História An Innocent In my Hands - Yaoi. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Alluka Zoldyck, Gon Freecss, Hisoka, Illumi Zoldyck, Isaac Netero, Kalluto Zoldyck, Killua Zoldyck, Kurapika, Leorio Paradinight
Tags Comedia, Ecchi, Escola, Festa, Gon, Gon X Killua, Hentai, Killua, Killua X Gon, Kirugon, Kurapika, Lemon, Leório, Luta, Morte, Romance, Sexo, Yaoi
Visualizações 34
Palavras 1.231
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


YOOOOO! TUDO BOM? Desculpe a demora, mas esse EP tá top hein 🌚 huehuehue.
Pra quem tá acompanhando a minha fic de Kuroko No Basket, saiu ep esses dia, lgl né???

٩(๑❛▽❛๑)۶

d=(´▽`)=b

ฅ'ω'ฅ

●︿●

= ̄ω ̄=

ლ(´ڡ`ლ)

(○゚ε゚○)

(ノ*>∀<)ノ♡

Capítulo 3 - Dormindo Juntos!


Fanfic / Fanfiction An Innocent In my Hands - Yaoi. - Capítulo 3 - Dormindo Juntos!

P.O.V.'s Killua/ON

Gon se levantou do chão gélido da sala e foi para o quarto. Joguei a cabeça para trás no sofá fechando os olhos, assim permitindo-me soltar um suspiro angústiante.

O que estou fazendo? Que sentimentos são esses? Isso é... Mas que amizade.... É errado... Assustador! Ser assassino era mais facil, mas quem disse que está vida era um par de rosas? Bobagem.

Abri os olhos lentamente revelando a imagem de Alluka, dou um sobressalto por causa do susto mas logo me recomponho.

_ Alluka? Quer algo? - Pergunto.

_ Maninho! - Me levanto do sofá e vou em sua direção, pegando a mesma no colo. - Maninho! Me joga pro alto! - Obedeço. - Me leva para o quarto. - Obedeço. Ela abriu a boca para pedir algo a mais, a interrompi de imediato.

_ Alluka, o maninho tem que ir dormir, vai deitar. - Ela fez biqunho, mas mesmo assim se dirigiu a cama se-cobrindo por completo. - Boa noite.

_ Boa... Noite.

Saio do quarto deixando a pequena sozinha, é estranho ela sair do quarto do nada e fazer pedidos. Aposto que queria me falar algo... Ignorei esses pensamentos e me dirigi ao quarto onde durmo com Gon. Achei o mesmo em minha cama de bruços abraçando meu travesseiro, não pude não reparar naquela bunda empinada, já imaginando ela sobre mim. Corei de imediato quando vejo o moreno abrir os olhos dando um sorriso.

_ Killua... - Ele tinha uma cara sonolenta, e sua voz era rouca e ao mesmo tempo neutra, uma voz doce... - Alluka já está dormindo? - Aceno com a cabeça possetivamente, vendo o outro dar um suspiro de alívio.

Sem mais nenhuma palavra, pego o travesseiro de sua cama para dormir, pois o menor tinha pego o meu. Feito isso, fui devagar me deitando na cama de costas para ele, sinto seu corpo se escorrar no meu fazendo sua cabeça encostar em minha costa. Um arrepio passa por minha espinha me fazendo parar de respirar de nervosismo.

~ 1... 2... 3....

Conto mentalmente para por fim respirar fundo e me deixar relaxar. Fecho os olhos numa tentativa vaga e falha de tentar dormi, fico olhando para parede até que uma voz suave me chamou.

_ Killua... Está dormindo? - O moreno perguntou me cultucando com o dedo indicador.

_ Não, você sabe que posso ficar uns 4 dias sem dormi. - Falo calmante enfim deixando um suspiro de desaprovação sair. - E você? Não estava com sono? - Pergunto agora me virando para o ser ao meu lado, arqueando uma sombrancelha.

_ Estava... Mas quando senti sua presença, não sei porque me-despertei. - Concluiu por fim. - Estou sem sono.

Penso um pouco fitando as órbitas/pupilas cor de mel, me veio uma ideia derepente em minha cabeça, talvez seje estúpida, mas porquê não tentar? Dou um  sorriso de lado e me levanto me encaminhando a porta, Gon me fitava com um olhar curioso vendo eu desaparecer em sua visão.

Caminho até a sala onde tem uma estante de livros, acabo pegando um de ação, aventura e Shounen. O nome do livro era "O Jovem Hunter", provavelmente conta uma história de uma pessoal que passará a virar um grande Hunter. Não me dei o trabalho de ler a Sinopse.

Fui a cozinha e abri uma gaveta aonde tinha velas e lanternas caso faltar luz. Pego uma lanterna e volto ao quando onde meu pequeno está a fitar o teto.

Ligo a lanterna e deixo ela no chão virada para cima, assim dando um boa iluminação no quarto. Me deitei ao lado de Gon e o sorri estendendo o livro ao moreno. Ele pega e encara a capa do livro.

_ Hum? Meu livro favorito? - Ele me encara em dúvida.

_ Aham, pode ler para mim? - Pergunto fazendo biquinho e o mesmo ri já abrindo o livro.

_ "Em uma ilha de tamanho médio, vivia um garoto de 15 anos, apenas esperando seu sonho se tornar realidade. Ele passou a vida sonhando em ser um grande caçador Hunter e viajar para os 4 estados que tinha aos arredores." - Começou a ler, não sei porque, mas sua voz me traz paz e felicidade. Ela me acalma... - " Ao completar 16 anos, Arthur, nosso protagonista, viajou para fazer o exame, deixando para trás sua irmã mais nova e mãe, que por a partida de seu familiar choraram muito. Mas sabiam que o não tão pequeno Arthur voltaria para sua família (...)"

P.O.V.'s Killua/OFF.

P.O.V.'s Narradora/ON.

E assim passaram aquela noite intediante, o albino mesmo não gostando de ler, ou ouvir histórias, ouviu essa atentamente, e por incrível que pareça, o sono o capturou em um piscar de olhos.

Logo o menor perceberá que a respiração de seu amigo ficará mais pesada e profunda, virou-se para o lado encontrando o amigo dormindo ao seu lado. Deu um sorriso e tentou se levantar para desligar a lanterna, mas foi impedido por um pequeno aperto em sua mão. Olhou curioso a mesma e percebeu que o albino a segurava. Deu outro sorriso e pôs a se deitar novamente apertando ainda mais a mão do amigo, colocou o livro em sua barriga e por fim deu mais uma olhada para o lado.

Neste instante nosso pequeno corou com a visão do amigo dormindo. Mal perceberá que uma pequena chamas se acendeu dentro de si. Respirou fundo e por fim dormiu com as mãos entrelaçadas na do maior.

P.O.V.'s Autora/OFF.

P.O.V.'s Killua/ON.

Acordei sentindo um calor em meu corpo, abri os olhos meio receoso e com sono, vi que estava abraçado ao menor, me assustei e com cuidado me retirei do abraço acidental. Sentei-me a borda da cama e esfreguei meus olhos com as mãos fechadas e comecei a tirar a coberta (que eu não sei como foi parar ali) de minhas pernas para me levantar.

Antes que pudesse fazer o que planejava, fui pego por um braço que rodiou minha cintura. Olhei Gon e me arrependi logo em seguida, ele estava corado e com os olhos seme-abertos, com uma cara de sono.

_ Ohayō Kill... - Falou rouco, e não sei o porquê, mas só por isso corei. - Ia se levantar sem mim? - Fez biquinho.

_ Ohayō - Digo. - Você parecia em um sonho bom.

_ Sim, estava, mas derepente seu calor se foi de meu corpo! - Resmungou se sentando na cama estilo índio.

_ Desculpa? - Pergunto confuso e com o coração a mil, sorte que consigo controlar as emoções... É.... As vezes.

_ Hmph. - Resmungo se levantando e saindo do quarto com as bochechas infladas.

~ Ele ficou mal por eu sair do abraço, ou por não acordar ele?

Fiquei ali com cara de tacho por alguns segundos, mas logo fui atrás de Gon. Chego na cozinha e vejo ele sentado a mesa com Alluka, enquanto isso a tia Mito está fazendo algo de café da manhã.

Me sentei em silêncio e comprimentei Mito e Alluka.

_ Desculpa dormir fora, senhor Akashi me convidou para passar a noite. - Falou calmamente olhando a água do chá ferver. - Quando cheguei Alluka estava dormindo com uma pelúcia, e vocês dois... - Ela se virou e nos fitou sério. - Porque não se cobriram ontem a noite? Quando fui os ver estavam agarradinhos - Dito isso, me engasguei com a própria saliva. - Imaginem os dois pegarem um resfriado?

_ Gomen! - Falou Gon dando aquele sorriso simpatico que só ele tem. E enquanto Mito e Gon conversavam, eu tentava puxar o ar para viver. Eles não me viram não?


To Be Continued...


Notas Finais


Desculpa erros de PT ;-;

░░░░░░▄▄
░░░░░█░░█
▄▄▄▄▄█░░█▄▄▄
▓▓▓▓█░░░░░░░█
▓▓▓▓█░░░░░░░░█
▓▓▓▓█░░░░░░░░█
▓▓▓▓█░░░░░░░░█
███▀▀▀███████


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...