio tempo ela começou a namorar o nino, um menino que era nosso melhor amigo e agora só meu já que eles são namorados. Como a minha cama que eu ganhei a pouco tempo era de casal a gente dormiu nela e assistimos ao filme “cidades de papel”. ( V- mano melhor filme do mundo!!!!!)

 Marinette off

Alya on:

Eu ainda me pergunto se estou sonhando por a marinette ser a ladybug. Ela era a ultima pessoa que eu pensaria que poderia ser a ladybug. Ela deve ter uma vida meio complicada sabendo que o tal de hawk moth a quer morta, sem contar que não deve ser fácil equilibrar as ‘’duas vidas’’ dela. Pelo menos ela tem o chat, mas isso não a impediu de desabar. Eu estou tentando fazer o melhor que posso, e no momento o melhor que posso é descobrir quem é o chat e acredite eu irei descobrir...

Depois do filme nós dormimos, devo dizer que o filme realmente era bom, nada daquelas mortes de casaizinhos amados e essas coisas melosas.

Alya off

Adrien on:

Depois de ver a mari chorar eu prometi a mim mesmo que nada mais iria fazer ela sofrer, eu cuidaria e protegeria ela como se ela fosse a coisa mais importante do mundo. Na verdade, ela era a coisa mais importante no meu mundo. Cheguei em casa e conversei com plagg e depois fui dormir imaginando como seria o meu solitário sábado

Adrien off

Alya on:

Acordo com o barulho domeu celular e só depois que atendo me lembro onde estou

-Alo?

- oi filha tudo bem?

-oi mãe, ta tudo sim. Mas porque me ligou as 08:30 da manhã?

- a gente vai viajar la para o sítio, perto de Giverny onde sua tia mora

{autora: Giverny é ma cidade perto de paris conhecida por ser o local de residência de Claude Monet (pintor)}

- mãe tem salões de beleza ou algo do tipo la??

-sim, eu e minha irmã íamos lá para passar o tempo. mas eu nunca te imaginei em um salão de beleza filha kkkk

- não é para mim, mas sim para a mari. Ela pode ir conosco?

-sim mas me deixe ligar para sabine antes e depois te mando mensagem

-okk mãe, obrigada te amo!

-tambem te amo meu amor

Desliguei o telefone e tomei um banho enquanto marinette babava no travesseiro, aproveitei e peguei uma roupa dela. quando saio do banho vou direto ao meu celular e vejo a mensagem de minha mãe

‘’ a mãe dela deixou, eu vou separar uma mala para você, passo aí em meia hora. Bjss”

Respondi com beijos também e me joguei na cama fazendo a marinette pular de susto

- MEU EUS TERREMOTO SALVE-SE QUEM PUDER!! – ela acorda que nem louca.

- calma mari eu só pulei na cama... EI VOCE TA DIZENDO QUE EU SOU GORDA??

-eu estava só brincando kkkk eu vi que foi você

-ta tenho boas noticias, nós vamos passar o final de semana na casa da minha tia em Giverny

- é muito longe de paris?

- 1 hora de viagem

- 1 hora não é muito não?

-não. Agora va tomar seu banho e separar sua mala, nó voltamos amanhã no final da tarde e eu já tenho todas as horas programadas. Ah e vai rápido minha mãe chaga em meia hora.

- eu não sei se meus pais vão deixar e...

- minha mãe já falou que seus pais, e não se preocupe chat vai ficar bem!

Ela fez cara de derrotada e foi para o banho e arrumou suas coisas. Nós entramos no carro e todos se cumprimentaram e nós fomos o caminho todo ouvindo musica...


Notas Finais


espero que tenham gostado bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...