História An odd story - Capítulo 6


Escrita por: ~

Visualizações 25
Palavras 385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Kateau yuuna brontando a essa hora da manhã pq eu nao tenho nada pra fazer :v meu celular foi pri brejo e eu só vou conseguir um novo em outubro. Mas é a vida e com a vida a gente lida vou usar o celular reserva nao me culpem se estiver bem bosta esse capítulo

Capítulo 6 - Sem um título bacana


Eu acordei com uma pessoa tentando me acordar. - ei Dia levanta. Amanheceu e eu quero comer. Faz o café pra mim. - disse uma jovem esfomeada toda descabelada - oxe faz você - . Provavelmente ela se mexeu muito dutante a noite, o futon dela estava todo desarrumado e a Ruby ainda estava dormindo. eu desci para a cozinha e bebi um copo de água,  eu peguei um suco (suquinho de uvinha, quando vc tona vc faz caquinha! Sorry a demência bateu forte. Isso foi um bagulho que um menino falou ano passado)  e coloquei em um copo (nao mano, vc colocou dentro da mesa -_-) eu fui até a sala ver anime por que a Mari não ia parar de me encher se eu não fosse assistir SAO II com ela - porra kirito velho! Vai caralho salva a menina! - ela provavelmente ainda está com sono. Eu fui até o andar de cima ver se a Ruby já tinha acordado. Ela estava levantando da cama - ohayou onee-chan - ela falou um pouco sonolenta - bom dia - falei um pouco tensa sobre ontem a noite - err... sobre ontem... o... o que significou aquilo no corredor...? - ela perguntou toda vermelha. Eu senti meu rosto esquentar. Ela foi chegando mais perto à medida que eu recuava até que chegamos na parede, a diferença de altura não era muito grande então ela conseguiu me prensar na parede e eu ataquei, eu a beijei sem hesitar, eu pedi permissão e ela cedeu em um instante. Eu fui explorando cada canto da boca da minha irmã mais nova, parando para pensar, parece bem errado se eu disser assim, nos separamos por falta de ar - eu te amo. Desculpe por ser uma irmã tão ruim. - eu disse - eu também te amo. Será que, sei lá agora estamos... namorando? - ela perguntou - eu acho que isso é um sim - falei e dei-lhe um selinho - será que o casalsinho já acabou? - eu me virei e vi a Mari parada na porta - esqueça de tudo o que você viu! - eu pedi - ok eu não vou contar pra ninguém. Afinal somos amigas. - ela falou. Eu estou namorando a minha irmã mais nova, eu sou mesmo uma estranha heheh.


Notas Finais


Birl. Hj eu fui mordida por pessoas três fucking vezes. Eu tenho cada amigo noiado. Nem posso reclamar, eu também sou uma noiada :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...