História Anata no kokoro o kikimasu. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Escuteseucoração
Exibições 8
Palavras 875
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi amores!!! Estefany não irá escrever com migo este capitulo ( mega triste) mais irei fazer o possivel para que fique legal viu morangos?
Boa leitura!

Capítulo 5 - A carta do Kazuaki.


Fanfic / Fanfiction Anata no kokoro o kikimasu. - Capítulo 5 - A carta do Kazuaki.

P.O.V KAZUAKI ON

Os garotos comeram e depois foram para os seus quartos, me joguei no sofá e coloquei os meus fones... acho que terminei dormindo.

 Abri os meus olhos e estava no carpete da sala, olhei para o relógio era 6:45, me virei e voltei a dormir, alguém me balançou

- O que porra? berro

- Estamos atrasados Kazuaki. fala Yachi 

Olhei novamente para o relógio e era 7:12 dei um pulo e Raiden me olhava feio

- O que? pergunto

- Você disse ontem que iria nos acordar e a coisa se inverte sua preguiça. fala ele 

Dou as costas pra ele e vou me trocar, coloquei uma calça jeans uma blusa branca e coloquei um casaco marrom, passei um perfume e penteei os cabelos até escutar os berros de Raiden, bufei 

- Pra que tanto escândalo? pergunto descendo vagarosamente as escadas

- Se arrumou tanto pra que? pergunta Yachi

- Pra impressionar as gatinhas da escola, você deveria fazer o mesmo. falo piscando pra ele

Raiden me pucha para fora da casa e Yachi vem atrás, depois de um sufoco na coordenação entramos na sala e parecia que o professor de Geografia levou um acidente de carro quando vinha para a escola e ficamos sem a sua aula alguém pulou em cima de Yachi

- Yachi-chan. falou Hana sorrindo e puxando as suas bochechas

Ele ficou mais vermelho que um tomate e ela riu, alguém a pucha com toda a força era Mari

- Nossa Mari que violência. fala Hana a olhando

- Deixe de agarrar as pessoas, olha a cara dele. fala Mari séria

Hana o olhou 

- D-Desculpe... ela falou meia triste e foi se sentar

Hana olhou para Yachi séria e foi se sentar

- Nossa... a Mari é meia chata. murmurei

- Eu sou o que senhor Kazuaki? pergunta ela do fundo da sala exalando uma áurea roxa assustadora

Hesitei e Raiden me empurrou, Emi a puxou para fora da sala meia constrangida 

- Está maluco, quer que ela sugue o seu sangue até não sobrar nada, sangue de anjo é bom sabia. fala Raiden

Virei a cara e fui me sentar, a aula seguinte começou era geometria ás garotas entraram meia atrasadas e Mari cobri o rosto com os cabelos eu não sei se ela estava chorando... mais para um vampiro chorar tem que ser uma coisa muito forte e não apenas uma briga.

(...)

No intervalo, eu resolvi sair um pouco e várias coisas passaram na minha mente, as coisas que eu vim fazer aqui na terra, ainda não achei quem estou destinado a ajudar. Coloquei o capuz e fui para a biblioteca é o lugar mais tranquilo que tem, me sentei enquanto escutava música eu lia um livro. Quando voltei para a sala eu vi o barraco

- Larga que eu vou avançar neste cretino. berra Mari

Raiden ria da cara dela enquanto Hana a segurava, as pessoas assistiam e riam principalmente umas garotas lá traz, Emi ajudava Hana a puxar Mari ela realmente é forte pois tem duas vampiras a puxando, tirei o capuz e os fones

- Ei Raiden o que está fazendo? perguntei me aproximando 

- Brincando com a cara dela. fala ele

Os olhos de Mari ficaram púrpura e raiden recuou assim como eu, Yachi tocou o ombro de Mari que o olhou, ela suspirou e se soltou das meninas

- O que você fez? pergunta as meninas impressionadas 

Mari sorriu para Raiden

- Nunca deixo algo de lado, você não me conhece. fala ela indo embora

- Coisas minhas. fala Yachi

Hana olha para os lados e aperta  as suas bochechas

- Esse menino é muito lindo! ai que coisa fofa. fala Hana apertando suas bochechas

- Ai, Ai. fala ele

Rimos

- Pena que suas bochechas não são tão maleáveis quanto a da Mari. fala Hana com uma cara triste

(...)

Essas garotas são estranhas, Emi não parava de olhar para a janela Mari desenhava algo e Hana... o que ela está fazendo? eu não consegui segurar o riso

- O que houve Kazuaki? pergunta o professor

- Vixi agora a pessoa não pode nem mais rir. fala Mari

- Silêncio Mari. fala ele

- Venha calar. murmura ela

Talvez só eu tenha escutado

- Nada não professor. falo

(...)

Fomos para casa mais no caminha alguém pulou nas minhas costas

- Kazuaki-chan!!! berra Lucy

- Lucy? falo

Ela saiu das minhas costas. Lucy tem cabelos loiros e olhos rosas e tem 15 anos, os meninos foram na frente

- Meu beijinho. fala ela fazendo biquinho e fechando os olhos

Balanço a cabeça e dou um beijo em sua testa

- Pronto. falo

Ela abriu os olhos e fez uma cara de desapontada 

- Nossa como você é sem graça. fala ela

Sorrir, ela me deu uma carta

- E isso? pergunto

- Meu senhor mandou de dar. fala ela

Lucy é uma mensageira dos céus, pego a carta me ajoelho e beijo a costa da sua mão

- hm... você é muito fofo. fala ela

Nos despedimos e fui para casa, me dirigi ao quarto e abri a carta, depois de lela senti um aperto no coração e me sentei no pé da cama

- E agora? murmuro

                     

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado meus morangos
Até o próximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...