História An Idol, A girl And a LOVE - Imagine Jungkook - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Imagine Jungkook, Jungkook
Visualizações 393
Palavras 754
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 37 - Cai a noite e o dia vem!


Fanfic / Fanfiction An Idol, A girl And a LOVE - Imagine Jungkook - Capítulo 37 - Cai a noite e o dia vem!

CAPÍTULO ANTERIOR 

S/n on

Levanto minha cabeça vendo o carro sendo ligado, olhei novamente para meus pés, me virei para ir embora, mas quando estava saindo alguém segurou meu braço. Me viro, quando vejo o Bambam!


CAPÍTULO ANTERIOR OFF


BB: O que faz aqui?

S/n: A vista aqui e muito linda - tento força um sorriso.

BB: Estava chorando?

S/n: Não, é que a claridade do sol está muito forte.

BB: Então vamos sair daqui.... - ele pega minha mão me puxando para fora da ponte, ficamos em baixo de uma árvore.

BB: Me fale a verdade!

S/n: Am? Verdade?

BB: Eu sei que não estava aqui só pela vista. Estava com alguém?

S/n: Não que isso! Estava só vendo a vista mesmo. - A baixo a cabeça dando outro sorriso forçado.

BB: Vou fingir que acredito.


Quebra de tempo


Algumas horas depois, fui pra casa, na tentativa de manter o sorriso até chegar em casa, mas quando pisei o pé no portão de casa, meu olhos ficaram marejados. Quando passei pela porta, a fechando atrás de mim, encosto as costas nela descendo aos poucos até sentar no chão. Não demorou muito as lágrimas caíram.

Abraço meus joelhos afundando minha cabeça no mesmo, tentei abafa meu choro porém era mais forte que eu. Quando pensei que nada pudesse piorar meu pai aparece na minha frente.


S/p: Filha!! Sinto muito e pro seu bem....

S/n: Isso não é pro meu bem, se fosse pro meu bem deveria ter deixado eu com ele.

S/p: Ele não a merece.

S/n: EU O AMO.... EU O AMO!! ENTENDA ISSO!!!


Me levanto saindo pela porta novamente, parei na frente do portão olhando para meus pés.


S/p: Filha volte aqui!! - Respirei fundo, antes de sair correndo pela rua.

Só sei que corri durante alguns minutos, até chegar numa praça, não tinha ninguém nela. Avistei um balanço, fui até o mesmo me sentando, esperando o tempo passar, quando começou a chover.


S/n: O que mais pode acontecer hoje? Me diz?


Fico olhando as gotas caírem no chão, formando poças de água.


????: Posso me sentar aqui?


Me viro para ver quem estava do meu lado, quando vejo que era o TaeHyung.


S/n: Claro que pode Tae.

Tae: Obrigado!! -ele se senta no balanço ao meu lado, com um sorriso lindo - me balança?

S/n: Acho que você tá querendo de mais!!

Tae: Por favor!!

Me levanto indo o balançar. Até ele começar a puxar assunto.

Tae: Você é o Kook brigaram?

S/n:........!

Tae: Ele estava tão triste hoje de manhã, que fiquei até com dó dele. Nunca o vi tão triste assim, nem quando você foi embora ele não ficou assim.

S/n: Foi escolha dele...

Tae: Ele a ama muito. Ele estava falando com os Hyung's que te ama tanto que seria capaz de largaria a fama, para viver uma vida normal ao seu lado.

S/n: Você veio se balançar ou falar do Jungkook?

Tae: Desculpa!!

S/n: Tem nada não, você não tem culpa de nada.

Tae: Me fale o que está acontecendo!

S/n: Aigoo! Vou embora...

Tae: Não fica aqui!! Depois te levo embora.

S/n: Não precisa eu vou indo agora. Te vejo por aí Taetae.

Tae: Desculpa, não quis ser rude - diz cabisbaixo.

S/n: Por que será que não consigo ficar de mal com você? - Dou um sorriso.

Tae: Eu sei que é difícil! - ele diz com um sorriso largo e quadrado.


A noite cai, TaeHyung se despediu indo embora, fiquei esperando alguns minutos antes que saísse dali, continuei andando, passei por vários casais.


????: Eu te amo...

????: Eu que te amo!!


Isso me fazia querer sumir do mundo a qualquer momento. Cheguei até o dormitório do Jaebum, não queria dormir na rua. Pego meu celular, para ligar quando vejo a porta se abrindo.


????: S/n? O que faz aqui a essas horas da noite?

S/n: Me deixa ficar aqui hoje - digo abraçando o Jb que não recusou o abraço.

Jb: O que aconteceu minha pequena?

S/n: Não aguento mais!!!

Jb: Olha pra mim.... - ele segura meus braços fazendo o olhar nos olhos - Não chora meu amorzinho - ele passa o polegar na lágrima que fluiu, segurei sua mão que ainda estava no meu rosto.

S/n: Não quero perder mais ninguém...

Jb: Você não vai perde mais ninguém. Eu nunca vou te deixar.

Quando entramos, ele me deixou ficar na cama dele, ele dormiu no sofá que tinha no quarto. No dia seguinte sai sem acorda ele. Enquanto voltava para casa de ônibus, olho pela janela, na hora que estava passando pela ponte que marcou minha história no amor.

O tempo passa,cai a noite e o dia vem, tento fingir mas não dá pra esconder.

Estava chegando em casa, até ver um carro igual do Jungkook parado na frente de casa.

S/n: Jungkook?

[▪▪▪]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...