História An orphan of lucky!! - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation, Got7, TWICE
Personagens BamBam, Dahyun, Jackson, JB, JR, Mark, Momo, Personagens Originais, Taeyeon, Youngjae, Yugyeom
Tags Comedia, Dahyun, Got7, Idiotices, Momo, Romance, Taeyeon
Exibições 84
Palavras 944
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieee genteee!! Tudo bem? Eu espero que sim^^
Chegou a hora tão esperada e.e Espero que gostem <3
Boa leitura <3

Capítulo 29 - Gostou?


~Continuação~

Mark On.

-Vamos beber alguma coisa?-JB. Que deu nele...?

-Ué? Porquê?-Jackson.

-Pelo sucesso de ''Hard Carry''!!-JB.

-Podem ir, estou com dor de cabeça...

-Tá...Mas não vai ser a mesma coisa sem você Mark...-Yug.

-Podem ir. Eu cuido da dor de cabeça dele!-Yumi. Sorri de lado mas estava olhando pra Tv.

(...)

Eles sairam e a Yumi se colocou na minha frente. Será que ela ta pensando no mesmo que eu?

-Vamos ver! Temos **** e *** Qual quer tomar?-Falou os nomes dos remédios.

-Você não se tocou?-perguntei me levantand e indo até ela.

-Tocar o quê?-perguntou com uma cara curiosa.

Nem dei tempo pra ela falar, ataquei aqueles lábios vermelhos.

A puchri pela cintura e colei nossos corpos, nossas bocas estavam plenamente encaixadas, pedi passagem com a lingua e ela a deu, logo começamos uma ´´guerra´´ dentro do nossas bocas.
As mãos de Yumi estavam na minha nuca e sabia que ela estava na ponta do pé, eu tinha uma mão em sua nuca e a outra em sua cintura, agarrando firmemente. Paramos o beijo pela falta de ar::

-M...Mark! Eles podem chegar...-falou tentando se recuperar.

-Sempre que eles vão beber, voltam de manhã quase mortos! Dá pra fazermos muitas coisas...-disse e ela corou.

A peguei no colo e fui até o quarto da mesma. Fechei a porta com o pé e joguei ela na cama -delicadamente.

-Ma-mark....-Yumi.
Subi em cima do corpo dela e fiquei encarando.-Você tem certeza que quer fazer isso?-disse se ajeitando entre meus braços. Sorri e a beijei mais.

Yumi parou o beijo envertendo as pusições, sentou em cima do meu menbro o que me fez soltar uma pequena arfada. Ela começou a destribuir beijos quentes pelo meu pescoço, senti uma mão quente entrando pelo meu abdómen acima, soltei uma risadinha ao sentir ela apertando um dos meus músculos (abs, gominhos).

Sem ao menos perceber eu estava sem camisa e ela tinha a blusa  torta...Acelarei o prucesso e retirei sua blusa.

A pele de Yumi continuava branca, menos numa parte, na zona das costelas, parte esquerda, continha uma mancha ou algo do género....Decidi ignorar - por agora.
Yumi vestia um sutiã num tom branco/cinza que fazia seus seios se espremerem um pouco...Mordi o lábio, ataquei aquela pele alva. A garota por sua vez, arfou e senti a mesma deichar sua cebeça cair para trás.

Retiramos minha calça sem pararmos de nos tocar. A puchei rapidamente, fazendo com que nossos corpos de grudassem de novo. Fui baixando seu short e apertei sua bunda, sem força. Era fofinha e suave *-*

Abri o fecho do sutiã, sem quebrar o beijo ela pegou ele -sutiã- e taco não sei onde. 
Confesso que estava bem recioso mas tomei coragem e apertei de leve seu seio esquerdo, ela arfou e começou a beijar e murdiscar minha clávicula. Ícrivel como Yumi conseguia fazer as coisas de maneira delicada mas provocante e não sendo melosa de mais...

Ela se baixou um pouco dando beijos em minha barriga e peitural, enquanto baixava minha queca box...As coisas estavam bem quentes!! A ajudei em certas alturas.
Depois de retirar minha box a inpurrei para trás, caíu em cima da cama, de braços um pouco abertos dando a visão plena de Yumi semi-nua.

Retirei com os dentes sua calçinha e apertei um pouco sua coxa, fui dando celinhos em suas pernas, barriga, peitos e percoço. 

-V-vai doer m-muit-to?-Escutei a garota perguntar, a olhei e ela estava levemente corada e sua expressão era de quem estava reciosa. Sorri, ela estava super fofa.

-No inicio mas depois, a dor se transforma em prazer...-falei e senti ela se arrepiar, me fazendo ficar ainda mais duro.

Peguei uma camisinha que estava do meu lado, eu peguei ela no meu quarto antes de ir na sala.
A coloquei e me pusicionei entre suas pernas. 

Entrei com meu menbro na sua entrada e esperei um tempinho até receber um sinal, para prosseguir com os próximos passos...Yumi era apertada e quente, estes pensamentos faziam meu desejo aumentar e me arrepiar.

A garota alva enterrou um pouco meu menbro em sua entrada, percebi que era o sinal que tanto esperava.

Começei com eleves estucadas, ela agarrou minhas costas e eu me levantei com ela no colo ainda comigo dentro dela.

A prendi na parede e a virei de costas, ficando meio que de quatr para mim, prendi suas mãos na parede com as minhas por cima das mesmas, a ajeitei e começei a estocar mais, a cada estocada um gemido era escutado e seu corpo se ''encontrava'' com a parede cinza, ficava em pontas dos pés também com as estocadas.

-Mar...haaaaa...mark...eu quero mHaaamais haaaa-Yumi. Entendi o recado.

Sem nem a deichar ajeitar-se dei uma estocada funda. Yumi gemeu alto, achei seu ponto fraco.
Começei a dar estocadas fortes que acertavam seu ponto fraco várias vezes. 

Depois de um tempo com as estocadas fortes senti sua entrada se apertando -mais do que já era apertada- e algo quente ''tocar'' meu menbro ainda dentro dela, desviei o olhar para baixo e tinha um líquido quente, meio amarelo escorrendo por suas pernas, sua respiração estava desconpensada e por ainda estar dentro dela sentia umas estocadas -vindas de Yumi- indesejadas. Ela estava ofegante e tentava recuperar o ar, fazendo com seu corpo se meche-se. Pra mim era provucações fortes, não demorou muito e me desfiz ''dentro dela''- camisinha.

Me retirei de dentro dela e a virei para mim::

-Gostou?-perguntei.

-Bastante!!-disse e me deu um selinho rápido.

Tomamos um banho juntos e nos vestimos ali no quarto, enquanto ela se arrumava eu limpei nossas sujeiras e arrumei as minhas roupas. O quarto nem parecia que tinha sido utilizado para o que fizemos e.e


Notas Finais


Obrigada por ler^^
Beijos fiquem bem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...