História An unresolved dilemma -T3ddy - Capítulo 17


Escrita por: ~

Visualizações 79
Palavras 1.377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Maratonaaaaa ❤ (ps- minhas queridas e queridos leitores (as) a maratona será um cap por dia, coisa que eu nunca fiz (hihihi) e não um dia 5 cap kkkk saca? Amo vcs.) MUDEI A CAPAAAAAA DNV.

Capítulo 17 - Tempo.


Fanfic / Fanfiction An unresolved dilemma -T3ddy - Capítulo 17 - Tempo.

Dois meses se passaram, exatamente dois meses após conhecer os meninos e resolver finalmente mudar de apartamento, na verdade, agora eu tenho uma casa inteirinha pra mim. Daqui uma semana eu me mudo e adivinha quem está me ajudando com a decoração? Nah e tata, claro! Estamos cada vez mais próximas umas das outras, elas praticamente moram em casa, Júlia trancou a faculdade mês passado e está no rio desde então por problemas familiares, Chris está solteiro novamente e claro, passando o rodo nas meninas do villa mix. Mauro me trouxe dos Estados Unidos varios itens de decoração pra minha casa e ele e Nah estao ficando.

T3ddy está em Ribeirão com seus pais fazem duas semanas mas chega daqui três dias e eu não vejo a hora de ver ele. Em dois meses ele se tornou tão importante, nossa vida foi corrida durante um periodo, mas conseguimos conciliar tudo, voltei pra minha faculdade, mas achei um tempo pra mim, claro! Não saio mais dessa vida, não abandono mais ele, realmente nesses dois meses eu reaprendi como é viver a vida.

Finalmente amanhã é dia 20 e ai estarei oficialmente de férias ate o começo de agosto, então significa que vou fazer muita festa, ir em roles e aproveitar o máximo do meu tempo com o Lucas.

"Amiga, Mauro e Chris chegaram!" -Tata disse batendo na porta tirando minha concentração do celular, sorri pra mesma e levantei de minha cama. Fui em direção ate minha sala praticamente vazia apenas com algumas caixas espalhadas pelo chão ao encontro dos meninos.

"Meus amores!" -Falei sorrindo e abracando os dois ao mesmo tempo.

"Poxa Gab, você nao vai sentir falta disso tudo?" -Chris disse olhando em sua volta.

"Falou quem muda de apartamento todo ano." -Rimos "Acho que vou, mas mudar faz bem, nao é?" - falei sorrindo com o mesmo.

"Realmente, sua casa nova deve ser linda, pelas fotos que você mandou ja posso imaginar!" -Ele disse passando seu braço em volta de meu pescoço.

"A casa tem piscina Chris, essa menina ostenta dinheiro, rica." -Mauro disse sorrindo olhando pro Chris.

"Cala a boquinha Mauro, e não conte pro Christian, quero que seja surpresa!" -Falei olhando pro Mauro em seguida revirando os olhos e o abraçando.

"Nah, Tata!" -Gritei e o eco invadiu o local, elas logo apareceram na sala "Amigas, vamos?" -Perguntei e elas assentiram. 

Peguei algumas caixas que haviam fechadas no chão da sala e os meninos fizeram os mesmos, com dificuldade coloquei minha bolsa no ombro e nah pegou meu celular e chaves para trancar a casa. Pegamos o elevador e descemos para o estacionamento do prédio entrei no carro do Chris com Mauro e o mesmo e a Tata foi com Nah no seu carro.

Saimos do estacionamento do prédio e pegamos a direção para minha casa nova, meia hora se passou e haviamos chegado, peguei o controle do portao que estava em minha bolsa e abri o mesmo para que eles entrassem com o carro dentro da casa, em seguida estacionaram e descemos do carro com algumas caixas.

"Porra Gabriela, que casa gigante!" -Christian Falou boquiaberto.

"Minha mãe e meu pai sao realmente incríveis." -Sorri pro mesmo e passei a mão em seu braço segurando a caixa com a outra.

Abri a porta da casa e entrei, em seguida todos atras de mim, a casa já estava quase montada, tinha uma grande escada de marmore branco com o corrimão de vidro e led branco na parede. Nela havia quatro quartos, o maior faria de closet, o segundo maior meu quarto, e dois para visitas. 

"Sério mesmo que vai transformar a suíte no closet? Eu ficaria com a suite." -Chris falou entrando no quarto.

"Para de ser chato, eu tenho muita roupa, sapatos e quero colocar minha penteadeira com minhas maquiagens." -Falei sorrindo imaginando tudo pronto.

"Vai ficar lindo amiga!"-Nah disse me abraçando por trás.

Depois de organizar algumas coisas resolvemos pedir nosso almoço, uma grande barca de comida japonesa para nós cinco e claro, uma Coca-Cola, nos juntamos na área de fora da casa próxima a piscina, conversamos e comemos enquanto Chris gravava um daily de tudo o que faziamos. 

"Porra Gabriela, tem uma sala de jogos aqui?" -Mauro disse tentando ver pela janela de um quartinho que havia na área de churrasqueira.

"Tem sim, Mauro." -Eu disse rindo o observando.

"Abre aqui pra gente Gab." -Chris falou me olhando enquanto me gravava.

"Vou pegar a chave e volto já." -Falei rindo e mostrei a lingua pra câmera.

Fui até a porta da sala onde se encontrava as chaves e quando eu ia voltar o interfone tocou, fui abrir o portão e era apenas o moço da internet que colocaria Wi-fi em casa. Deixei ele entrar e pedi para que ficassem avontade.

Voltei até onde Chris e Mauro estavam e abri a porta da pequena sala de jogos e Meu deus, quanta poeira.

"Porra, minha rinite vai atacar!" -Falei rindo em seguida espirrando.

"Quando a moça vem limpar a casa?" -Chris falou rindo do meu espirro.

"Quarta finalmente! E ai semana que vem ja trago o resto das coisas." -Respondi sorrindo pro mesmo.

Ficamos juntos a tarde toda, ouvimos musica, dançamos até que T3ddy ligou pra Chris e pediu para que saisse de perto de mim, estranhei mas fiquei quieta. O que sera que esses dois estão me escondendo?

Resolvi com Tata e Nah que iriamos comprar bebida, tata mandou mensagem para Júlio chamando ele e Igor pra virem até minha casa nova para conhecer e claro, beber.

Peguei meu buggy, Nah entrou do meu lado e tata sentou na parte de trás. Fomos até o 24hrs mais próximo e escolhemos algumas garrafas de bebida, comprei tequila pra deixar guardado em casa, peguei alguns keep cooler e Nah me ajudou. Pagamos e voltamos para o carro, após andarmos um pouco pelo bairro movimentado que tinha proximo a minha casa vimos uma sorveteria e decidimos comprar dois potes de sorvete. Depois de todo o rolê voltamos e ao entrar reparei no carro que estava do lado de fora de minha casa, era igual ao do Lucas.

Entrei com o carro para dentro e pude ouvir aquela risada única, sai correndo até a área aberta próxima a sala de jogos e pude ver ele. Nossos olhares se chocaram e no momento só pude querer uma coisa, seu toque, seu beijo, ouvir sua voz e poder sentir seu cheiro. Pulei em seu colo rápido e sem deixar ele pensar, logo entrelaçando minhas pernas em sua cintura.

"Como assim? O que você faz aqui?" -Disse feliz sorrindo pro mesmo.

"Quis fazer uma surpresa pra você!" -Ele disse e beijou minha testa, em seguida me colocou no chão.

"Eu estava com tanta saudades, duas semanas parecem duas vidas!" -Disse ainda o abraçando, ele sorriu.

Ficamos ali, naquele momento, nos curtindo como sempre, nosso destino queria nós dois juntos, podiamos sentir. O dia se tornou ainda mais especial com sua presença, nos juntamos em amigos, bebemos e aproveitamos o resto da tarde juntos, tiramos algumas fotos juntos e da nossa pequena reunião entre amigos.

T3ddy postou uma foto nossa no instagram com a legenda "A melhor surpresa da minha vida." E claro, meu instagram começou a encher de notificação como de costume. Sempre aparecia nos videos do Chris, snap e stories do Mauro e do t3ddy. Estava sempre em festa com a Nah, realmente nos tornamos quase irmãs, viviamos juntas. Em um dia qualquer ficamos ali, fazendo aquele dia ser especial, por ter pessoas especiais.

A noite chegou, e alguns foram embora, agradeci por terem vindo. Sobrou eu e ele, como de costume, nós dois. Dois meses juntos, colados, unidos, o que nós eramos? Ficantes? Amigos? Namorados? Nem um desses termos se encaixavam em nós, eramos pessoas com sentimentos, que se gostavam, que são apaixonados pela vida e querem compartilhar momentos juntos. Ficamos na beira da piscina vendo a noite chegar, o silêncio ali reinava, nós trocavamos olhares e sorrisos. Ele passou a mao por meu rosto e eu apenas fechei meus olhos.

"Eu estava com saudades." -Disse baixo sentindo seu toque.

"Você nao tem ideia de como fazia falta não ter você comigo lá." -Ele disse sorrindo.

Entrelacei nossas mãos e brinquei com seus dedos , olhei em seus olhos e em seguida ele sorriu pra mim, que sorriso! Passei minha mão por seu rosto e beijei-o calmo, ele pôs sua mão em minha cintura apertando-a a mesma em seguida.

"Meu amor." -Ele disse me dando um selinho.


Notas Finais


Ahhhhh que casal hein? Casal da porraaaaa, amo muito poder dar vida pra esses dois ❤
Comentem o que acharam, favoritem pra terem a notificação de cap postado.
Isso é o primeiro cap da maratona q vai até sexta.
(Quem sabe se vcs gostarem eu n faça semana q vem tambem?) Beijao meus amores ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...