História An Important life - 2 temporada (vmin) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Rap Monster, V
Tags Bts, Ciumes, Drama, Hospital, Romance, Vkook, Vmin, Yaoi
Visualizações 105
Palavras 1.196
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Por favor leiam as notas finais, é importante.

Boa leitura.

Capítulo 4 - Saúde de Jungkook


Jimin POV

Acordei sentindo alguém segurar minha mão e brincar com meus dedos, abri os olhos e vi que era o Tae ao lado da cama, brincando com meu dedo mindinho. Ele estava tão intertido que não notou que eu já estava acordado, aproveitei para ver seu pequeno sorriso olhando para meu dedo.

- Você está zoando o tamanho dele, né?

- Ai – Tae disse se assustando e soltando minha mão. – Você quase me matou do coração Jimin!

- Desculpa hyung. – Ri da sua carinha de susto. – Eu não queria te assustar, mas você estava olhando pra minha mão sorrindo, achei que você estava zoando ela, ou estava achando ela fofa? – Provoquei para ver sua reação.

Ele olhou dentro dos meus olhos como se procurasse algo ou pensasse em algo, depois suas inflou suas bochechas e fez um pequeno bico logo depois sorrindo.

- Não tenho culpa se você tem umas mãos fofas de bebê.

Sorri enquanto sentia meu coração algumas batidas mais rápidas. Ei coração se acalma, isso não quer dizer que ele lembra de você, que ele sente o mesmo que você, por favor me escuta uma vez.

- Você está bem? Papai disse que você desmaiou por não está se alimentando bem.

Então era por isso que estava deitado naquele quarto de hospital, tentei lembrar a última vez que tinha comido e com o olhar preocupado do Tae, lembrei que tinha sido na antiga casa na praia da infância dele, quando estávamos juntos.

- Você precisa se alimentar direito Jimin, mamãe disse que você não quer parar de cuidar de mim, mas não cuida nem de si mesmo.

- Aí, assim você e me magoa. – Brinquei para amenizar a situação.

- É sério Jimin, coma direito por favor? Como você vai cuidar de mim doente? – Ele sorriu doce.

- Então tá tudo bem eu continuar cuidando de você? – Perguntei o olhando, ele não achava ruim me ter ao lado dele.

"tum, tum, tum"

Okay coração eu já entendi, você está levando isso como um sinal, mas se acalme, pode não ser isso, pode não ser...

- Papai disse que eu falava de você animado pra ele, disse que você cuidou de mim quando eu estava em coma, que você nunca desistiu de mim Jimin, que você cuidou dele e de mim ao mesmo tempo. – Ele sorriu e vi suas bochechas se tornarem vermelhinhas. – Ele disse que eu queria te apresentar a ele como meu namorado antes do acidente... Então eu deveria te amar muito.

Olhei eu seus olhos procurando algum sinal que me permitisse abraçar ele agora, eu precisava de um sinal ou que ele parasse de dizer aquilo, escuta lo dizer aquilo me fazia querer abraçar ló.

-Eu quero lembrar de você e de uma certa forma, eu sinto que você era especial pra mim. – Ele disse olhando para as mãos dele, tentei não focar no "era". – Então fique do meu lado saudável, por favor.

- Ok. – Sorri pra ele. – Tae, você quer ir comer comigo?

- Que? – Ele me olhou.

- Estou com fome e a lanchonete daqui vende um misto delicioso, vamos? – Ele sorriu assentindo.

(...)

Taehyung POV

Quando chegamos na lanchonete, Jimin me deixou em uma mesa perto da janela e foi buscar alguma coisa para comermos. Era chato está naquela cadeira de rodas, ter o Jimin fazendo tudo pra mim me deixava meio incomodado, como se não fosse algo que eu estivesse acostumado, ele não precisava fazer tudo aquilo pra mim, afinal não é como se eu não pudesse me mexer, eu conseguia mexer minhas pernas, elas apenas doíam muito a eu tentar andar.

Enquanto pensava vi o garoto que conheci no parque do hospital entrar na lanchonete, acenei sorrindo pra ele e ele veio até mim.

- Oi Jungkook. – Sorri pra ele.

- Oi Taehyung, seu namorado está melhor? – Perguntou se sentando na cadeira vaga em minha frente.

- O que? Espera o Jimin não é meu namorado Jungkook. – Disse olhando o Jimin falando com a atendente no balcão da lanchonete. – Quer dizer, eu não lembro se ele é.

- Como assim? – Ele apoiou o rosto na mão enquanto me olhava.

- Eu não consigo lembrar dele ou do acidente que tive.

- Hm... – Ele ficou com cara de pensativo. – Você é complicado.

- Que?

- Se o garoto, que desmaiou na nossa frente hoje de tarde, não é seu namorado, por que você se preocupou com ele na hora que ele desmaiou?

- Porque... – Olhei para Jimin que sorria enquanto pegava a bandeja com nosso comer. – Eu não sei, apenas me preocupei como se ele fosse... – Não terminei.

- Alguém importante? – Ele sorriu. – Jimin esteve ao seu lado todos esses anos, que você esteve em coma, Taehyung. Como um verdadeiro anjo da guarda, se você não fosse especial pra ele e não fosse recíproco, você acha que ele passaria esses anos todos cuidando de você?

- Como um anjo da guarda? – Perguntei pensando alto

- Sim, você acredita em anjos?

- Eu... – Senti um desconforto no peito, olhei para Jungkook e era como se ele pudesse ler minha alma e trazer atona algo dentro de mim, que eu desconheço. – Eu acredito.

- Que bom. – Ele sorriu se levantando da cadeira. – Você precisa acreditar no seu anjo para que ele possa te proteger.

De repente quando Jimin estava se aproximando e Jungkook deu um passo para longe da mesa em que estávamos conversando, Jungkook colocou a mão na cabeça e segurou na cadeira ao seu lado.

- Jungkook? – Perguntei, ele parecia pálido.

- Tae. – Ele falou baixo, fraco.

Mesmo com minhas pernas doendo e eu sentindo que meus ossos poderiam partir a qualquer momento, eu levantei daquela cadeira e corri até Jungkook, a tempo de pegar segurar ele, antes que ele caísse no chão desmaiado.

Jimin correu para me ajudar e alguns enfermeiros apareceram para socorrer Jungkook. Ele foi levado para alguma sala, enquanto Jimin me ajudou a chegar na mesa, minhas pernas doíam muito e a cada passo era um estalo. Jimin tentou puxar assunto comigo para me distrair, mas eu só conseguia pensar em que tipo de doença Jungkook tinha e em o que ele quis dizer com "Você precisa acreditar em seu anjo para que ele possa te proteger"?

(...)

Depois que eu e Jimin comemos pedi pra ele me levar até a sala do meu pai no hospital, se tem uma pessoa que podia saber o que Jungkook tinha era ele. Entramos na sua sala, ele estava vendo algo no computador sério, mas quando me viu sorriu e se levantou da cadeira e veio até mim bagunçando meu cabelo sorrindo.

- Está dando uma volta pelo hospital, filho? – Perguntou. – E você Jimin? Já comeu? – Jimin assentiu agradecendo a meu pai por ter cuidado dele.

- Pai, preciso te perguntar algo.

- Claro, pode perguntar.

- Jungkook, o paciente que desmaiou hoje na lanchonete do hospital, o que ele tem? – Perguntei olhando para seu rosto buscando algum sinal.

- Tae, não posso ficar falando sobre a situação dos pacientes. – Ele disse se tornando sério.

- É importante pai, ele é um amigo meu. – Falei segurando suas mãos. – Por favor. – Ele suspirou e olhou pra Jimin e depois para mim.

- Tudo bem, ele está com câncer Tae, no estágio terminal.

Engoli em seco, Jimin tocou em meu ombro perguntando se eu estava bem, mas apenas consegui pensar em como Jungkook podia sorrir daquele jeito sabendo que logo morreria e porque aquilo estava doendo em mim?


Notas Finais


Obrigada a todos os comentários no capítulo 2 e no desabafo (?) do capítulo 3, vocês me deixam com vontade de continuar essa fic, obrigada por isso sz

Estava pensando em fazer um grupo no whatsapp, onde poderíamos conversar e nos conhecer melhor, que tal? Também poderíamos fazer algumas brincadeiras, vocês saberiam quando eu estaria escrevendo um capítulo da fanfic e talvez até alguns spoilers, o que vocês acham?

Desculpa ter demorado pra postar, mas como falei no desabafo da atualização anterior, eu ainda estou mal, mas vou me esforçar pra que isso não afete a fanfic, obrigada pelo apoio, vocês são os melhores leitores sz

Estou preparando uma oneshot vkook hot, quem irá ler ela o/ ?

Até o próximo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...