História An almost impossible dream - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 227
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - ⚠CAPITULO BÔNUS⚠


Fanfic / Fanfiction An almost impossible dream - Capítulo 39 - ⚠CAPITULO BÔNUS⚠

-Povo Justin Bieber:

(Ligação on)

-Scooter? Está tudo bem? Chris disse que você estava desesperado atrás de mim. — Falei assim que ele atendeu. Kelsey me olhava com seus olhinhos brilhantes e atentos. 

-Justin... Puta merda... Onde você está? — Ele perguntou cautelosamente. Eu sabia que algo de errado havia acontecido, algo muito serio na verdade e aquilo estava me deixando assustado. 

-Estou em uma cafeteria cara. — Olhei ao meu redor. -Kelsey está comigo. — Dei um gole em meu café. -Estamos em uma área discreta, pode falar o que você quer... Ninguém alem de Kelsey pode ouvir a conversa. — Falei calmo e Kelsey me olhou dando um gole em seu café. 

-Huuuum, tudo bem. — Ele suspirou. -Por favor Justin, se controle okay? Não perca a calma, você está em um lugar público...

-Scooter o que aconteceu? — Perguntei um pouco mais rígido. 

-Selena me ligou, tivemos uma conversa muito tensa. — Ele pareceu irritado. -Ela está extremamente louca cara, disse que se você não sair para jantar com ela hoje e vocês fazerem o teatro de casal feliz, ela vai... — Ele suspirou e eu senti meu sangue começar a ferver. -Ela vai alegar para a imprensa que estava gravida e perdeu o bebe quando te viu com a Kelsey... — Eu não sabia o que responder, estava irritado e frustrado com tudo que havia ouvido. PUTA MERDA. O que aquela mulher quer de mim? 

-Ela está ficando louca, não vou cair no jogo dela... não agora... — Tentei me acalmar. Kelsey segurou na minha mão confusa, mas acho que ela percebeu que eu havia ficado tenso/irritado. 

-Justin, agora não envolve somente você, envolve a tal da Kelsey também... — Ele disse calmo. -Eu sei que ela significa algo para você, imagina só, a mídia vai cair em cima dela, as fãs da Selena também... Eu estou tentando achar uma solução, mas não consigo... 

-O que você acha que devo fazer? — Olhei para Kelsey. 

-Se afaste da garota... Pelo menos por um tempo... Volte para cá e vamos arranjar alguma solução. — Ele parecia tão frustrado quanto eu.

-Tudo bem. — Me dei por vencido.

-Tente chegar aqui o mais rápido possível okay? — Ele disse.

-Tudo bem cara, depois te ligo. 

-Curta seu café com a garota, tente não transparecer o que aconteceu pode ser? Não deixe ela preocupada.. Vamos achar uma solução...

-Eu espero. — Falei decepcionado. -Tchau cara. 

-Tchau Justin. 

(Ligação off)

Kelsey me encarava confusa, seu olhar brilhante encaravam os meus. Não acredito que vou ter que me afastar dela assim. POR QUE raios não consigo ser feliz? Que raios eu fiz na outra encarnação? Devo ter colado uns chicletes na cruz, só pode. Suspirei pesado e tentei me manter calmo. Preciso curtir cada momento que nos resta, quero que seja tudo perfeito. 

-Justin? Está tudo bem? — Sua voz me tirou de todos pensamentos. 

-Sim, eu estou bem amor. — Menti. -Isso aqui está bom? — Mudei de assunto pegando um pedaço do bolo que ela comia. 

-Está ótimo, mais é meu. — Ela disse tirando o prato de perto de mim. -Não vou dar nenhum pedacinho para você. — Ela me mostrou a lingua me fazendo rir. 

Como vou ficar sem ela? Sei que não a conheço a tanto tempo assim, mais o pouco tempo que nos conhecemos foi o suficiente para ela roubar meu coração e guardar com ela a sete chaves. 

-Nossa amor, como você é má. — Fingi está ofendido e ela riu. O som da sua risada parecia melodia para os meus ouvidos. -Vou me lembrar disso tah? 

-Hummm, posso conviver com isso. — Ela disse convencida comendo o bolo e eu ri. Caramba, ela me faz tão bem. 

Algo dentro de mim dizia que eu deveria ser sincero com ela e contar sobre a minha conversa com Scooter. Mais tinha medo da reação dela.... Respirei fundo e tentei criar coragem. 

-Kels, tem algo que eu preciso te contar e realmente espero que entenda. — Falei com um tom baixo e ela me olhou sério. 

-É sobre a conversa que você Teve não é mesmo? — Ela perguntou e eu assenti e comecei a contar toda a história. 

-Pov Kelsey Jones:

-Por que ela está fazendo tudo isso? Por que ela simplesmente não tem deixa ser feliz em? — Perguntei indignada segurando todas as lagrimas que queriam cair. -Ela precisa de tratamentos, ela é obcecada por você Justin! 

-Realmente queria saber as respostas para todas essas perguntas. — Ele olhou nos meus olhos. -Eu sinto muito por tudo isso, não era para ser assim... Não foi assim que eu planejei. 

-Não é culpa sua Justin. — Suspirei. -É culpa dela, mas está tudo bem, saiba que vou está aqui te apoiando okay? 

-Obrigado por isso... — Ele me olhou e deu um sorriso sincero. -Saiba que eu não vou te esquecer e nem desistir de nós tão fácil assim. — Meus olhos novamente se encheram de lágrimas. -Não chore, por favor amor... Quero que esse último momento seja repleto de sorrisos e risadas. 

-Quando você viaja Justin? — Perguntei segurando as lágrimas novamente. 

-Pretendo ir hoje a tarde. — Ele me olhou triste. -Mas vou deixar um dos garotos aqui para cuidar de você!

-Não precisa. — Falei rápido e ele negou com a cabeça. 

-Mesmo que você diga que não, eles vão ficar aqui. — Ele disse sério e eu sorri. 

Estava tão apegada. Estava DIFICIL o deixar ir. Meu coração estava apertado. Meu corpo trêmulo. Estava tentando mostrar que ficaria muito bem, mas a verdade é que eu tinha medo que ele e a tal Selena voltasse. 

-Huuuuuum, vamos andar de patins? — Ele me olhou com um sorriso singelo. 

-Eu acho que não sei andar. — Dei um sorriso nervoso e ele riu.

-Relaxa, eu vou te ensinar, só preciso que confie em mim amor. — Ele deu um sorriso calmo. 

-Eu confio em você Justin. — Fui o mais sincera possível. 

Chris: Estou chorando muito com essa separação dos dois :')

Chaz: Estou chorando de dó de quem vai aturar o humor do Justin depois disso lkkkkk'

Ryan: Quero ficar cuidando da Kelsey O.o

Justin: VAI TODO MUNDO SE FERRAR




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...